Homenagem a quem Morreu

Cerca de 1059 frases e pensamentos: Homenagem a quem Morreu

E tudo aconteceu tão rapidamente, e rapidamente tudo aquilo que não morreu, revelou o que há de melhor em mim!

WevertonCostaSantos

Se eu te der um soco e você não cair,foi porque você morreu em pé .

Dario Michael

Remexendo o baú de lembranças, me lembrei de mais uma estada na casa da minha tia avó, Joaninha...Certo dia, enquanto eu estava hospedada na casa da minha tia, ela foi me mostrar o jardim dela, com todo os tipos de roseiras, e plantas..., Sabe aqueles jardins que tem desde a hortelã até a margarida...Nesse dia, minha tia me disse, olha Lú, sei que ama plantas, e da próxima vez que voltar, vou te dar um presente!!! E assim, na próxima visita, minha tia me chamou e me disse, veja o que preparei para você! Lá estava um litro ( vasilhame de óleo de soja) com terra. Eu disse, o que é isso tia? Ela me disse, leva e enterra! Quando eu estiver enterrada minha filha, você se lembrará de mim, pois eu estarei viva na sua lembrança, a cada fruto que essa semente irá lhe dar!
Bem, minha tia avó morreu aos 103 anos de idade há alguns anos, mas até hoje, a mangueira que nasceu daquela lata furtada de óleo, cai em meu quintal, me fazendo lembrar desse dia, dessa doce lembrança que tenho da minha adolescência na casa de tia Joaninha e tio Pretin!
Hoje não só eu, mas meus filhos, comem do fruto e tomam do suco, fruto do amor de alguém que aqui já não está, mas semeou um tesouro que ninguém pode roubar, o amor!

Luciana Ramos de Oliveira

Morreu de amor ao ser atingido por uma indireta perdida.

Thomaz Sachetto

O amor que sinto por você nunca morreu só ficou guardado.

Edielson Buckler

E morreu negando a verdade como um herói e todos sabiam a verdade...

Cristiano Silva (Cavaleiro Errante)

Jesus morreu por todos nós, porque então temos tanto medo de morrer?

wp

ABC TERCETOS POÉTICOS CRIAÇÃO DE ESTILO
NORMA APARECIDA SILVEIRA DE MORAES

MORREU COM OS BOLSOS CHEIOS DE BALAS

AMANHECI COM SAUDADE
BELAS RECORDAÇÕES, MOMENTOS DE MOCIDADE
CHEGANDO O NATAL, UM DIA DE “INFELICIDADE”

DENTRO DA BAÚ DA RECORDAÇÃO
EM QU MEU AVÔ MARCOLINO, EMOÇÃO
FAZIA ANIVERSÁRIO, SEMPRE COMOÇÃO

GOSTAVA DE A FAMÍLIA TODA AJUNTAR
HAVIA FESTA PARA COMEMORAR
IMPORTANTE SEU ANIVERSÁRIO E NATAL, LEMBRAR

JAMAIS POSSO ESQUECER DE NATAIS PASSADOS
LOTAVA A FAZENDA, TANTO AMAR, LEMBRADOS
MAIS O QUE MAIS MARCARAM, SER RECORDADOS

NAQUELES DIAS DE ALEGRIA E DESCONTRAÇÃO
O SEU BOLSO CHEIOS DE BALAS, EMOÇÃO
PARA DAR PARA A CRIANÇADA, NETOS, COM RAZÃO

QUERIA TODOS JUNTOS NO NATAL, PASSAR
RIA DE CONTENTAMENTO, SEU ANIVERSÁRIO, COMEMORAR
SENTIA O AMOR AINDA MAIS EMOCIONAR

TANTO QUE MORREU DE ENFARTE, ALEGREMENTE
UM DIA DE SOL, ESPECIALMENTE
VOVÔ ESTA FELIZ DEMAIS, ENFARTOU, CONTENTEMENTE

XANTUNGUES, TANTOS PRESENTES CARREGAVA
ZIGUEZAGUEANTE CAIU MORTO, RESPIRAÇÃO ARFAVA

***MORREU ALEGRE COM OS BOLSOS CHEIOS DE BALAS QUE TRAZIA PARA
A CRIANÇADA CHUPAR. ESTAVA MUITO FELIZ. MORREU SORRINDO...

