Gestão Escolar

Cerca de 133 frases e pensamentos: Gestão Escolar

O material escolar mais barato que existe na praça é o professor.

Jô Soares

Um bom chefe faz com que homens comuns façam coisas incomuns.

Peter Drucker

Gerenciamento é substituir músculos por pensamentos, folclore e superstição por conhecimento, e força por cooperação.

Peter Drucker

Basicamente, a Gestão significa influenciar a ação. Gestão é sobre ajudar as organizações e as unidades fazerem o que tem que ser feito, o que significa ação

Henry Mintzberg

"Regra é, em primeiro lugar, gestão da vida quotidiana."

Max Weber

As pessoas bem sucedidas trabalham mais por realização do que por poder de posição. Elas têm autoconhecimento e respeitam seus limites. Elas amam, dão conta de ser amadas e têm vida amorosa sem grandes rodízios.

Desconheço (ouvi em algum curso de gestão de pessoas)

Para que a implantação de um Sistema de Gestão tenha Sucesso, é importante a integração dos processos aliada à tecnologia, o apoio do suporte, o treinamento e principalmente o envolvimento e dedicação
de toda a equipe da empresa.

André de Araújo Campos

HARMONIA DO AMBIENTE ESCOLAR

Cecília Meirelles, em sua saborosa poética, assim escreve: "Ensinar é acordar a criatura humana dessa espécie de sonambulismo em que tantos se deixam arrastar. Mostrar-lhes a vida em profundidade. Sem pretensão filosófica ou de salvação - mas por uma contemplação poética, afetuosa e participante."
Quando se lê a educação com esse olhar de Cecília, parece que o dia-a-dia na relação professor-aluno é encantado. Muitos dirão que essa elevação afetiva só funciona no plano das idéias e que na prática se assiste a um aviltante processo de destruição das relações humanas.
A violência nas escolas se materializa em agressões verbais e físicas. O professor se sente vítima de um sistema que não o valoriza, portanto não o entende bem, nem o protege. Os alunos parecem prontos para a batalha. Padecem de amor e de limites. A ausência familiar se faz sentir na postura agressiva ou apatia em sala de aula.
Além disso, e talvez por isso, tentam disputar poder com os professores que, por sua vez, se deixam levar em um debate desnecessário. Há um axioma essencial na relação entre professor e aluno: autoridade harmonizada pelo afeto. O aluno precisa de limite e precisa compreender o papel do educador. O educador não pode impor sua autoridade, mas deve conquistá-la. Sem brigas nem ameaças. Sem histeria nem parcimônia. Com o respeito de quem sabe ensinar e aprender e de quem harmoniza as relações.
Há algumas dicas para essa relação harmoniosa. Evidentemente, são a experiência e a disposição do professor que farão com que ele toque na alma do seu aluno - sem isso não há educação. Entre essas dicas, algumas proibições. A primeira delas é que professor não pode brigar com aluno, mesmo que tenha razão. Se isso acontecer, parte da sala torcerá pelo aluno e a outra pelo professor, assim, ele deixa de ser referencial. A segunda: professor não pode colocar apelido em aluno. Terceira: não deve comparar um com o outro - é preciso lembrar que não há homogeneidade no processo educativo, mas heterogeneidade. Quarta: professor não pode se mostrar arrogante nem subserviente. O meio termo é amoroso.
E aí voltamos a Cecília Meirelles. A harmonia no ambiente escolar há de ocorrer quando se consegue quebrar a carcaça que envolve alguns alunos, pela falta de algo que deveria ter vindo antes. É esse sonambulismo, essa postura incorreta frente à vida e frente a si mesmo.
Trata-se de ajudá-lo a viver essa contemplação poética, ou, em termos aristotélicos, a buscar uma aspiração para a vida. Ou ainda em Paulo Freire, ajudá-los a desenvolver autonomia para sonhar.
Aí sim, o professor mostrará autoridade. Autoridade generosa de quem confia e cobra. De quem contrata no melhor sentido da palavra. E é nesse bom caminho que entra o afeto como instrumento de poder e participação. É do olhar do mestre que saem essas virtudes. O olhar que acolhe e que constrange quando necessário. O olhar que se faz cúmplice nas boas conquistas e que lamenta docemente pelo que se perdeu. O olhar que mantém o silêncio na sala de aula, sem gritos ou lamentações, mas que é capaz de chorar pela emoção de mais um aprendiz que encontrou seu caminho.
A harmonia no ambiente escolar não é uma utopia. É talvez uma tarefa complexa que exige o que de melhor podem dar os educadores: competência, coragem e muito, muito amor!


Revista Educacional, edição de setembro de 2007

Gabriel Chalita

Talvez o sistema industrializado escolar que temos no Brasil seria valido para uma batata Ruffles ou para uma caixa de Omo, a mente humana pensa livremente e atinge lugares inimaginaveis.

Fabio Pavani

Gestão deveria ser entendida como as ações aplicadas em três áreas distintas:
- A primeira está ligada as "pessoas".
Um gestor Lidera pessoas.
- A segunda está ligada as "coisas".
Um gestor Gerencia processos.
- A terceira está ligada ao "tempo".
Um gestor Planeja o futuro.

Dessa maneira fica simples entender que na Gestão das empresas podem existir excelentes Gerentes e péssimos Líderes e vice-versa. Pode haver excelentes estrategistas e péssimos Gerentes e vice-versa. Etc.

Um verdadeiro Gestor precisa ter três Habilidades:
- Liderar pessoas com excelência;
- Gerenciar processos com grande eficácia;
- Planejar estratégias com forte visão de futuro.

