Gosto do que me Tira o Fôlego

Cerca de 7443 frases e pensamentos: Gosto do que me Tira o Fôlego

Todo mundo sonha com aquele beijo made in Hollywood, que tira o fôlego e dá início a um romance incandescente. Pena que nem sempre isso aconteça na vida real. O primeiro beijo entre um casal costuma ser suave, investigativo, decente. Aos pouquinhos, no entanto, acende-se a labareda e as bocas dizem a que vieram. Existe um prazo para isso acontecer: entre cinco minutos depois do primeiro roçar de lábios até, no máximo, cinco dias. Neste espaço de tempo, ainda compreende-se que os beijos sejam vacilantes: tratam-se de duas pessoas criando um vínculo e testando suas reações. Mas se a decência persistir, não espere ver estrelinhas na etapa seguinte. A química não aconteceu.

Beijo é maravilhoso porque você interage com o corpo do outro sem deixar vestígios, é um mergulho no escuro, uma viagem sem volta. Beijo é uma maneira de compartilhar intimidades, de sentir o sabor de quem se gosta, de dizer mil coisas em silêncio. Beijo é gostoso porque não cansa, não engravida, não transmite o HIV. Beijo é prático porque não precisa tirar a roupa, não precisa sair da festa, não precisa ligar no dia seguinte. E sem essa de que beijo é insalubre porque troca-se até 9 miligramas de água, 0,7 grama de albumia, 0,18 de substâncias orgânicas, 0,711 miligrama de matérias gordurosas e 0,45 miligrama de sais, sem contar os vírus e as bactérias. Quem está preocupado com isso? Insalubre é não amar.

Martha Medeiros

A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque não existe.

Jean Cocteau

A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego.

Bob Marley

CURRICULUM VITAE

Eu já dei risada até a barriga doer,
já nadei até perder o fôlego,
já chorei até dormir
e acordei com o rosto desfigurado.

Já fiz cosquinha na minha irmã só prá ela parar de chorar,
já me queimei brincando com vela.
Eu já fiz bola de chiclete e melequei todo o rosto,
já conversei com o espelho,
e até já brinquei de ser bruxa.

Já quis ser astronauta,
flautista, mágica, dançarina e trapezista.
Já me escondi atrás da cortina e esqueci os pés prá fora´,
já passei trote por telefone,
já tomei banho de chuva,
E acabei me viciando.

Já roubei beijo,
Já fiz confissões antes de dormir
num quarto escuro prá melhor amiga.
Já confundi sentimentos,
Peguei atalho errado
e continuo andando pelo desconhecido.

Já raspei o fundo da panela de brigadeiro,
já me cortei depilando a perna,
já chorei ouvindo música no ônibus.
Já tentei esquecer algumas pessoas,
mas descobri que essas são as mais dificeis de se
esquecer.

Já subi escondida no telhado prá tentar pegar estrelas,
já subi em árvore prá roubar fruta,
já caí da escada de bunda.
Conheci a morte de perto,
e agora anseio por viver cada dia.

Já fiz juras eternas,
já escrevi no muro da escola,
já chorei sentada no chão do banheiro,
já fugi de casa prá sempre,
e voltei no outro instante.

Já saí prá caminhas sem rumo,
de bandana na cabeça, ouvindo estrelas.
Já corri prá não deixar alguém chorando,
já fiquei sozinha no meio de mil pessoas
sentindo falta de uma só.

Já vi pôr-do-sol cor-de-rosa e laranjado,
já me joguei na piscina sem vontade de voltar,
já bebi vinho até sentir dormente meus lábios,
já olhei a cidade de cima
e mesmo assim não encontrei meu lugar.

Já senti medo do escuro,
já vomitei de nervoso,
já quase morri de amor,
mas renasci novamente prá ver o sorriso de alguém
especial.

Já acordei no meio da noite
e fiquei com medo de levantar.
Já apostei corrida descalça na rua,
já gritei de felicidade,
já roubei rosas num enorme jardim.
Já me apaixonei e achei que era para sempre,
Mas sempre era um prá sempre pela metade.

Já deitei na grama de madrugada
e vi a Lua virar Sol,
já chorei por ver amigos partindo,
mas descobri que logo chegam novos,
e a vida é mesmo um ir e vir sem razão.
Foram tantas coisas feitas,
momentos fotografados pelas lentes da emoção.
guardados num baú, chamado coração.

