Homenagem a quem Morreu

Cerca de 809 frases e pensamentos: Homenagem a quem Morreu

Quando o rei morre, quem assume é a rainha. Assuma o seu trono, ele morreu para você.

Segredo de garota

Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive, já morreu...

Larissa Neves

Morreu aqui o que nunca chegou a nascer, mas já foi capaz de machucar.

Tiane Fróes.

Se Elvis não morreu... Se Disney não morreu... Se John Lennon não morreu... Pô, quem morreu fui eu?

Horlando Halergia

Dois Versos

Historinha de um verso só:
João amava Maria. Maria adoeceu e morreu. João se matou.

Allann Xavier

Se a sua esperança morreu, irmão fudeu. Ela era a última a morrer, você já não existe mais.

Projota

Pássaro

Aquilo que ontem cantava
já não canta.
Morreu de uma flor na boca:
não do espinho na garganta.

Ele amava a água sem sede,
e, em verdade,
tendo asas, fitava o tempo,
livre de necessidade.

Não foi desejo ou imprudência:
não foi nada.
E o dia toca em silêncio
a desventura causada.

Se acaso isso é desventura:
ir-se a vida
sobre uma rosa tão bela,
por uma tênue ferida.

Cecília Meireles

"Hoje faz exatamente um ano que Augustus Waters morreu.
Não havia mais aqueles olhos azuis, não havia mais ligações durante a noite, nem metáforas. Só eu e meu câncer.Relembrar a morte dele era como ter água nos pulmões: Sufocante e doloroso, uma dor que nunca passava. Estava vivendo naquela terceira dimensão só nossa. Minha e do Gus.Desta vez, terrivelmente sozinha.
Sou a paciente de uso contínuo mais longo do Falanxifor. O remédio funcionava para mim, mas não para todo mundo.
Me sinto sozinha, e não vejo motivos para meus pulmões continuarem em sua luta contra essa praga de câncer.
O dia começou como todos os outros. Me desliguei do biPAP, me liguei ao Felipe e assisti alguns episódios gravados de America’s NextTop Model na cama.
Abri o e-mail para reler os quatro anexos que Lidewij Vliegenthart havia lhe mandado um ano atrás. Isso era reconfortante, como se uma parte dele tivesse ficado comigo.
Um novo e-mail tinha chegado uma semana atrás, e eu nem tinha notado.
"Querida Hazel,Desde que Peter leu as últimas cartas que Augustus escreveu, se encontra mudado. Parou de beber e começo ua escrever um novo livro, sem nome definido ainda. Ele está contando sua história. De vocês, na verdade. - Sua e de Augustus.- E em breve te mandará os primeiros capítulos.Van Houten também pretende fazer uma continuação de Uma Aflição Imperial, contando o que aconteceu com a mãe da Anna, o Homem das Tulipas Holandês, Sísifo, o hamster e com todos os outros. Isso é o que podemos chamar de milagre não acha?Estou realmente muito feliz, acho que tudo vai dar certo agora. Espero te ver novamente.
Sua amiga,
Lidewij Vliegenthart "
Na mesma manhã, coloquei alguns sanduíches de tomate e queijo dentro de uma cesta de pique-nique,carregando o UAI e saí.Quando cheguei ao meu destino,sentei-me num banco e li um pouco do livro. Assim como Uma Aflição Imperial, a existência de Augustus foi,de certa forma, rápida, marcante e finita.
Fui até a última página em branco,peguei uma caneta e comecei a escrever.
” Augustus Waters,Uma vez, você me pediu um elogio fúnebre, e eu não disse nem a metade da metade do que deveria ter dito.Amo seu sorriso torto e amo sua voz.Amo o fato de me chamar de Hazel Grace, e não só Hazel como todos. Amo suas lindas pernas e o modo como você anda. É muito egoísmo da minha parte,mas queria ter morrido antes.
Bem,o mundo não é uma fábrica de realização de desejos. Ah, Isaac está ótimo. Veio me ver alguns dias atrás - Não literalmente,claro. - E me contou que a Mônica apareceu em sua casa com o novo namorado para ameaçá-lo pelos ovos que vocês jogaram no carro. Ele apenas bateu a porta na cara dela e disse que no momento não sentiu nada, mas instantes depois foi jogar Counterinsurgence 2: O preço do alvorecer enquanto chorava. Sem troféus quebrados dessa vez.Seus pais espalharam mais encorajamentos pela casa. E está tudo bem com as suas irmãs.Meus pais choram bastante ultimamente. A unica coisa pior do que morrer com um câncer aos dezessete anos é ter um filho morrendo de câncer aos dezessete anos. Então respiro fundo - ou quase- E tento consolá-los. Sou uma granada, e aprendi que é impossível tentar salvar os outros de minha própria explosão iminente.E o que eu queria dizer aqui ainda não disse, não caberia nesse pequeno espaço em branco na folha. Afinal, não é todo dia que encontramos um cara que não tenha perna e ao mesmo tempo tenha as pernas mais lindas do universo. Um cara que gaste seu único desejo pra me levar à Amsterdã e beber estrelas comigo. E não, não me arrependo deter ido à Disney, foi bem legal.” Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações. ” Você não é um escritor tão ruim assim sabia?Alguns infinitos são maiores que outros, Augustus. O nosso infinito durou muito pouco. Mas agora, farei com que ele se prolongue.
Da sua,
Hazel Grace."
Arranquei um pedacinho do livro e escrevi:
”Fui atrás de Augustus Waters, esse é o meu destino. Me desculpa. Amo vocês.”
Tirei a cânula e esperei que a escuridão viesse.- Okay. - Disse num último suspiro."

