Frases de Eça de Queiroz

Cerca de 33 frases de Eça de Queiroz

Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo.

Eça de Queiroz

É o coração que faz o caráter.

Eça de Queiroz

Quando não se tem aquilo que se gosta é necessário gostar-se daquilo que se tem.

Eça de Queiroz

A arte é um resumo da natureza feito pela imaginação.

Eça de Queiroz

Pensar e fumar são duas operações idênticas que consistem em atirar pequenas nuvens ao vento.

Eça de Queiroz

É o comer que faz a fome.

Eça de Queiroz

Os sentimentos mais genuinamente humanos logo se desumanizam na cidade.

Eça de Queiroz

Nas nossas democracias a ânsia da maioria dos mortais é alcançar em sete linhas o louvor do jornal. Para se conquistarem essas sete linhas benditas, os homens praticam todas as ações - mesmo as boas.

Eça de Queiroz

O amor eterno é o amor impossível.
Os amores possíveis começam a morrer
no dia em que se concretizam.

Eça de Queiroz

É que o amor é essencialmente perecível, e na hora em que nasce começa a morrer. Só os começos são bons. Há então um delírio, um entusiasmo, um bocadinho do céu. Mas depois! Seria pois necessário estar sempre a começar, para poder sempre sentir?

Eça de Queiroz

Que mérito há em amar os que nos amam?

Eça de Queiroz

" Os políticos e a as fraldas são semelhantes , possuem o mesmo conteúdo "

Eça de Queiroz

Nos amores deste mundo, desde Eva, ha sempre um que ama e outro que se deixa amar

Eça de Queiroz

Quem não conhece o poder da oração,
é porque não viveu as amarguras da vida!

Eça de Queiroz

Curiosidade: instinto que leva alguns a olhar pelo buraco da fechadura, e outros a descobrir a América.

Eça de Queiroz

O jornal exerce todas as funções do defunto Satanás, de quem herdou a ubiquidade; e é não só o pai da mentira, mas o pai da discórdia.

Eça de Queiroz

O apreço exterior pela arte é a sobrecasaca da inteligência.

Eça de Queiroz

Para aparecerem no jornal, há assassinos que assassinam.

Eça de Queiroz

Quem sem descanso apregoa a sua virtude, a si próprio se sugestiona virtuosamente e acaba por ser às vezes virtuoso.

Eça de Queiroz

O maior espetáculo para o homem será sempre o próprio homem.

Eça de Queiroz