Frases de Zeca Baleiro

Cerca de 36 frases de Zeca Baleiro

Tudo o que se ganha nessa vida é pra perder
Tem que acontecer
Tem que ser assim
Nada permanece inalterado até o fim...

Zeca Baleiro

Porque hoje eu só quero chorar como um poeta do passado, e fumar o meu cigarro na falta de Absinto.

Zeca Baleiro

Solidão não cura com aspirina.

Zeca Baleiro

"Te dou um Céu
Cheio de Estrelas
Feitas com caneta bic
Num papel de Pão."

Zeca Baleiro

A depender de mim
Os psicanalistas estão fritos
Eu mesmo é que resolvo os meus conflitos
Com aspirina, amor ou com cachaça
Os gritos todos virarão fumaça
A dor é coisa que dói e que passa
Curar feridas só o tempo há de.

Zeca Baleiro

Igual a mim quanto trouxa que tem
Que se apaixona e chora também
Você quer ser o meu mal
Mas sabe que podia ser meu bem

Zeca Baleiro

Eu quero que você vá pra bem longe
pra Sumatra ou Jacarta
Eu quero que você vá pra Ohio
Eu quero que você vá pra o raio
que a parta

Zeca Baleiro

Telefone não basta ao desejo
O que mais invejo é o que não vejo.

Zeca Baleiro

Melhor é dar razão a quem perdoa,
melhor é dar perdão a quem perdeu.

Zeca Baleiro

Tudo que se ganha nessa vida é pra perder.

Zeca Baleiro

Minha cara, minha Carolina
A saudade ainda vai bater no teto
Até um canalha precisa de afeto
Dor não cura com penicilina.

Zeca Baleiro

Nada tenho vez em quando tudo
Tudo quero mais ou menos quanto
Vida vida, noves fora, zero
Quero viver, quero ouvir, quero ver
(Se é assim quero sim, acho que vim pra te ver)

Zeca Baleiro

O coração do homem-bomba faz tum tum
Até o dia em que ele fizer bum!

Zeca Baleiro

Não quero ser triste
Como o poeta que envelhece,
Lendo Maiakovski de conveniência.

Zeca Baleiro

Não creio em santos e poetas,
Perguntei tanto e ninguém nunca me respondeu

Zeca Baleiro

"Meu amor minha flor minha menina
Solidão não cura com aspirina"

Zeca Baleiro

"Quero acalmar meu corpo dentro da tua alma"

Zeca Baleiro

Vejo os pombos no asfalto
eles sabem voar alto
mais insistem em catar as migalhas do chão

Zeca Baleiro

"Agora às vezes as pessoas querem fazer uma tese de mestrado numa canção..."

Zeca Baleiro