Homem Cafajeste

Cerca de 80 frases e pensamentos: Homem Cafajeste

Todos os cafajeste que conheci na minha vida eram uns anjos de pessoas.

Leila Diniz

Modo de usar-se

"Coitada, foi usada por aquele cafajeste". Ouvi essa frase na beira da praia, num papo que rolava no guarda-sol ao lado. Pelo visto a coitada em questão financiou algum malandro, ou serviu de degrau para um alpinista social, sei lá, só sei que ela havia sido usada no pior sentido, deu pra perceber pelo tom do comentário. Mas não fiquei com pena da coitada, seja ela quem for.

Não costumo ir atrás desta história de "foi usada". No que se refere a adultos, todo mundo sabe mais ou menos onde está se metendo, ninguém é totalmente inocente. Se nos usam, algum consentimento a gente deu, mesmo sem ter assinado procuração. E se estamos assim tão desfrutáveis para o uso alheio, seguramente é porque estamos nos usando pouco.

Se for este o caso, seguem sugestões para usar a si mesmo: comer, beber, dormir e transar, nossas quatro necessidades básicas, sempre com segurança, mas também sem esquecer que estamos aqui para nos divertir. Usar-se nada mais é do que reconhecer a si próprio como uma fonte de prazer.

Dançar sem medo de pagar mico, dizer o que pensa mesmo que isso contrarie as verdades estabelecidas, rir sem inibição – dane-se se aparecer a gengiva. Mas cuide da sua gengiva, cuide dos dentes, não se negligencie. Use seu médico, seu dentista, sua saúde.

Use-se para progredir na vida. Alguma coisa você já deve ter aprendido até aqui. Encoste-se na sua própria experiência e intuição, honre sua história de vida, seu currículo, e se ele não for tão atraente, incremente-o. Use sua voz: marque entrevistas.
Use sua simpatia: convença os outros. Use seus neurônios: pra todo o resto.

E este coração acomodado aí no peito? Use-o, ora bolas. Não fique protegendo-se de frustrações só porque seu grande amor da adolescência não deu certo. Ou porque seu casamento até-que-a-morte-os-separe durou "apenas" 13 anos. Não enviuve de si mesmo, ninguém morreu.

Use-se para conseguir uma passagem para a Patagônia, use-se para fazer amigos, use-se para evoluir. Use seus olhos para ler, chorar, reter cenas vistas e vividas – a memória e a emoção vêm muito do olho. Use os ouvidos para escutar boa música, estímulos e o silêncio mais completo. Use as pernas para pedalar, escalar, levantar da cama, ir aonde quiser. Seus dedos para pedir carona, escrever poemas, apontar distâncias. Sua boca pra sorrir, sua barriga para gerar filhos, seus seios para amamentar, seus braços para trabalhar, sua alma para preencher-se, seu cérebro para não morrer em vida.

Use-se. Se você não fizer, algum engraçadinho o fará. E você virará assunto de beira de praia.

Martha Medeiros

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai ligar e não liga, ele veste o primeiro chinelo havaiana que encontra no armário. Ele não tem a maior vocação para príncipe encantado, e ainda assim você não consegue despachá-lo. Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele dirige bem, adora cavalos. Por que você ama este cara? Não pergunte para mim. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu bem humorada + você cafajeste = dois apaixonados. Não funciona assim. Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Honestos existem aos milhares, generosos tem às pencas, bons motoristas, tá assim, ó!!!Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz, ama-se
pela fragilidade que ele revela quando menos se espera.

Mas ninguém consegue ser do jeito do amor da sua vida!

Martha Medeiros

Pegar, cá pra nós, é um verbo meio cafajeste. Em vez de pegar, poderíamos adotar algum outro verbo menos frio. Porque, quando duas bocas se unem, nada é assim tão frio, na maioria das vezes esse “não estou nem aí” é jogo de cena. Vão todos para a balada fingindo que deixaram o coração em casa, mas deixaram nada. Deixaram a personalidade em casa, isso sim.

Martha Medeiros

Quem está livre de cruzar com um cafajeste e, pior, se apaixonar por ele?

Martha Medeiros

Homem cafajeste e sem caráter é como flor sem perfume...Por mais bonito e irresistível sempre lhe falta algo!

Andresa Martins Vicentini

No fundo todo homem quer ser amado. Ele é cafajeste por isso. Esse é nosso orgasmo fingido

Lucas Feat

Trago-lhe FLORES e aquele sorriso cafajeste que eu sei que você adora, haha.

Leandro Flores via twitter

Ele é um cafajeste, babaca, cretino, mané, ridículo, otário, idiota e não bastando ser tudo isso, ele ainda é o cara que eu gosto. É foda!

Ariellen Soares

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Arnaldo Jabor

Bem vestido,cheiroso,barba por fazer,bom papo e pegada de cafajeste sempre conquista.E não hà nenhuma mulher que possa contrariar isso.

Dom Islon De Gouveia

Cafajeste não manda beijos.
Entrega pessoalmente.
Cafajeste não enrola.
Ele desenrola.
Cafajeste não fala de sexo.
Ele faz sexo.

E a melhor propaganda é a boca da mulher.E não da sua.

Dom Islon De Gouveia

Tenho que admitir sou CAFAJESTE é tipo café:

Quente, forte, gostoso e te
deixo a noite inteira acordada!!!

Jeferson gomes da Silva

Ser cafajeste não é para qualquer um.

Exige anos de prática.

Tem que saber exatamente o que uma mulher quer escutar,

a hora certa de dizer e usar os maiores clichês

da face da Terra sem parecer meloso.

