Frei Galvao

Cerca de 1602 frases e pensamentos: Frei Galvao

Para o cônjuge cheio de amor, o outro é a melhor criatura do mundo. Para o cônjuge ciumento, o outro é sempre um traidor.

Frei Anselmo

Dois corações
Dois corações que batem como um só
Nossas vidas acabaram de começar
E para sempre (para sempre)
Terei você em meus braços
Não consigo resistir aos seus encantos

Frei emfraime

O que importa é a felicidade, mas nem sempre o que julgamos ser o melhor, é o melhor para sermos felizes.

Frei Messias

A divergência de opiniões, embora cause atritos, não deve invalidar a franqueza das nossas escolhas, muito menos ofuscar a visão diversa que tenhamos de uma mesma realidade.

Frei Messias

“Mesmo neste momento egocêntrico em que vivemos, é possível tentar experimentar o outro como outro e não apenas como eco do nosso próprio eu”.

“Deus não mora no céu, mas se encarna no ser humano”.

“Graças a Deus caímos, porque essas quedas nos tornam capazes de aprender a andar em direção ao crescimento”.

“Os dogmas não foram criados para serem engolidos, mas para serem refletidos longamente, às vezes por anos, para que então possam verdadeiramente ser compreendidos em seu significado”

Frei Vicente

"Devemos falar com Deus o tempo suficiente para poder escutá-lo."

Frei Betto

É melhor perder dinheiro e ganhar a vida do que o contrário.

Frei Vicente

Não fomos criados para o masoquismo nem para o castigo. Não precisamos fazer para os outros coisas que não queremos fazer. Façamos o que realmente pode nos levar à plenitude, o que faz sentido para nós.

Frei Vicente

Quantas vezes usamos a palavra devo? Cada vez que utilizamos esta palavra, colocamo-nos à disposição de algo que não faz sentido na nossa vida, e abrimos mão do nosso querer real.

Frei Vicente

A pressão social para que sejamos bem sucedidos na vida é tanta, que nós abrimos mão de ser e de fazer o que queremos e nos submetemos ao que entendemos que deve ser feito.

Frei Vicente

Brasil, rumo pra casa!

Essa vai para Galvao, pra deixar de ser BOCÃO
O Brasil tenta, tenta, mas é só "penta"
Nas copas passadas foi Zidane, nessa foi a "jabulane"
A seleção foi quem perdeu, não fui eu nem ninguem meu!

Franbogado

Prateado e azul
Para Marc Chagall
Andreia Clara Galvâo

Num dia distante
Sem você, mas comigo
Vi um mar tão bonito
Prateado e azul,
Silencioso e plano,
Cheio de música
E de lua
Você, onde andaria?

Andréia Clara Galvão

Insônia
Andréia Clara Galvão
Noites e claros
A idéia sem querer calar
Os ritmos do relógio
O gato no telhado
O cheiro de jasmim
E manacá
Chá de erva doce
Leite com canela
Água de flor de laranjeira
Sono e quietude em infusão
Tudo em vão
Pra olhos que insistem em não fechar
Pro coração que não quer dormir
Nem descansar

Perfumes
Sabores
Silêncios
Saudades
E o som do derramado
E do quente
Devagar e suavemente
Enchendo a noite,
O coração,
A varanda e
A xícara.

Andréia Clara Galvão

SAUDADE

Andréia Clara Galvão



A saudade
Adentrando o meu coração
Como uma revoada de garças
Brancas
Enchendo a tarde de presença
E som


A saudade
Varrendo o meu coração
Como as ondas que o vento cria
Ao correr sobre o canavial
Em flor


A saudade
Apoderando-se do meu coração
Como o amarelo faz
Com ipês e acácias
Quando dezembro prepara-se
Para começar


A saudade
Anuviando o meu coração
Como o mar e o céu
Abraçados
Em dia de chuva:
A neblina confundindo
Dois em um

Andréia Clara Galvão

Ganhar a copa e fácil, difícil mesmo e ver Galvão Bueno narrar o sorteio dos jogos dela!

