Homenagem de Familia

Cerca de 2111 frases e pensamentos: Homenagem de Familia

Homenagem À Palhoça

Nas tinturas do horizonte
Sob o áureo sol radioso,
Dentre as águas cristalinas.
Adorno que enfeita os montes
Qual acorde hamornioso,
Palhoça, doce bonina.

Comparo tal advento,
Afavel mimo dos mares,
Com o fulgor do levante.
Que numa prece ao vento
Em afagos singulares,
Te exalta a cada instante.

Fonte notável de história
Tuas raízes despontam,
Nas entrelinhas da lenda...
Legado pleno de glórias,
Vozes que se agigantam,
Em sublime oferenda!

Sonia Ripoll

Hoje o sol brilha para você.
Os pássaros cruzam o céu em sua homenagem.
As flores abrem nos jardins para dar mais beleza à sua vida.
Flautas celestiais entoam canções felizes para fazer essa data especial, porque é o seu aniversário, também especial para Deus que te presenteia com mais esse dia

Jader Amadi

ECT lança selo em homenagem ao inventor do rádio
Publicado em 21.01.2011, às 13h52

Selo em homenagem ao padre Landell de Moura, inventor do rádio
Divulgação/Agência Estado
A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) colocou nesta sexta-feira (21) em circulação um selo em comemoração aos 150 anos do padre Landell de Moura, inventor do transmissor de ondas.

A arte do selo é de Lídia M. Hurovich Neiva, com colaboração de Marco Aurélio Cardoso Moura, e retrata Landell de Moura falando ao microfone em sua invenção. Ao fundo, são reproduzidas a patente obtida em 1904, nos Estados Unidos, e a planta do aparelho. No lado esquerdo inferior, uma onda de rádio modulada em amplitude (ou AM, do inglês Amplitude Modulation, transmissão da voz humana a longas distâncias sem utilização de fios).

O selo tem valor facial de 1º Porte Carta Comercial (R$ 1,05), tiragem de 300 mil exemplares e poderá ser adquirido na loja virtual, na Agência de Vendas a Distância ou nas agências dos Correios.

O padre Roberto Landell de Moura, considerado o inventor do rádio, nasceu em Porto Alegre no dia 21 de janeiro de 1861.

Guglielmo Marconi levou a fama, mas a obra do italiano foi o telégrafo sem fio, ou seja, pontos e traços do Código Morse sendo enviados pelo espaço. Já o padre Landell fez as primeiras experiências de transmissão da voz humana em 1893, antes de Marconi e de Nicolá Tesla, gênio nascido na Croácia, que desenvolveu grandes experimentos e que é reconhecido nos Estados Unidos como o inventor do rádio.

A existência das ondas eletromagnéticas foi teorizada pelo escocês James Maxwell em 1873. O alemão Heinrich Hertz fez a primeira demonstração prática do fenômeno em 1888.

A década de 1890 fervilhava com a ideia da transmissão de mensagens a distância sem a necessidade de fios, fossem elas em código Morse, sons ou imagens.

Mas, mesmo que sejam desconsideradas as experiências pioneiras de Landell de 1893 e seja levada em conta apenas a transmissão de 3 de junho de 1900, na Avenida Paulista, em São Paulo, testemunhada e registrada na imprensa, vê-se claramente que o padre porto-alegrense foi o primeiro a levar a palavra do homem à distância sem o uso de fios. Só seis meses depois, em dezembro de 1900, haveria notícia de um feito semelhante, do canadense Reginad Fessenden, nos Estados Unidos.

O rádio nasceu pelas mãos de Landell. Apesar de ter obtido patentes para seus inventos no Brasil e nos Estados Unidos, no Brasil ele foi considerado louco e féis da igreja como alguém que tinha pacto com o demônio.