Tem que fazê-la sentir especial,

ter alguma coisa entre mocinho de novela

e astro de filme pornô.

Tem, acima de tudo, que entender que o segredo do pudim

é o banho-maria.

Não dá pra deixar esfriar, não dá pra deixar

ficar quente demais.

Quer enlouquecer uma mulher? Faça-a esperar.

Sarah Westphal

Sou um ser de personalidade metamórfica, gosto de ser fiel num relacionamento sério, fixo, mas completamente fiel às minhas vontades quando solteiro. Posso até pagar a conta do restaurante e o motel, mas pra dizer "eu te amo" eu cobro... e cobro caro!!

Manual do Cafajeste

Eu sinto, eu penso, eu falo, eu te conheço, isso te assusta né? “Tô invadindo seu espaço sem te prometer uma vida? Desculpe.” Essa fui eu, durante todo esse tempo, tô me desculpando por que mesmo?
Em alguns casos, por carinho, me diminui pra você ficar maior, pra você não me perceber entrando na sua vida.

Se você pudesse sentir o quanto isso dói, você quem iria se desculpar, você entende e sente isso?! Eu queria ligar pra você, e te falar sem pausas tudo que eu ensaio toda vez que você magoa com palavras rudes para uma pessoa que tem um carinho enorme por você, mas nunca digo pra não te magoar, afinal eu não ligo! afinal você não me faz mal por mal, e talvez esse seja o pior mal que se possa fazer a alguém, tão natural, o mal sem querer, e ainda assim era feliz, um pouco doentio isso né? Mas aqui, esquece, bobagem, como se algum ensaio no mundo fosse me deixar firme depois do seu ‘Oie’...

Então é isso, tô te escrevendo nem sei o porquê. Sempre fui mais segura com as palavras, alias eu sou (ou era?) a segurança em pessoa, até você aparecer e me tirar o meu chão, me fazer pensar nos meus planos, se era realmente isso que desejo , alias era sim o que eu desejava, até você entrar e destruir os meus sonhos e meus planos, de uma vida fantástica.

Tô te escrevendo pra talvez um dia te enviar, mas to escrevendo... alias eu já escrevi uma carta se lembra? e você nunca a recebeu, talvez um dia você a tenha... Só que não é sobre você dessa vez, é sobre mim... Sobre o quanto eu sou boa, quanto sempre te falei a verdade, eu nunca me fiz de príncipe, mas sempre cuidei de você como se cuida de uma princesa, como eu faço com todas na verdade, por isso acho que você não é tããão importante assim...

Sobre como eu não preciso esteroides ou querer me digladiar com todo mulher que olha pra você pra querer me mostrar mais mulher, afinal eu mesma não paro de olhar pra você... E você sabe disso! Mas escrevo sobre como, ainda assim, só eu sei fazer de você uma mulher do jeito que você gosta, só eu te pego pelos cabelos do jeito que você suspira. Sobre muitas coisas, mas principalmente, sobre quantas mulheres eu poderia estar nesse exato minuto.
Não é com você, é comigo sabe? Por exemplo, EU te idealizo nesse momento como a melhor, não que você seja...

Acho legal você brincar com a sorte, mas se eu fosse você não teria tanta certeza da minha posse assim. Talvez ninguém tenha te avisado ainda, alias eu já te avisei sim, então desculpa se eu vou te dar essa notícia sem te preparar antes, mas o mundo não gira em torno do seu umbigo. não fique chocada..

Queria te dar um conselho, em nome da nossa amizade e meu carinho por você, tira uma mão da liberdade e segura um terço! Fica assim, agarrado nas duas coisas sabe? E reza, reza muito pra não aparecer ninguém que mexa com você e não seja tão sincera quanto eu, que minta e diga que você é a mulher da vida dela, e que diga isso normalmente, mesmo sem certeza

Coragem essa que eu não tenho! mesmo imaginando que você talvez seja sim essa mulher...Porque você não sabe, alias, sabe sim senhora, só que te falta coragem de ser você e perceber além do seu orgulho, então ore ore bastante enquanto você faz um teatro de quinta, pra a sua platéia de merda!

Porque eu sou amor e paixão, e ainda que não seja o sua, essa é a minha essência, eu me jogo , me entrego e vou, me completa, mas não completa ninguém...
E você não deve acreditar muito nessa idéia, pelas tantas vezes que eu quase fui... mas eu vou, sempre foi assim.

Mas deixa eu te contar um segredo: eu tô indo, e eu não quero voltar...

Mas confesso: Das besteiras que fiz, você foi a pior... e a mais bonitinha também...

Rafaella Kristinne x Adorável Cafajeste

Depois querem chamar homem cafajeste de "cachorro"!
Só que não contaram que os cães são gentis, fiéis, e fazem sempre a maior festa quando te vêem depois de uma tarde afastados. Balançam o rabinho e chegam a esboçar um sorriso muito sincero. Ahhh, por favor, né! Tem muito cachorro mais fofo que muito homem por aí...

Aline M. Abdalah

Homem verdadeiro desafina na cantada, cafajeste é que usa playback.

Vanessa Pimentel

Bons homens, assim como boas mulheres, não mentem. Homem que mente, é cafajeste! É como se fosse um decente do homem. E mulher que mente, é biscate, também é uma decente da verdadeira mulher. Os dois são da mesma família do homem e mulher, a diferença, é que nesses não se pode confiar...

Psycopato

Criança brinca de bola ,Menino brinca de Playstation , Cafajeste brinca com seu coração , e homem de verdade brinca de te amar pra sempre .

Matheus Sousa