Homossexuais Preconceito

Cerca de 948 frases e pensamentos: Homossexuais Preconceito

Odeio qualquer tipo preconceito. Mas acredito por sendo um, que os homossexuais em grande maioria, tem preconceito de si mesmo e dos outros do mesmo gueto.

Vinny Leal

É fácil um heterossexual dizer que não tem preconceito com os homossexuais (dentre outras orientações sexuais), difícil mesmo é aceitar que um familiar seja. E aí? Cadê o RESPEITO na escolha do próximo? PRECONCEITO DISFARÇADO!
Que diferença faz para você se ele/ela gosta do sexo masculino ou feminino? Porque se ofende com algo que não lhe diz respeito, e tão pouco é ameaçador?
Seja feliz e deixe que os outros sejam à sua maneira!
Não lhe cabe aqui nesta vida viver a vida de ninguém, apenas fazemos parte. Então faça sua parte: Sei! (o que quiser) E deixe o outro ser (o que quiser)! Simples não?!
Sejamos mais conscientes, por favor!
Vivamos mais as nossas vidas, por favor!
Deixemos que o outro viva a vida dele, por favor!
Olhemos mais para dentro de si, por favor!
MAIS AMOR, POR FAVOR!

Sâmara Santana Câmara

"Feliz daquele que ama a vida
em toda sua extensão,
libertando-se de qualquer preconceito,
irradiando apenas a luz natural de se alegrar com todos aqueles
que estão ao seu lado,
ignora os erros em seu semelhante,
dando o seu coração, em troca de uma
Amizade sincera e eterna...
De pessoas assim,
poderemos obter o exemplo,
do que é realmente saber viver..."

Tamiris

Não ter paciência para burrice é preconceito ou arrogância?

Tico Santa Cruz

As únicas características presentes em todos os homossexuais são a afeição e o anseio aos pertencentes do seu mesmo sexo. Os leigos, os tolos e os ignorantes são que generalizam os estereótipos.

Dhieferson Lopes

O amor não tem preconceito, os doentes são que o tem.

Dhieferson Lopes

Por que sou gay?

Todo homossexual, algum dia, já escutou de alguém, uma das perguntas mais desnecessárias, importunas e insignificantes que se pode haver: Por que você é gay?
É incomum, escassa, e porque não dizer impossível perguntar a um heterossexual porque ele é um heterossexual. Não há necessidades de saber por que um homem gosta de um homem, uma mulher de uma mulher, e um homem de uma mulher. Mesmo que haja alguma intenção, maior seja ela, existente ou não, não existem razões relevantes para que se saiba a sexualidade de alguém.
Um homem não pergunta a uma mulher porque ela é um heterossexual quando se está encantando por ela.
A ridícula hipótese de querer saber quando um gay se tornara um gay é um anseio de muitos leigos. Um homossexual não é um estado de transformação. Um hétero não vira um hétero. Um gay não vira um gay. Um hétero não vira um gay. E um gay não vira um hétero.
Caso exista algum hétero que virou gay e vice-versa e que se julgou como curado por não sentir mais falta ou desejo pelo sexo que dizia ter este sim optou por ter a vida que tinha. Escolhera pela instabilidade na personalidade, pela insegurança na sexualidade, pela falta de escrúpulos, pelo desejo carnal, ou por quaisquer outros motivos supérfluos. Não fora, em nenhum momento, curado da sua sexualidade por Deus, Jesus ou qualquer outro. Deus transforma, porém Ele não teria motivos para mudar algo que Ele mesmo criara e que fora taxado por outros homens como algo errado.
Sexualidade não é uma doença contagiosa, nem tampouco algo que se pode curar.
A impressão que se dá, com essa pergunta infeliz feita frequentemente aos homossexuais, é que os héteros não possuem sexualidade. Assim como os heterossexuais, não há necessidades em saber o motivo pelo qual os homossexuais são como eles realmente são.

Dhieferson Lopes

Uns querem respeito, outros não querem o preconceito!! Que tal todos praticarmos as duas coisas? Aí não haverá mais problemas!

