Frases de Hamlet

Cerca de 23 frases de Hamlet

Dormir, dormir... talvez sonhar... ( Hamlet )

William Shakespeare

Há algo de podre no reino da dinamarca. (Hamlet)

William Shakespeare

Duvida da luz dos astros,
De que o sol tenha calor,
Duvida até da verdade,
Mas confia em meu amor.

William Shakespeare

HAMLET: Pode-se pescar com um verme que haja comido de um rei, e comer o peixe que se alimentou desse verme.

O REI: Que queres dizer com isso?

HAMLET: Nada; apenas mostrar-vos como um rei pode fazer um passeio pelos intestinos de um mendigo.

Trecho do livro 'Hamlet' de William Shakespeare

Acima de tudo sê fiel a ti mesmo,
Disso se segue, como a noite ao dia,
Que não podes ser falso com ninguém.

Shakespeare Hamlet I 3 v. 78-80

De que servem cabelo e manto impecáveis, ó tolo? Tudo dentro de ti está confuso e, no entanto, penteias a superfície.

Hamlet - Shakespeare

Eu poderia viver recluso numa casca de noz e me considerar rei do espaço infinito...

"Hamlet", Ato 2, Cena 2

Shakespeare

Cara Gertrudes, as tristezas não andam como esías, mas sempre em batalhões.

Trecho do livro 'Hamlet' de William Shakespeare

‎Droga pessoa idiota, agora aguenta. Ninguém mandou achar que era dono do mundo e nada podia acontecer.

Hamlet

Ser ou não ser, eis a questão. Qual é mais digna ação da alma; sofrer os dardos penetrantes da sorte injusta, ou opor-se a esta corrente de calamidades e dar-lhes fim com atrevida resistência? Morrer... dormir... nada mais... Morrer é dormir, sonhar talvez...

Hamlet- William Shakespeare

Hamlet, Hamlet, Hamlet.

Não tenha duvidas Hamlet.

A questão é apenas de ser o que da vontade de ser!

Janicelio

Poderia viver encerrado numa casca de noz e julgar-me o rei do espaço infinito...

Shakespeare - Hamlet - ato 2, cena 2

O pensamento assim nos acovarda, e assim
É que se cobre a tez normal da decisão
Com o tom pálido e enfermo da melancolia;
E desde que nos prendam tais cogitações,
Empresas de alto escopo e que bem alto planam
Desviam-se de rumo e cessam até mesmo
De se chamar ação.

Ato III, Cena I: Príncipe Hamlet