Há um Tempo em que é Preciso Abandonar

Cerca de 23 frases e pensamentos: Há um Tempo em que é Preciso Abandonar

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Teixeira de Andrade

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas ...
Que já têm a forma do nosso corpo ...
E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos
mesmos lugares ...

É o tempo da travessia ...
E se não ousarmos fazê-la ...
Teremos ficado ... para sempre ...
À margem de nós mesmos...

Fernando Teixeira de Andrade

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas...
Que já têm a forma do nosso corpo...
E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos
mesmos lugares...

É o tempo da travessia...
E se não ousarmos fazê-la...
Teremos ficado... para sempre ...
À margem de nós mesmos..."

Quanto a mim, estou com um guarda-roupa novo.
E você? se, já despiu-se da antiga roupa,
pode vir, mesmo que estejas nú...!!!!!!
TE AMO...TE AMO...TE AMO...TE AMO...TE AMO...!!!!!!!!!
( PP MLLM )

e sente

Fernando Teixeira de Andrade

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares.

Fernando Teixeira de Andrade

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já não têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia...
E se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa

"Há um tempo em que é preciso
abandonar as roupas usadas,
que já tem a forma do nosso corpo, e
esquecer os nossos caminhos,
que nos levam sempre
aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia:
e, se não ousarmos fazê-la,
teremos ficado, para sempre,
à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares.É o tempo da travessia e,se não ousarmos fazê-la,teremos ficado,para sempre,à margem de nós mesmos"

Fernando Pessoa

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas...
Que já têm a forma do nosso corpo.
E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia...
E se não ousarmos fazê-la,
Teremos ficado, para sempre...
À margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

desconheço

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia e se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos. Se é pra viver, vamos viver direito. Com conteúdo. Troque o verbo, mude a frase, inverta a culpa. O sujeito da oração é você. A história é sua, mãos a obra! Melhore aquele capítulo, jogue fora o que não cabe mais, embole a tristeza, o medo, aceite seus erros, reescreva-se. Republique-se. Reinvente-se. E transforme-se na melhor edição feita de você.

Desconhecido

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos".

Fernando Teixeira de Andrade

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.
Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

9642; Fernando Pessoa

Há um tempo em que é preciso abandonar nossas velhas concepções sobre nós mesmos; destruir ilusões inseridas no âmago de nossa personalidade por uma sociedade cada vez mais distante da verdade universal.

Fernando Vieira

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.” _/\_
Fernando Teixeira de Andrade



Foto: “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.” _/\_

Fernando Teixeira de Andrade

"Há um tempo em que é
preciso abandonar as roupas
usadas, que já nao tem a
forma do nosso corpo, e
esquecer os nossos caminhos,
que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da
travessia: e, se não ousarmos
fazê-la, teremos ficado, para
sempre, à margem de nós
mesmos"

Desconhecido

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas...Que ja têm a forma do nosso corpo...E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares...E o tempo da travessia...E se não ousarmos fazê-la...Teremos ficado...para sempre...Á margem de nós mesmos.

Bruno pavanelli

Renovação!

Há um tempo em nossas vidas que é preciso abandonar as roupas velhas e que não nos servem mais,se desapegar um momento do financeiro e alimentar o espirito com luz.
Há um determinado momento que a vida interior pede por paz e um reforço interior,recorrendo a uma observação espiritual para renovar as energias necessárias.
Cada segundo que vivemos com intensidade,absorvendo bons fluídos nos trona revitalizados para prosseguir uma jornada, sem perder a fé e a esperança em dias melhores.
__Eliani Borges.

Eliani Borges

Ha um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas,que ja têm a forma do nosso corpo, e esquecer os caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia, e se não ousar-mos faze-la,teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa

Tempo

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa