Homenagem a quem Faleceu

Cerca de 297 frases e pensamentos: Homenagem a quem Faleceu

Eu fiquei triste quando a Avalanna faleceu,eu chorei tanto...ela era tão especial,era forte,acreditava em seus sonhos,não parava de sorrir mesmo com sua doença.O Justin é o melhor ídolo do mundo,fez de tudo para vê-la feliz,para fazê-la feliz...ele a amava muito,ele chorou e ficou triste quando ela faleceu como nós.Ela era um anjinho,arrancou os sorrisos mais lindos e sinceros do Justin como ele arrancou os dela.Nunca vamos te esquecer Avalanna e amamos vocês.

Romário Kassiano

Para Minha Mãe Laureana que faleceu no ano 2000/09
Mãe,em meio aos pensamentos.
Me peguei lembrando de simples momentos.
Que se tornaram a fórmula da minha vida.
Momentos que hoje são marcas.
Deixadas pelo tempo no meu coração.
Vivemos muitos sonhos.
Já chorei bastante.
Até me chamaram de louca.
Mas nunca me esqueci dos momentos,
que vivemos juntas.
Lembro-me,quando moravamos lá em cirilândia,
e eu estava sempre doente,a senhora sempre ao meu
lado,saos dias e noites,durante todo o tempo em que,
estivemos juntas,tenho muito para recordar.
Mãe querida e amada.
Saudade de Você e de todos os nosso momentos.
Em que suas palavras me confortavam.
Seus conselhos me encorajavam.
O seu sorriso era um detalhe.
Daquele sentimento,maravilhoso,confiança...
Hoje não posso mais ouvir suas palavras.
Nem me encorajar mais com seus conselhos.
Mas posso deixar aqui,tudo que sinto por ter perdido,
sua fiel companhia,sua presença marcante e querida.
Não posso mais sentir a sinceridade de seu sorriso.
Só as estrelas podem te ouvir.
E sentir a presença da paz que existe em você.
Sei que um dia,nos encontraremos na gloria,porque
tenho certeza que Você foi para o céu,
Esperar por mim.Sei que esta rodeada de anjos...
Contando as maravilhas dos,
simples MOMENTOS de nossa,
Fiel e verdadeira Amizade.
Da nossa VIDA,do nosso amor de MÃE E FILHA!
Voce sempre Existirá no meu coração.
Obrigada MÃE,por ter sido minha amiga tão fiel!
Homenagem à Minha Mãe
Laureana Maria Ramos!
Fênix Faustine

Benny Ramos

- Que você morreu? - disse a velha senhora, sorrindo. - Faleceu? Partiu? Foi falar com Deus?
- Morri - ele disse, suspirando. - E isso é tudo o que eu lembro. Depois a senhora, os outros, tudo isso. A gente não devia ter paz quando morre?
- Temos paz - disse a mulher - quando estamos em paz com nós mesmos.

As Cinco Pessoas Que Você Encontra No Céu

"Devo sentir saudades de quem "FALECEU", dentro do coração, e em lagrimas, porem tentar ser o melhor pra quem está vivo, como não estou dando conta disso, eu prefiro me calar e chorar sozinha, declarações no Face Book não quer dizer muita coisa ,quando o sujeito "jaz" se foi!!!!

Camila Mallioco

Hoje a minha mãe faleceu... Sei, agora, o que significa um dia nublado!

RONALDO RHUSSO

E só lembrando: brincar com quem faleceu é um jeito de aliviar o sentimento de perda, uma forma de luto, e não necessariamente desrespeito