E agora um formulário me interroga,
me encosta na parede e grita:
"_Qual sua experiência?"
Essa pergunta ecoa no meu cérebro:
"_experiência...experiência..."
Será que ser "plantadora de sorrisos" é uma boa
experiência?
Não!!!
Talvez eles não saibam ainda colher sonhos!

Juliana Spadotto

Há certo gosto em pensar sozinho. É ato individual, como nascer e morrer.

Carlos Drummond de Andrade

Só se deve beber por gosto: beber por desgosto é uma cretinice.

Mario Quintana

Gosto e preciso de ti,
Mas quero logo explicar,
Não gosto porque preciso.
Preciso sim, por gostar.

Mário Lago

Gosto daquele que sonha o impossível.

Johann Goethe

Gosto um pouco mais da verdade quando sou eu que a descubro e não outro que me a mostra.

Vilhelm Ekelund

Gosto desta ideia: que o amor é uma forma de conversação em que as palavras agem em vez de serem faladas.

David Lawrence

O medo de perder tira a vontade de ganhar.

Wanderley Luxemburgo

O álcool tira as ilusões. Depois de alguns golos de conhaque já não penso em ti.

Marguerite Yourcenar

Um banqueiro é um homem que te empresta o chapéu de chuva quando faz sol e que to tira quando começa a chover.

Mark Twain

Se você tira a mentira vital a um homem vulgar, tira-lhe ao mesmo tempo a felicidade.

Henrik Ibsen

Todo mundo sonha com aquele beijo made in Hollywood, que tira o fôlego e dá início a um romance incandescente. Pena que nem sempre isso aconteça na vida real. O primeiro beijo entre um casal costuma ser suave, investigativo, decente. Aos pouquinhos, no entanto, acende-se a labareda e as bocas dizem a que vieram. Existe um prazo para isso acontecer: entre cinco minutos depois do primeiro roçar de lábios até, no máximo, cinco dias. Neste espaço de tempo, ainda compreende-se que os beijos sejam vacilantes: tratam-se de duas pessoas criando um vínculo e testando suas reações. Mas se a decência persistir, não espere ver estrelinhas na etapa seguinte. A química não aconteceu.

Martha Medeiros

Eu gosto do impossível, tenho medo do provável, dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade, mas nem sempre tenho motivo.
Tenho um sorriso confiante que as vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele.
Sou inconstante e talvez imprevisível.
Não gosto de rotina. Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso, e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras.
Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo.
São poucas as pessoas pra quem eu me explico...

Bob Marley

13 Linhas Para Viver

1. Gosto de você não por quem você é, mas por quem sou quando estou contigo.
2. Ninguém merece tuas lágrimas, e quem as merece não te fará chorar.
3. Só porque alguém não te ama como você quer, não significa que este alguém não te ame com todo o seu ser.
4. Um verdadeiro amigo é quem te pega pela mão e te toca o coração.
5. A pior forma de sentir falta de alguém é estar sentado a seu lado e saber que nunca vai poder tê-lo.
6. Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso.
7. Pode ser que você seja somente uma pessoa para o mundo, mas para uma pessoa você seja o mundo.
8. Não passe o tempo com alguém que não esteja disposto a passar o tempo contigo.
9. Quem sabe Deus queira que você conheça muita gente errada antes que conheças a pessoa certa, para que quando afinal conheça esta pessoa saibas estar agradecido.
10. Não chores porque já terminou, sorria porque aconteceu.
11. Sempre haverá gente que te machuque, assim que o que você tem que fazer é seguir confiando e só ser mais cuidadoso em quem você confia duas vezes.
12. Converta-se em uma pessoa melhor e tenha certeza de saber quem você é antes de conhecer alguém e esperar que essa pessoa saiba quem você é.
13. Não se esforce tanto, as melhores coisas acontecem quando menos esperamos.

Gabriel García Márquez

Gosto de um modo carinhoso do inacabado, do malfeito, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno vôo e cai sem graça no chão.

Clarice Lispector

O que obviamente não presta sempre me interessou muito. Gosto de um modo carinhoso do inacabado, do malfeito, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno vôo e cai sem graça no chão.

Clarice Lispector

Gosto dos venenos mais lentos!
Das bebidas mais fortes!
Dos cafés mais amargos!
E os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
E daí?
Eu adoro voar!

Bruna Lombardi