Orlando Teixeira de Andrade

Existem meninas que detestam a cor rosa, que não gostam de flores ou poemas e que nunca se entenderam com suas bonecas. Existem meninos que preferem tons de lilás, que deixaram seus carrinhos de lado quando pequenos e que não são fascinados pelo futebol. Existem roqueiros que não usam preto, que não possuem tatuagens e que também escutam outros estilos musicais. Existem prostitutas que dão mais valor a vida e são muito menos vulgares do que muitas jovens virgens. Existem maconheiros que possuem uma vida como qualquer outra pessoa, que não moram em favelas, que nunca tiveram passagens pela polícia e que nunca espancaram o próximo, como fazem alguns alcoólatras. Existem gays que gostam do azul, que odeiam fofocas, que não possuem nenhuma aptidão para cuidar da beleza feminina e que repudiam novelas e revistas de moda. Existem lésbicas que se depilam, que possuem uma coleção de sapatos com salto quinze, que usam vestidos e que não cortam seus cabelos curtos por nenhuma hipótese. Todavia somente homens capazes de raciocinar, desprovidos de qualquer déficit mental causado pela alienação e de conceitos já estabelecidos, e que desprezam o uso da generalização conseguem enxergá-los.

Dhieferson Lopes

Foi em uma discussão com mamãe, em um daqueles domingos típicos. Carne assada, bebida, música, bebida, salada, bebida, parentes distantes, bebida e uma enorme quantidade de palavras cuspidas para fora da boca sem nenhum nexo, sem nenhuma precaução nem mesmo o emprego do raciocínio antes de despejá-las. Estava conversando com meus irmãos e primos que, para meu alívio, não bebiam tanto quanto papai e alguns dos meus tios. O silêncio pairou sobre todo o quintal, deixando apenas o som das músicas que eles julgaram como sendo boas, após o meu comentário sobre Bruno – o vizinho da frente. Todos ali sabiam da minha sexualidade, porém alguns ainda tinham uma enorme barreira, um déficit que bloqueava grande parte do raciocínio, ainda mais quando o assunto era relacionado aos direitos iguais. Soltara um elogio sobre o vizinho formoso, de trinta e cinco anos, que tinha, além da beleza e simpatia, um charme devastador. De um modo não tão formal, chamei-o de “gostoso”. Mamãe olhou para mim como uma mulher que acabara de ver seu marido traindo-a com uma garota de programa. Meu estômago se encolheu bruscamente, mas, como sempre, não poderia deixar de defender-me e dizer em voz alta, de modo que todos ouvissem:
- Qual é o problema em chamar um homem de gostoso? Não há nenhuma criança aqui que não possa ouvir esse tipo de comentário. E porque razão essa sua cara de espanto? Papai e todos meus tios, primos e irmãos chamam as mulheres de gostosas, elogiam o tamanho de seus peitos, sua bunda e outros mais atrevidos ainda falam de seus “pacotes” e a senhora nunca fizera essa mesma expressão. Também nunca ouvi algum comentário da senhora, e de todas outras mulheres aqui, sobre qualquer homem, mesmo tendo a certeza de que acham outros homens, que não são seus parceiros, atraentes. O medo seria de ser chamada de puta ou uma mulher desavergonhada? Partindo dessa mesma linha de raciocínio, fico ainda mais se entender seu terrível modo de me olhar, também sou um homem e nunca deixarei de ser – disse fluentemente.
Fiquei sem comentar a ridícula, leiga e insignificante ideia que alguns héteros possuem de dizer que homossexuais não são homens por causa da sua orientação sexual. Gays nascem homens, são homens e jamais deixarão de ser, desde que não haja cirurgia de mudança de sexo. Pensei em dizer também que um ser do sexo masculino não é melhor nem tampouco superior a um do sexo feminino, porém tinham muitos homens ali. Todo aquele álcool impregnado e aqueles corpos enormes, principalmente referindo-se ao tamanho da barriga, me impediram de prosseguir. Além de nunca conseguirem se concentrar para pensar nem mesmo mudar o modo de ver as coisas, eu acreditei não ser uma boa ideia expor meus pensamentos tendo todo esse meu físico de modelo que sofre de anorexia.
O silêncio se fez mais do que quando meu primeiro comentário fora dito. Minha tia Luíza levantou-se, pegou sua bolsa e se despediu. Mais uma vez, eu havia acabado com o churrasco do domingo.

Dhieferson Lopes

Sexualidade não define gostos, não determina um perfil com personalidades e atitudes específicas. Sexualidade não incrimina. Não existe uma sexualidade superior. A orientação é a única diferença existente entre as sexualidades. As sexualidades possuem seus pontos positivos e negativos, estão todas no mesmo patamar de significância.