Landell trabalhou com recursos próprios. O interesse do padre pela ciência já o havia colocado em contato com dom Pedro II, ainda durante o império. Pedro II foi um homem de visão e aficcionado pelas novidades científicas. No entanto, mais tarde, em 1904, já sob o regime republicano, quando Landell procurou o presidente Rodrigues Alves para obter auxílio em seus experimentos, foi visto como doido. Ele chegou a dizer que, futuramente, seu invento possibilitaria a comunicação interplanetária.

Landell estava certo. Existem hoje as espaçonaves não tripuladas Voyager, lançadas pela Nasa em 1977, saindo do sistema solar e enviando imagens e sons para a Terra.

Outro episódio marcante na vida de Landell foi a invasão e destruição de seu laboratório, construído a duras penas. Fiéis da igreja invadiram o local de trabalho e destruíram tudo.

Por volta de 1910, com outros cientistas estrangeiros levando as experiências adiante e ganhando as glórias pelo invento do rádio, Landell de Moura abandonou a ciência. Levou sua vida até 1928 apenas no exercício do sacerdócio.

Muito da sabedoria de Landell se perdeu por causa do descaso ou pela ação do tempo. Mas o jornalista Hamilton Almeida, maior pesquisador e autor de dois livros sobre o inventor brasileiro, registra que Landell tinha outras investigações científicas. Abordava até a possibilidade de comunicação entre as pessoas diretamente pelo que chamava de logus, ou "verbo mental". São mistérios que, como o próprio Landell disse, teria que levar para o túmulo.

Fonte: Agência Brasil

Agencia Brasil

"O ciúme é uma constrangida homenagem que a inferioridade presta ao mérito pessoal do ser humano inseguro."

Gilmar Fontes

Em um sorriso alegre e ingênuo de uma criança, a homenagem santa de um dia que inspira nossa fé

Jader Amadi

Minha homenagem ao meu amigo

Ainda estamos aqui esperando por um amanhã repleto de música. E nesse expectante, tentamos compilar um porvir diferente. No entanto, sempre que os bares abrem, sobretudo, que a bondade é procurada num dicionário por qualquer um em seu significado mais amplo. As pessoas sempre encontram o nome de Júnior; pessoa que definitivamente enriquece tal palavra.

Ter um amigo para tratar de problemas é algo de uma preciosidade de poucos. E acredito que faço parte do seleto grupo. Quero que daqui a 30 anos possamos relembrar os bares, as piadas, as músicas: tudo que de fato estamos ainda por vivenciar. E estaremos por concluir que Dostoiévski estava certo: "Não há assunto tão velho que não possa ser dito algo de novo sobre ele". Parabéns por tudo que você propicia não apenas para comigo. E sim para com todos que de um modo ou de outro estão presentes em sua vida. Ser teu amigo é como escrever para uma plateia que só capta a luz.

Obrigado por tudo irmão. Um abraço.

danielmuzitano

Minha homenagem ao Fausto

Ao ler poemas e cartas a um jovem poeta, livro de ninguém mais que Rainer Maria Rilke. Pude contemplar uma interrogação levando em consideração com o que me deparei na exatidão da página 80. Rilke, o inquisidor, preludiou: Você morreria se não fosse permitido escrever? A introspecção é o prazer indubitável de ter a solidão como um movimento amoroso que eleva a si próprio como de tão rútilo.

Fausto foi um personagem de Goethe, mas não tão somente. Fausto também fora um comediante que ousou o diferente, a indizível pérola da criação. Hei de confessar que não assistia de forma amiúde no que prima o programa Hermes e Renato da MTV. Todavia, era sim fã assíduo do inteligível Tela Class. Esse que por sua vez, realizado no período que comportou o fim da minha adolescência. O quadro interceptava uma série de sintomas depressivos aos quais eram de tão exacerbado em mim.

E vejam só como é a vida: Um cara que certamente curou muita gente da depressão. Mas que de não curou a si próprio; bem como Chico Anysio, diga-se. Maiakóvski alertava sobre a vida, e por conseguinte, se suicidou. Nietzsche promulgava sobre a insanidade, e, acabou num manicômio. Morrison falava da dor, e, morreu com ela. Os gênios têm lá seu sobejo, seu poder excessivo.