Alex Osório

Sabedoria da velhice
Seu Juventino era meu vizinho de apartamento. Era, porque faleceu. Sua única filha, solteira por opção, trabalhava fora o dia todo, e sua esposa, dona Norma, é quem ficava com a obrigação de cuidar do homem que no passado fora um empertigado militar, mas que devido a um câncer no cérebro deitou-se um dia e não conseguiu mais levantar. Quando dona Norma saía para o mercado vinha a minha porta e pedia: ‘pode olhar o Juventino um pouco?’ Era uma mulher admirável essa senhora. Em cima de seus setenta anos era mais forte que qualquer um. Em corpo e espírito.
Quando eu chegava para ‘olhar’ o doente, sentava a seu lado e ele, ainda muito lúcido apesar das dores, desfiava a falar e falar, quase um monólogo. Eu o deixava ir em seus devaneios de doente que não tem muito com quem conversar.
Uma das coisas que Seu Juventino gostava de repetir era, que os velhos como ele, a cada dia deteriora algo. Toda manhã percebia alguma coisa deixando de funcionar direito. É claro que um pouco pela doença. Mas a maior parte pela velhice e inanição. ‘E o pior é que as pessoas acostumam com isso’, ele dizia. Um dia um zumbido no ouvido, outro uma dor no joelho, e às vezes até surdez. Vão perdendo a audição devagarzinho, e quando dão por si estão surdos e nem sabem como foi. A cegueira também. ‘Já vi muito velho cego e surdo e nem sabe que é’ ele falava quase sussurrando. Eu ria muito com suas conversas, mas tenho que admitir ser a pura verdade. Velho não gosta de ser velho. Mulher então! Nem pensar! Depois que faz quarenta esquece-se de fazer aniversário pelo resto da vida. Pelo menos a maioria delas.
Agora, verdade seja dita, não acontece só com os velhos não. A pessoa entra na cozinha para fazer alguma coisa e esquece. Aí lembra que tem de fazer algo na sala, só que quando chega lá não lembra mais o que tinha que fazer. Coloca o celular no bolso e sai pela casa à procura do tal que não sabe onde o deixou. Passa a procurar a chave do carro e acha o celular no bolso, mas aí não sabe mais onde está a chave do carro. Velhice? Coisa nenhuma! Todos se esquecem um pouquinho das coisas.
Seu Juventino gostava de lembrar-se de seu tempo no Exército. Tempo bom era aquele! Corrida por três horas a fio pelas ruas comandando um pelotão de rapazes fortes e saudáveis. Subindo e descendo morros. Pulando obstáculos e caindo no rio para travessia a nado. E ele não cansava. Os jovens sim.
Nunca falava sobre sua doença. Não gostava. Afinal, fora ela, a doença traiçoeira que o deixara fora da vida por quase dez anos. Dez anos de sofrimento.
Quando ele morreu fiz um pequeno poema em sua homenagem. Dona Norma mandou inscrever na lousa de seu túmulo. ‘Ele vai ficar feliz’, disse-me ela. Assim espero. Porque lá eu disse o quanto era importante ser velho e sábio como ele fora. E que amigos não se escolhe pela saúde, cor ou religião, mas pelo conteúdo da alma.
E velhos não são os que têm muita idade. Velhos são os que não acumulam sabedoria. Em qualquer idade.

Paola Rhoden

Uma das pessoas que eu mais amo nessa vida faleceu, meu avô lindo.. Apelidado carinhosamente por mim 'filho', por causa das inumeras brincadeiras de mãe e filho quando eu era pequena, rs. Espero que Deus tenha reservado um lugar bem melhor pra ele.. Que ele conforte meu coração, e que a estrelinha que meu avô virou, possa iluminar ainda mais meus passos. Eternas saudades, filho. Amo você.

Letícia Novais

Um jovem americano que faleceu de câncer três anos após o diagnóstico dedicou-se a aproveitar ao máximo no tempo que tinha. Em seu último ano de vida, ele se apaixonou e casou-se com a namorada, que ficou ao seu lado até o fim.
Alex Lewis foi diagnosticado aos 17 anos com câncer nos ossos e passou por um tratamento intensivo contra a doença, sem sucesso. Ele faleceu pouco depois do seu aniversário de 22 anos.

Durante os últimos três anos, ele experimentou o que muitas pessoas levam toda a vida para conseguir, inclusive conhecer e casar com o amor de sua vida.

O garoto foi diagnosticado depois de sentir dor no braço por meses.

- Ele jogava muito tênis de futebol americano, por isso imaginou que havia distendido alguns músculos, mas a dor não desaparecia.

Quando finalmente recebeu o diagnóstico, o câncer já havia se espalhado para seus pulmões. Ele passou por uma intensa quimioterapia e um dos ossos em seu braço foi substituído por uma prótese de metal.

Mas apesar de cirurgias e radioterapia, os tumores continuaram a se espalhar.Quando começou a enfrentar a perspectiva de morrer, Alex jurou viver cada dia com o máximo de energia que pudesse.

- (A doença) Faz você compreender como a vida é preciosa. A vida é maravilhosa, na verdade, mas para aproveitar cada minuto você precisa olhar para tudo de uma maneira positiva.