Ricardo Fonseca

Sempre que algo quer declinar em mim eu lembro do meu Galvão Bueno interior: "Pra cima deles Robinho! Pra cima deles!

Rafael Silva Aguado

DOCE POETA (POETISA) 
ODE A VILMA GALVÃO
   


O que guarda nesse coração tão lindo?
De onde tira as forças para narrar sua dor?
Cabe nele toda sua história de amor inacabada?
Tem explicação caber ali tanta resistência, coragem?
Como pode retratar em suas poesias essa paz?
 
Ensina-me doce poeta (poetisa) o caminho certo
Deixe que eu descubra seus segredos, sua coragem
Apresente-me esse seu coração, quero ele como amigo
Quem sabe ensina o meu a superar suas deficiências
Dá a ele reservas dessa coragem, dessa sua força
 
Vamos doce poeta (poetisa), abra logo esse coração
Você mãe de mil poesias, deusa das palavras, dos sonhos
Traga-me essa certeza, ajude-me a alegrar meus dias
Se não me contas pelo menos escreva mais um poema
Faça o seu mil e um e narre nele o que quero saber
 
Mostre nos versos toda suas aventuras e desventuras
Fale de seus romances, conquistas e perdas amargas
Conte sua história, apresente nele seus segredos
Dê-me respostas nas entrelinhas, mostre-me o caminho
Quero seguir essa mesma estrada minha doce poeta (poetisa)
 


Corbi® - 25/04/2001

.

Corbi

Dayse Galvao conversando com Kleberton Macedo
~~lêr
eu:segundo a lei de newton os oposto se atrem entao,eu sou inteligente vc é burro.

ele:kkkkkkkk é mesmo

eu:comecei a nerdice :O

ele:mas vc naum se atrai por mim disso eu sei u.u
é nenhuma gosto desse teu lado nerd

eu:é um dos poucos

ele: o.O vc sabe q eu sou burro me explique mas detalhadamente
u.u

EU:um dos poucos que gostam desse meu lado nerd
geralmente ficam me chingando pura hipocrisia e intolerancia dos desprovidos de inteligencia ou dee um saber intelectual que nao usam de sua logica para se adequar a o seu raciocino logico, pensamento rapidos de uma mente vazia etc..

ele:tabom tabom ja entendie kkkkkkkkkkkkk

DayseGalvao17

A meu pai, Carlos Alberto de Alencar Galvão
Este homem que eu tanto admirei , com todas as suas virtudes e limites.
Este homem com olhar de menino, sempre pronto e atento, mostrando-me o caminho da vida, que estava pela frente.
Este mestre contador de histórias trouçe em seu coração tantas memórias, espalhava no meu caminhar muitas esperanças, certezas e confiança.
Este homem era alegre e às vezes brincalhão, mas também, às vezes, silencioso e pensativo, homem de fé e grande luta, e ainda sensível e generoso.
O abraço aconchegante a me acolher, este homem, meu pai, com quem aprendi a viver.
Pai, paizinho, paizão... meu velho, meu grande amigo, conselheiro e leal, infinito era teu coração.
Obrigado, pai, por ter-me orientado no meu caminho, que foi feito de lutas e incertezas mas também de muitas esperanças e sonhos.
Obrigado meu amor maior pela vida e pela honra de poder ter sido seu filho.
Sabe pai, procurei ser um pai tão amoroso como você foi. Mas não consegui nem chegar perto. Acredito que jamais conseguiria pois você foi único.
Te amo para sermpre.

Professor Galvão

Padres do deserto

Tudo começou então
Com São Nicolau e São Antão
Frei Mácario e aba Poemem com razão
A fundarem uma nova religião

Santos mártires que morreram no deserto
Lutaram pela Igreja de Cristo no passado
Cumpriram um destino incerto
Pela palavra do santo sem pecado

Coragem ,renuncia e fé
Oração e meditação
Acompanhado de Jesus de Nazaré
Enfrentaram toda perseguição

Com carinho de todos os que querem bem
Receberam-nos em sua morada
A cidade Sagrada de Jerusalém
Com Sacra luz iluminada!

Samuel Ranner