Alfredo Martini Júnior

A gestão escolar democrática tem sido o carro forte que conduz a produção cognitiva.

Paulo Marcos Ferreira Andrade - Barra do Bugres- MT

Gestão escolar competente é, pois sinônimo da capacidade de mobilizar um conjunto de recursos cognitivos, saberes empíricos, capacidades, informações, instrumentos tecnológicos, dinâmicas e pessoas para liderar uma série de cenários que se instalam em favor do desenvolvimento cognitivo.

Paulo Marcos Ferreira Andrade - Barra do Bugres- MT

A gestão escolar é o meio qualitativo mais eficaz de uma pessoa educar e adquirir conhecimentos

Edivan Ferreira

Antes de apresentar algumas ideias sobre gestão democrática, faz-se necessário ressaltar que a mesma não existe sem comprometimento, respeito e amor, e como escreve Freire com muita propriedade, um amor que não subjuga o outro, mas que promove e dá autonomia na práxis, e isso só é possível por se tratar de uma relação de consciências humanas.

Paulo Marcos Ferreira Andrade - Barra do Bugres- MT

Minha Terra.
Minha terra tem as cores da Bandeira,
Terra lugar lindo de viver.
Terra de grandes mares, de céu azul,
Onde o sol brilha mais forte aqui no sul...
Nas noites de lua cheia e suas estrelas brilhantes,
E nas manhas com seus pássaros cantantes,
Nas matas verdejantes com suas cachoeiras de águas cristalinas,
Dando boas vindas a essa Terra linda.
Que maravilha!

Claudia Mazzolli Jeske e Carlos Henrique Jeske trabalho escolar

Organizar os Humanos
Comitês com Nome de Bichos Alfabetizados e menos Alfabetizados:
Porcos – Lê e escreve bem;
Cães – Lê razoavelmente;
Cabras – Lê melhor um pouco que Cães;
Burros – Lê tão bem quanto os Porcos, mas não exercem sua Faculdade;
Vacas – Aprendeu o Alfabeto, mas não consegue juntar as Letras;
Patos – Tem Letras, mas não é capaz de IR além do D -A B C D; as vezes levanta o Topete, murcha as Orelhas tentando lembrar E F G H, aí descobre que esqueceu o A B C D;
Corvos - Espião linguarudo, aceita alabiar diante de suas mentiras, só os Porcos o Neutraliza;
Cavalos – Tem dificuldade de Pensar a quatro pernas, duas é o ideal;
Gatos – Lê, mas foge de todo trabalho;
Galinhas e Patos tem dificuldades de aprender Cor e os Sete Mandamentos- Ah! Lembrei do HOMEM o que o distingue é a MÃO, perpetua maldade, por exemplo CANETADAS.
Vistoriar os princípios do ANIMALISMO, uma Granja, uma Lavoura, o Campo, o Arvoredo, a Fila Indiana, andar nas Ponta dos Pés, usar Colchão de Capim, Sofás de Crinas, a Lareira, o Tapete de Bruxelas e o Espelho, antes de tratarmos qualquer ASSUNTO por mais que esteja Torto e a Direita, às vezes escoiceando revolta CRIATURAS, que acostumou a maltratar à vontade, que feche Porteiras a cinco barras, que expulse o ATO DE GALOPAR limites é a Marca do Ser humano. Rédeas, Cabrestos, arreios são degradantes ao HOMEM e porque Não a BICHOS, gostar de andar Nu, de chapéu de palha e de um cachorro dominador,ah É coisa de Bandeira. Imagine a velha bandeira com um Chifre e um Casco – hasteada num Evento-lugar em que o gênero humano propõe Resoluções- Imagine desaparecer o Votar, que pelas contas apresentadas não estão conseguindo solucionar nada, assim o Gerenciar vem degringolando seja em um simples Condomínios de Moradores, em Shopping, em presídios – DESCENTRALIZAR MENTES RETRÓGRADAS GERAÇÕES de 1980 a 2013 – propõe e chama Os Executivos sejam oriundos dos governos Públicos e também Privado.

Bindes, Fá - gestão

Todo coordenador escolar deseja que o professor mantenha a porta da sala de aula fechada e os alunos quietinhos lá dentro, não importando o que esteja acontecendo, quanto menos trabalho ele tiver melhor, para ele, isso tem o nome de domínio de classe. Mas como dominar um organismo em greve de fome?

Claudeci Ferreira de Andrade

Gestão Estratégica - a gestão vem sendo ponto de abordagem globalizado, porque interage com todas as áreas profissionais, por meios quaisquer.
Quando idenficamos esta face temos por medida, a implementação contínua de estratégias que nos permitem obter resultados esperados, ou seja, analisamos a organização como um todo em sinergia com os sub-organismos, conseguimos identificar e diagnosticar as situações de êxito e ou fracasso, a partir deste ponto referencial chave, hipóteses são levantadas, por conseguinte planeamos, interagindo com os objectivos gerais e específicos, os quais podem ou não interferirem nesta dada situação, depois passamos a implementação e por conseguinte, a monitorização através de análise de resultados reais em comparação com os pretendidos, desta forma estamos sempre a promover uma aprendizagem contínua e provável adaptabilidade face a evolução do meio envolvente, desta maneira concluímos as palavras comando da ESTRATÉGIA: planear , implementar, controlar e avaliar.... Quando do processo temos premissas que na implementação são consideradas desenvolvimento organizacional, que é tão somente uma mudança planeada....

Caroline Silva