Enquanto realizava as diferentes etapas do tratamento, ele decidiu fazer viagens de aventura. Entre elas, como pular de pára-quedas na Nova Zelândia, andar de buggy nas dunas de Dubai e mergulhar após saltar de um penhasco na Cornualha.

'Beijo inesperado'

Em seu último ano de vida, durante uma festa em Swansea, no País de Gales, Alex conheceu Ali Strain, uma garota que havia visto durante uma viagem para encontrar amigos na Austrália, e se apaixonou.

- Foi um beijo inesperado e depois disso, tudo foi muito rápido. Eu pensei que esta era a garota com quem gostaria de passar o resto da minha vida.

O casal começou a namorar e Alex a pediu em casamento três meses depois.

- O apoio mútuo e carinho que eles compartilhavam um com o outro era, ao mesmo tempo, alentador e triste de assistir.

Eles ficaram noivos e Ali se mudou para a casa da família para ficar com Alex.

- Apesar de estar piorando fisicamente, ele amava ter alguém com quem dividir sua vida, e descreveu o tempo que passou com Ali como um relacionamento de seis anos que foi acelerado e condensado em cerca de três meses'.

Na época, o pai de Alex, disse que o relacionamento de seu filho 'fez com que ele começasse uma vida nova. Ele anda com um sorriso no rosto quando não sente dor'.

No entanto, já no outono, os tumores de Alex já se espalhavam por seus pulmões e ele tinha dificuldades para respirar.

- Ele tomava tanta morfina para controlar as dores que era surpreendente que permanecesse acordado, mas estava determinado a continuar fazendo festas e vendo seus amigos todos os fins de semana.

'Momentos felizes'

Com sua família, Alex chegou a comemorar três natais como se fossem seu último.

Em janeiro, o casamento com Ali foi realizado apressadamente, mas depois da festa, sua saúde deteriorou-se rapidamente.

Seu Pai registrou o apoio que o garoto recebia da namorada durante pior momento da doença.

- Ele estava sentindo tanta dor, então eu só dizia 'lembre-se de todos os momentos felizes...pense na noite em que ficamos juntos e pense em todos os seus amigos maravilhosos'. E isso o ajudou muito'.

- Ele queria que sua família e amigos soubessem como havia gostado de sua vida e que não pensassem sobre o destino que ele teve. Alex também quis ressaltar a dificuldade de diagnosticar o câncer ósseo para que outros adolescentes não sofressem o mesmo que ele.

- Pouco antes de morrer, Alex fez questão de dizer a sua família como acreditava que a vida que teve havia sido completa, apesar de ter acabado antes do tempo.

Elvis Santos

No meio do poema
faleceu o mosquito
asas na palavra amor
pernas na palavra grito

Leninha Alves

De repente a correspondência faleceu. As constelações pararam de brilhar naquela noite. O sol nasceu, mas não tão radiante quando se existia o amor. O mais doce açúcar azedou... A fonte secou... A força cessou... E assim surgiu a ferida incurável de algo que parecia infinito num dia; e que, noutro dia, finito se tornou. Acostumar o coração e adaptá-lo pra determinadas situações é desconfortante. Sorrir estando triste, pode ser até forte, sendo que a alma se desaba a cada instante.

Inacio Morais

"Vidinha"

Com espera nasceste
Tão linda chorando
Com o tempo cresceste
Com fralda engatinhando

Aquele rostinho lindo
nada falava ,nada sabia
De um momento para o outro
Meu nome dizia

Quando algo queria
Tudo eu lhe dava
Se era negado
Manhosa chorava

Hoje é rouge
Batom e brinco na orelhinha
Minha mana cresceu
Já é uma mocinha.

Katia17Meu irmão fez essa homenagem a mim.Obrigado Marco

HOMENAGEM ESTER NUNES ESPOSA DE PAULO RICARDO PENSADOR

Feito estrela, brilha o seu olhar
Luz do luar, que me envolve
Me alucina, me leva pro céu
Seu infinito, tudo o que eu quero
E tanto amor, quando desejo vem
Que além de nós no mundo, não vemos mais ninguém
Que esse prazer nunca tenha fim
Que o nosso amor, seja sempre assim
Nunca tenha fim
Seja sempre assim

Quero você sempre comigo
Seu corpo em chamas queimando em mim
Você é dona dos meus sonhos
É minha vida, paixão que não tem fim


É tanto amor, quando o desejo vem
Que além de nós no mundo, não vemos mais ninguém
Que este prazer nunca tenha fim
Que o nosso amor, seja sempre assim
Nunca tenha fim
Seja sempre assim

PAULO RICARDO PENSADOR HOMENAGEM A ESTER NUNES

Desde que VOCÊ se Foi, minha vida ficou
dificil, muitas divergências, começou
me prendi em um mundo só meu, fiquei muito triste pois
aprendi realmente o que é a vida com a SENHORA.
Te Amo! Aonde eu for estarei cm Você em meus pensamentos
Vó. Saudades ETERNAS...