E apesar de tudo isso. O que importa não é a causa da morte, e sim, a causa da vida. Fausto Fanti não deve ser lembrado como um comediante que se matou com um cinto. E sim pelos risos infinitos que produziu nas pessoas, risos que só uma mente brilhante como a de Fausto é capaz de conceber sempre como um caminho límpido para a alma.

Fausto além de ter sido um personagem de Goethe, foi um personagem dum livro de Rilke. Um filho da mais brilhante e ímpar comédia.

danielmuzitano

Páginas de sirene ( Homenagem ao músico Claude Debussy)

Na agudeza dos olhos de um quadro,
implumes de portentos trêmulos.
Neste piano quiça indagável,
corolário brando de gracejo.

Desagravo para a rédea do nada,
aclara a sofreguidão dos jardins.
Inverossímil de pétala rara,
música tão quão sem mais fim.

Os passos a que insólitos,
no campo tão qual a que de rico.
Amares que hão de pensar,
lamúria a que quão tão límpido.

Das horas a que sem tempo,
do eterno a que tão vasto.
Poemas visto futuro,
a vida que tal passado.

danielmuzitano

HOMENAGEM A SERRA DE PREAÓCA

Cai a tardinha, e mais uma vez
O sol beija o horizonte
E do topo da serra diante da imagem
De cristo fecha-se mais uma página
Desse imenso e infinito livro
Para que possa abre-se uma outra
Mais escura, onde os bichos da noite
Cantam com milhares de notas
Em uma sinfonia natural e desafinada
Que para por findar em um
Nasce de lindo dia.

Preaóca 26 de Novembro de 1993.

Orismende Holanda Brandão

Orismende Holanda Brandão

troco 1R$ por um minuto de silencio Em sua homenagem ;)
ja pode fazer sua parte viuu u__Ú

DayseGalvao17

Poema em Homenagem do dia das mães
Mãe a nossa história é longa
Mas eu resumi em simples versos.
Coisas que eu poderia dizer em uma extensa e longa carta
Resumi em pequenos versos.

Rosas são vermelhas
Violetas são azuis
Mãe quando você nasceu
Acendeu uma luz.
Batalhaas e batalhas
Você irá vencer
Quero envelhecer e encerrá-las com você!

Se um dia estiver triste lembre-se
Que estarei feliz pelo simples
Fato de você existir.

Mãe a flor de meu jardim
Mãe a flor da minha via
Vou-lhe regar todo dia
Para que não lhe falte alegria.

Stephanie Sandra dos Santos Carneiro ( EM)

Poema em homenagem ao dia das mães
Vermelho
Sinto que ELA é o vermelho correndo em meu corpo
Como se nada além DELA importasse e meu mundo desvendasse
Vermelho é a cor que me mantém viva

A cada segundo que respiro
Mãe você é o vermelho pelo qual existo
Mãe, sem te não vivo
Sem te não sei viver
A cada passo que dou
Lembro-me de VOCÊ

Mãe, forte e guerreira você é assim
Como eu todos tem orgulho de estar com você
Mãe você me ensinou como a vida é bela
Mas não seria bela se você não estivesse nela
Sem

Thalita Alessandra Falk

Poema em Homenagem do dia das mães

Mãe lutar pelo amor é bom
Mas alcança-lo sem luta é melhor
porque aqueles que amamos não
Morrem jamais apenas partem antes de nós.
Te amo...

Jeniffer Amanda (EM)

Homenagem ao dia das mães

Mãe é especial para mim
Mãe é única para toda vida
Mãe é maravilhosa, amorosa e estilosa
Mãe fica com você no momento mais difícil
Da sua vida, ela te ama e cuida de você.

Jonathan Nunes Cerqueira (EF)

Poemas em Homenagem ao dia das mães
Rosas são vermelhas,
Violetas são azuis,
Mamãe seja eterna em nome de Jesus!

Luiza Cristal (EF)

MINHA HUMILDE HOMENAGEM AO DIA DO BEIJO. SE LIGA!