Dhieferson Lopes

'' ... Do que serviria a vida se não fosse para corrigir os erros, vencer os preconceitos e a cada dia alegrar nosso coração e nossos pensamentos ... ''

Roman Roland

Odeio preconceitos tanto com cristão como com satanistas e ateus... Seja com a prostituta ou a casada... Odeio preconceitos...
Somos todos diferentes e kda um tem u direito de fazer oq qser, eh claro respeitando o outro...!
Eu e Vc não somos melhores do q ninguem...
Se eu e vc não existissemos
ou qndo pararmos de existir
Tudo continuara existindo
Pq nada precisa de vc...
A unica graça da vida eh sermos diferentes e respeitar a diferença do outro... !
Viu pq odeio preconceito? Não por preconceito...
Existe uma resposta inteligente
pra eu odiar tanto issoO...
Não preconceito q a propia palavra jah diz a burrice de qm o pratica...
Serah q vc tem uma resposta inteligente para os seus preconceitos, seu racismo...
Se tiver me fale...!!!
Eu odeio preconceito
pq preconceito eh parar de viver...
eh ficar encomodado com a diferenças do outro...
e não se enxergar como vc eh aí dentro!!!

Lolitadoll

Hoje o homem é escravo de si mesmo;
Escravo de sua Ambição;
Escravo de seu Preconceito;
E a unica forma do homem se libertar é atraves da palavra de Deus...

Rafael jefferson

Preconceito e inteligência são inversamente proporcional.

AnePorto

Não se deixe levar pelo preconceito. Se você cruzar com um tipo honesto, corajoso, íntegro, intenso, magnético, profundo, reservado, perspicaz, enigmático e fiel até que a morte os separe, corra e agarre esta oportunidade, porque você terá topado com um escorpionino. Seu astrólogo diz que os escorpiões são traiçoeiros? Mude de astrólogo, porque o escorpião tem um senso de lealdade só comparável ao de um mafioso siciliano - se você mantiver sua palavra, ele manterá a dele até debaixo de uma saraivada de balas. Sua melhor amiga diz que os escorpiões são don-juans incuráveis? Troque de amiga, porque o escorpião, embora tremendamente ligado ao sexo, é tão seletivo que prefere uma vida monástica a transar com qualquer um. Você andou lendo que o escorpião é um dissimulado? Largue esse livro pelo último de Agatha Christie, pois a notória reserva escorpionina não tem nada a ver com hipocrisia.

Um escorpião nunca mente, só omite - e na maior parte das vezes está repleto de razões, porque sua fabulosa antena psíquica pescou que o interlocutor em questão não é lá muito confiável. Esta, talvez, seja a principal característica deste signo cujo mito mais esclarecedor é o de Lúcifer, o anjo decaído, não por noitadas em excesso, mas por uma lucidez além dos limites: o grande pecado do escorpião, como o do ex-anjo, é um orgulho excessivo. Excessivo, mas não descabido. O probleminha de Lúcifer era que enxergava certas razões ocultas por trás da cantoria dos querubins - um desejozinho secreto de promoção naquele arcanjo que emitia uma nota mais aguda. Por isso ele acabou expulso do Paraíso, onde críticas não são facilmente digeridas. A mesma complicada sina ocorre com os terrenos escorpioninos: como eles são providos de uma espécie de olhar de raio X, que detecta as piores intenções até nos melhores sorrisos, acabam se tornando ossos duros de roer.

Um escorpionino tem um faro imcomparável para imposturas, o que lhe torna difícil a vida em sociedade. Isto o transforma, muitas vezes, num introspectivo de cenho franzido: sua capacidade de captar algo de podre no reino da Dinamarca não tem paralelo, em todo zodíaco e em qualquer estatística. Mas se o escorpião saca tudo, inclusive o pior de cada um, é porque tem uma sensibilidade que chega às raias do insuportável. O que o torna, também, muito solidário com o sofrimento alheio - nada de estranhar que Ghandi tenha ascendente em escorpião. Um escorpião nunca foge de problemas. Não fuja dele, portanto, a não ser que você queira passar o resto da vida bocejando entediado.

Marília Pacheco Fiorillo e Marylou Simonsen

Não aceito que digam que brasileiro mais humilde é burro. Isto é coisa de uma elite preconceituosa. Quer um exemplo? Nosso povão entende o jogo do bicho.

Guto Graça

O Neo-Realismo é para mim uma forma de olhar a realidade sem qualquer preconceito, sem que intervenham convencionalismos – colocando-me diante dela sem idéias preconcebidas, olhando-a com honestidade-, seja qual for à realidade, não só a social, mas também a espiritual, a metafísica, tudo o que existe no interior do homem... Quando conto a história de certas pessoas, tento sempre mostrar qualquer coisa de verdadeiro

Federico Felini

O preconceito é como um câncer.Precisa ser detectado no inicio para que seja curado.

Valéria Lima Nunes

PRECONCEITO é um tipo prostituição de alguns espíritos, que violenta almas.

Rosa Berg