Homem que não Presta

Cerca de 14344 frases e pensamentos: Homem que não Presta

Um homem é tão mais respeitável quanto mais numerosas são as coisas das quais se envergonha.

George Bernard Shaw

Os dias talvez sejam iguais para um relógio, mas não para um homem.

Marcel Proust

No fundo, Deus quer que o homem desobedeça. Desobedecer é procurar.

Victor Hugo

O tempo passa e o homem não percebe.

Dante Alighieri

Cabe à mulher casar-se quanto antes e ao homem ficar solteiro o maior tempo que poder.

George Bernard Shaw

O grande homem demonstra a sua grandeza com a maneira pela qual trata os pequenos.

Thomas Carlyle

O homem é livre; mas ele encontra a lei na sua própria liberdade.

Simone de Beauvoir

O amigo de um homem gosta dele, mas deixa-o ficar como ele é; a mulher de um homem ama-o, e está sempre a tentar transformá-lo noutro homem.

Gilbert Chesterton

Um ateu é um homem que não possui meios invisíveis de apoio.

H. E. Fosdick

Se o homem falhar em conciliar a justiça e a liberdade, então falha em tudo.

Albert Camus

A principal tarefa na vida de um homem é a de dar nascimento a si próprio.

Erich Fromm

Um homem pode ser destruído, mas não derrotado.

Ernest Hemingway

O amor entre marido e mulher é uma grossa bandalheira. É abjeto que um homem deseje a mãe de seus próprios filhos.

Nelson Rodrigues

Mesmo o homem de bem prova maus dias enquanto as suas boas ações não produzirem frutos; mas quando amadurecerem as suas boas ações, então provará dias felizes.

Textos Budistas

O homem mais forte do mundo é o mais solitário.

Henrik Ibsen

Um homem não pode ser mais homem do que os outros, porque a liberdade é igualmente infinita em todos.

Jean-Paul Sartre

O homem é o único animal que ri e chora, porque é o único que se impressiona com a diferença que há entre o que é e o que devia ser.

William Hazlitt

Se o homem carrega a sua própria lanterna, não precisa de ter medo do escuro.

Textos Judaicos

Nenhum homem tem o dever de ser rico ou grande ou sábio: mas todos têm o dever de serem honrados.

Rudyard Kipling

TESTAMENTO DO HOMEM SENSATO
Quando eu morrer, não faças disparates
nem fiques a pensar: Ele era assim...
Mas senta-te num banco de jardim,
calmamente comendo chocolates.

Aceita o que te deixo, o quase nada
destas palavras que te digo aqui:
Foi mais que longa a vida que eu vivi,
para ser em lembranças prolongada.

Porém, se um dia, só, na tarde em queda,
surgir uma lembrança desgarrada,
ave que nasce e em vôo se arremeda,

deixa-a pousar em teu silêncio, leve
como se apenas fosse imaginada,
como uma luz, mais que distante, breve.

Carlos Pena Filho