Frases de dedicatória para presentear um Livro

Cerca de 3933 frases dedicatoria Frases de dedicatória para presentear um Livro

Afinal, de quantas maneiras um coração pode ser destroçado e continuar batendo? (Bella)

Stephanie Meyer - Livro Crepúsculo

''Quando a morte conta uma história, você tem que parar pra ouvi-la.''

A Menina que Roubava Livros

Que tal um beijo Saumensch?

Markus Suzak - A menina que roubava livros

Crepúsculo novamente. Outro fim. Mesmo que o dia seja perfeito, sempre tem um fim.

do livro 'Crepúsculo

Então o leão se apaixonou pelo cordeiro.

do livro 'Crepúsculo

Como a maioria dos sofrimentos, esse começou com uma aparente felicidade.



A menina que roubava livros.

Markus Suzak - A menina que roubava livros

A pergunta é: e quando o outro é muito mais do que um?

Markus Suzak - A menina que roubava livros

"Estou sempre achando seres humanos no que eles têm de melhor e de pior.Vejo sua feiúra e sua beleza.e me pergunto como uma coisa pode ser as duas."

Markus Zusak em A menina que roubava livros

"Se você pudesse viver para sempre, pelo que você viveria?"

Crepúsculo (livro)

A vida só é vida se for vivida e envolvida na vida de outra vida

Livro crepúsculo

“Com um sorriso desses você não precisa de olhos…”

A Menina que Roubava Livros

Você está em cada pensamento que tenho. Não preciso de lembretes. (Bella)

Stephanie Meyer - Livro Crepúsculo

Tire o seu racismo do caminho, que eu quero passar com a minha cor.

Georges Najjar Jr - do livro DESAFORISMOS

Algumas pessoas passam por sua vida, outros a acompanham até que não lhes seja mais possível, outro estão mais perto do que parecem.

A Menina que Roubava Livros

“Amava e odiava seu melhor amigo (...) o que era perfeitamente normal”.

Markus Zusak - A Menina que Roubava Livros

Lamentou acordar. Tudo desaparecia quando ela estava dormindo.

A Menina que Roubava Livros

Duas semanas para mudar o mundo e quatorze dias para destruí-lo.

Markus Suzak - A menina que roubava livros

Ele era o segundo boneco de neve a derreter diante de seus olhos, só que esse era diferente.
Era um paradoxo. Quanto mais frio ficava, mais derretia.

Markus Suzak - A menina que roubava livros

Se ao menos pudesse voltar a ser tão distraída, a sentir tanto amor sem saber.

A menina que roubava livros - Markus Zusak

A menina não o produzia com freqüência, mas, quando ele surgia, seu sorriso era faminto.

Markus Zusak - A Menina que Roubava Livros