Desconhecido

O doutor católico é um homem quase impossível: pois
tem de conhecer todo o depósito da fé e os atos do
papado e ainda o que São Paulo chama de os
'elementos do mundo', isto é tudo
e tudo.

Henri Lacordaine - morreu em 1861.

Minha homenagem a Eduarda Mello Queiroz, minha doce e amada aluna que morreu jovem sem dizer adeus.
Morrer jovem é muito esquisito. É de uma ironia sem graça. De um espanto em que não cabem argumentos. Morrer jovem é muito estranho. Mesmo porque juventude é coisa relativa, num mundo em que Einstein já não está aqui para explicar.
Morrer jovem é como interromper uma música. É como cortar um filme ao meio, rasgar as páginas de um livro pra não se saber o final. É roubar de cena um ator em seu momento mais fantástico, em seu grande ato, sua cena mais brilhante. Porque morrer jovem é injusto. Injusto com as leis da natureza. Injusto com os que partem. Muito mais injusto com os que ficam. Pois saudade é morte lenta, passo-a-passo, emudecida, olhos cerrados, quase sem respirar.
Quem morre jovem não tem o que dizer. Vai calado, sem dizer palavra, num silêncio intrigante. Não tem quase história pra contar, não tem quase passado, não terá futuro. Quem morre jovem, seja qual for a forma, tem morte súbita. Porque é de repente se morrer jovem. Fica aquela sensação de poder ter feito mais. Poder ter dito mais. Aquela frustração de quem perdeu o jogo de sua vida.
Morrer jovem é contabilizar ao contrário. É descontar, é subtrair somente. É contar os abraços que deixou de abraçar, os beijos que não deu, as obras que não realizou, os sonhos que não viveu, a formatura que não aconteceu, o carro que queria e não veio, o namorado que amava demais da conta e que não deu conta de que você se foi. Morrer jovem é mais triste, porque a velhice é o que se espera e a juventude apenas vai acontecendo e a gente sempre se achando bem, se sentindo forte, audaz, capaz, feliz. Quando se morre jovem, se desdiz tudo o que tinha de haver. É a contramão da história. A volta de uma viagem que nem sequer chegou a existir.
Morrer jovem é não ter tempo. Não conseguir conhecer a beleza, não dar satisfação, não explicar, não dar até logo, ir direto ao adeus. Morrer jovem é mal educado, é nem pedir licença para levantar e sair. Morrer jovem é não aparecer no compromisso, é marcar a reunião e não ir. É fazer todo mundo de bobo. Dar um drible nos amigos, nos parentes, no cachorro. Morrer jovem é faltar a tudo que estava na agenda e se perdeu no ar. Morrer jovem é deixar para trás. É uma ida sem volta. Uma deslealdade. É ir a uma guerra e nunca mais voltar. É esperar por quem não vem. Morrer jovem é uma traição da vida em conluio com a morte. É uma armação para desesperar mães. É um desafio. Um fustigo. Morrer jovem é um deboche abominável.
Uma sacanagem sem noção.