NORMA APARECIDA SILVEIRA DE MORAES

Morreu de que?
-Se sufocou com as palavras que nunca disse"!!!

EdelziaOliveira.

Havia um gato listrado.
O gato morreu um milhão de vezes e renasceu um milhão de vezes..
e teve vários donos com os quais não se importava.
O gato não tinha medo de morrer..
Um dia, o gato era um gato livre, um vira lata..
Ele encontrou uma gata branca, E os dois gatos,
passaram seus dias juntos alegremente.
Anos se passaram e a gata branca morreu de velhice.
O gato listrado chorou um milhão de vezes e morreu.
Ele nunca mais voltou à vida.

Spike Spiegel

Iludir é pra quem não tem a capacidade de amar, e foi vivendo de aparências, que morreu de ilusão.

Vilmar Becker

Eu perdi você, sem ao menos te ter. Nosso amor morreu, sem ao menos nascer.

Lêillane Soares

O dia esperado chegou. Alegremente ela ia ver a pessoa que muito ansiou ver,queria toca-lo ,dizer o que sintia olhando em seus olhos.Então ele chega,coração acelera, vem o medo, vem a felicidade imensa...e agora?
Naquela noite fria eles se olham,,surgem vários tipos de olhares , desconfiados, alegres,meio que tristes, mas o olhar que permanece é aquele apaixonado . mãos quentes que faltavam ser tocadas ,agora já ñ precisam mais de calor nenhum ......Ao som de uma música os dois se beijam,e beijam pra valer ,sem medo , somente com a certeza que aquilo um dia podia acabar...mas e aí? As memórias ficaram e o amor ñ morreu.

Mayza Gabrielle

SONHO QUE NÃO MORRE
(Bartolomeu Assis Souza)

Estou a esperar...
Estou a esperar...
Estou a esperar...
As portas do Dia...
As portas da Tarde...
As portas da Noite...
Para dizer que
o sonho não morreu...
ou morreu...

Bartolomeu Assis Souza

O amor morreu

Imenso,eloquente,
Nefasto,vazio,
Dolorido,sozinho,

Assim sinto esta guerra em mim,
Mesmo sozinho em 4 paredes eu batalho,
As vezes ganho,as vezes eu perco,
E isso mexe com meu humor e minha percepção do mundo.

O único que poderia vencer a dor era o amor…
Mas as vezes meu amor ficava bêbado e ranzinza,
Ele sofria mais que qualquer um,
Sempre aguardava ser correspondido,
E nada.

Até que um dia o amor morreu,
Depois de tantas bebidas,putas e desilusões,
Esse inferno melancólico se apossou de mim,
E desde então nunca mais fui feliz.

Márcio Paluma

“A velhice (tal é o nome que os outros lhe dão)
pode ser o tempo de nossa felicidade.
O animal morreu ou quase morreu.
Restam o homem e sua alma.”

(trecho extraído do livro "Elogio da Sombra", Editora Globo - Porto Alegre, 2001, pág. 81 projeto releituras)

Jorge Luis Borges

As vezes escolhemos dar adeus a quem amamos pelo nosso grande orgulho e ego, e as vezes desejamos voltar ao nosso luto, sofrendo sozinhos, por algum sentimento que realmente já morreu !

Diego Elias

Minhamaninha Cáh Morandi (homenagem)

O que sinto??
É puro sentimento
É amor da alma
Carinho gratuito
Saudades sem lembranças
Gostar com pureza
Nem todos entendem
Tem que ser sensível
Às vezes invisível
Não ouvir o que falam
Não deduzir pelos "fatos"(?)
Só fechar os olhos
Viver o que escrevo
Saber que aqui
Vc pode descansar tranquila
Sonhar com os anjos
E acordar para um dia de sol
Ouvindo as ondas do mar
Mar que deságua em mim.

Dilean de Bragnça

HOMENAGEM AO SEU DIA, “PAI”...

Creio em você, “filho”!

Creio no seu sorriso,
janela aberta do seu ser.

Creio nos seus olhos,
espelho de sua honestidade.

Creio em suas mãos,
sempre abertas para dar e receber...

Creio na sua alma,
acolhimento sincero de seu coração.

Creio na sua palavra,
exposição sincera do que você é!

Creio em você, filho amado,
na eloquência do seu silêncio!

Maria de Lourdes M. Abrahão
15/08/2009

Miguel M. Abrahão em blog do autor