Homenagem a minha Vó ( Ladson SAntos Lima )

Quero amar você
Libertar a paixão
Fazer amor
Te fazer feliz
Alma e coração
Escuta por favor

Olha pra mim,
vamos supor
Que um dia Deus
Mandasse eu escolher
Entre te pertencer
E os tesouros do mundo
Mil vezes
Ficava com você

Os sinos vão tocar,
a terra inteira vai tremer
Quando eu te amar
Estrelas vão brilhar,
Milagres vão acontecer

Quero amar você
Alma e coração
Escuta por favor

HOMENAGEM DE PAULO RICARDO PENSADOR PARA ESPOSA ESTER NUNES

Paracatu do Príncipe

Cidade nascida de uma história bonita.
Felisberto Caldeira Brant e José Rodrigues Froes
Dois heróis
Famintos por ouro o louro amarelo.
Vila Morena de Lavoisier Albernaz
Atenas Mineira de Graça Jales
Meu Bem Querer de Olliveira Melo.
Inspiração do livros de Coraci Neiva
Berços das capoeiras de Oswaldinho
Do Pingo de Gente de Tia Lana
Do pré de Dona Aurora
Dos sonhos de muita gente
Cidade onde ecoa ainda
As cantigas de crianças
Dos tempos de minha infância.

Maria Teresa Oliveira Melo Cambronio (Homenagem à Paracatu, minha cidade natal)

Homenagem póstuma,

Quantas manhãs de domingo já ocorreram? Esta chuva, fina, vista por tantos olhos. Através de tantas janelas. Ouço o ranger de minha alma através, não mais do castanho, mas do novo branco de meus olhos, que não refletem nem mais a sombra de minhas lágrimas, já com sabor de sal sem doce. A expectativa do ranger da porta de meu quarto é a maior de todas as torturas. A dor que aguarda para ser arrebatada. Impressionante, o costume ao som do silêncio. Tornei-me uma escritora. A tua ausência me obriga a escrever como uma forma de me calar. Por anos estive livre em sua prisão. Verdades e mentiras convivendo na mesma sela. As minhas demandas, hoje, estão me sufocando no pavilhão da solidão. E eu acreditando na sua ressurreição. Recebes esta homenagem póstuma, da desgraçada, com quem conviveste por 47 anos, e que sofre implorando a Deus, todos os dias, pelo último suspiro.

Augusto Vicente

Homenagem às mães

Bem cedinho,
ao orvalho da manhã,
colhi esta flor,
devagarinho,
a mais bonita do jardim,
para dizer,
no silêncio da beleza,
porque as mães
são assim:
frágeis e poderosas,
sonhadoras na tristeza,
pequenas grandiosas,
energia e leveza,
na pobreza generosas...
mães sofrem nas alegrias,
perdoam filhos ausentes,
pedem como presente
orações todos os dias.

Ivone Boechat

HOMENAGEM AO SEU DIA, “PAI”...

Creio em você, “filho”!

Creio no seu sorriso,
janela aberta do seu ser.

Creio nos seus olhos,
espelho de sua honestidade.

Creio em suas mãos,
sempre abertas para dar e receber...

Creio na sua alma,
acolhimento sincero de seu coração.

Creio na sua palavra,
exposição sincera do que você é!

Creio em você, filho amado,
na eloquência do seu silêncio!

Maria de Lourdes M. Abrahão
15/08/2009

Miguel M. Abrahão em blog do autor

(...) Ser amado de graça, por outro lado, não tem preço. É a homenagem mais bacana que uma pessoa pode nos fazer. Você está ali, na vida (no trabalho, na balada, nas férias, no churrasco, na casa do amigo) e a pessoa simplesmente gosta de você. Ou você se aproxima com uma conversa fiada e ela recebe esse gesto de braços abertos. O que pode ser melhor do que isso? O que pode ser melhor do que ser gostado por aquilo que se é – sem truques, sem jogos de sedução, sem premeditações? Neste momento eu não consigo me lembrar de nada.

Ivan Martins