Professor Galvão

Se Deus como as coisas existem,
então Deus não existe.

Duns Scotus (Teólogo Franciscano - morreu em 1308)

Desde que VOCÊ se Foi, minha vida ficou
dificil, muitas divergências, começou
me prendi em um mundo só meu, fiquei muito triste pois
aprendi realmente o que é a vida com a SENHORA.
Te Amo! Aonde eu for estarei cm Você em meus pensamentos
Vó. Saudades ETERNAS...

Homenagem a minha Vó ( Ladson SAntos Lima )

HOMENAGEM ESTER NUNES ESPOSA DE PAULO RICARDO PENSADOR

Feito estrela, brilha o seu olhar
Luz do luar, que me envolve
Me alucina, me leva pro céu
Seu infinito, tudo o que eu quero
E tanto amor, quando desejo vem
Que além de nós no mundo, não vemos mais ninguém
Que esse prazer nunca tenha fim
Que o nosso amor, seja sempre assim
Nunca tenha fim
Seja sempre assim

Quero você sempre comigo
Seu corpo em chamas queimando em mim
Você é dona dos meus sonhos
É minha vida, paixão que não tem fim


É tanto amor, quando o desejo vem
Que além de nós no mundo, não vemos mais ninguém
Que este prazer nunca tenha fim
Que o nosso amor, seja sempre assim
Nunca tenha fim
Seja sempre assim

PAULO RICARDO PENSADOR HOMENAGEM A ESTER NUNES

"Vidinha"

Com espera nasceste
Tão linda chorando
Com o tempo cresceste
Com fralda engatinhando

Aquele rostinho lindo
nada falava ,nada sabia
De um momento para o outro
Meu nome dizia

Quando algo queria
Tudo eu lhe dava
Se era negado
Manhosa chorava

Hoje é rouge
Batom e brinco na orelhinha
Minha mana cresceu
Já é uma mocinha.

Katia17Meu irmão fez essa homenagem a mim.Obrigado Marco

Quero amar você
Libertar a paixão
Fazer amor
Te fazer feliz
Alma e coração
Escuta por favor

Olha pra mim,
vamos supor
Que um dia Deus
Mandasse eu escolher
Entre te pertencer
E os tesouros do mundo
Mil vezes
Ficava com você

Os sinos vão tocar,
a terra inteira vai tremer
Quando eu te amar
Estrelas vão brilhar,
Milagres vão acontecer

Quero amar você
Alma e coração
Escuta por favor

HOMENAGEM DE PAULO RICARDO PENSADOR PARA ESPOSA ESTER NUNES

"De tão grande era o desejo que no primeiro beijo se perdeu.
Se entregou de corpo e alma ...morreu , viveu , renasceu...
do desejo, do beijo...sonhos que era tão meu quanto seu..."

Regina Aristides

Nunca acuse a morte por ter levado alguém que você ama embora. Nem a vida por te fazer sofrer com a partida de alguém. Mas acuse a si mesmo por não saber aceitar nem um dos lados.

A lição de uma guerra

Uma criança, que no colo da mãe, já morrendo de fome, perguntou: - Mãe, no céu tem pão? - e morreu.

Renato Aragao

E o claustrofóbico morreu pois o universo não era grande o suficiente.

thiago

Morreu de que?
-Se sufocou com as palavras que nunca disse"!!!

EdelziaOliveira.