A vida é realmente surpreendente. Muitas vezes estamos recebendo carinho de quem menos esperamos. E não recebemos nada de quem tinha a obrigação de nos fazer bem.
Enfim, ninguém é obrigado a lhe fazer bem nem você de passar a vida toda esperando de quem não presta carinho.

Professor Glauco Marques

Homenagem de Vitória Lima ao professor Glauco.
Hoje em uma aula, tive como tema a liderança, como esses líderes influenciam mal ou bem as nossas vidas, como os seguidores tem uma paixão pelos seus ensinamentos e uma devoção pelo mesmo. Não pude deixar de lembrar do meu mestre, e como seus ensinamentos ajudaram a libertar o que eu queria ser mas não tinha coragem! Obrigada por tudo e me desculpe as decepções que te dei ao longo desse caminho e até agora, mas eu te prometo, que não terei medo de conseguir o que eu desejo e a sua voz será sempre uma inspiração! Me desculpe. #TerceirãoAcabou #RealidadeComeçou #MasSempreSeráCapitão. — com Glauco Marques.

Professor Glauco Marques

NOSSA AMAZÔNIA –Minha homenagem

Nossa Amazônia é "fantástica"!. Seus habitantes estão inseridos nela como um órgão do nosso corpo. Não vivemos sem ela, pois dela se extrai tudo que necessitamos para sobreviver. É amada por todos os que têm bom senso em preservá-la, é sinal de inteligência desse povo da floresta. Povo que nasceu em seu berço. Povo que de sua água bebe, que de seu alimento se nutri, que de sua beleza fez encanto e se apaixonou perdidamente entre seus rios, lagos e igarapés. Basta olhar pra cima e avistar suas copas altas e frondosas, basta olhar pros lados e observar os animais a se alimentar dela e para baixo, bem embaixo, suas riquezas minerais como quem guarda sua herança aos seus herdeiros como uma mãe-natureza.
mustafa (2014)

Mustafa2014

HOMENAGEM (HOMENS AGEM)


Uma salva de palmas aos lixeiros

As costureiras e cozinheiras

Aos famintos e aos marmiteiros

Também a todas as enfermeiras

Parabéns aos nordestinos

Aos copeiros e feirantes

As prostitutas e aos Argentinos

Também a todos os imigrantes

Um luxo estes motoqueiros

Chique estes sacoleiros

Quem dirá os plaqueiros

Sem palavras aos marreteiros

Um brinde a estes e aos demais

Discriminados por nossa sociedade

Um dia verão que somos todos iguais

A diferença está na liberdade

Ulisses Andrade

Homenagem as mães

Mãe obrigado por tanto amor
Mãe obrigado por existir
Mãe obrigado por cuidar de mim

Obrigado mãe pela magia desse amor
Obrigado por estar comigo na alegria e na dor
Minha flor, minha paz, meu anjo que protege tanta gente
Te amo hoje, amanhã e te amarei eternamente
Tambem estarei presente toda vez que precisar
E se não estiver bem, por você eu vou chorar
Meu farol, meu sol, minha luz que ilumina os meus caminhos
Obrigado minha mãe por nunca me deixar sozinho

Mãe obrigado por tanto amor
Mãe obrigado por existir
Mãe obrigado por cuidar de mim

Minha linda mãe que de tudo fez por mim
Que sempre me protegeu e que me da um amor sem fim
Nao deixou nada de ruim acontecer comigo
Toda vez que eu preciso o seu colo é o meu abrigo
Longe do perigo eu sinto voar com você
E mesmo se a noite for fria o seu amor vai me aquecer
Dou minha vida por você, teu é o meu coração
Por você eu faço tudo e te ofereço essa canção

Mãe obrigado por tanto amor
Mãe obrigado por existir
Mãe obrigado por cuidar de mim

Só Deus sabe o quanto eu te amo mãe
E o quanto eu te quero bem
Você é a paz que eu preciso
Para sobreviver

Fernando Pinheiro Lima