Frases de Carlos Drummond de Andrade

Cerca de 288 frases de Carlos Drummond de Andrade

O homem vangloria-se de ter imitado o vôo das aves com uma complicação técnica que elas dispensam.

Carlos Drummond de Andrade

Há livros escritos para evitar espaços vazios na estante.

Carlos Drummond de Andrade

A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede.

Carlos Drummond de Andrade

Há homens e mulheres que fazem do casamento uma oportunidade de adultério.

Carlos Drummond de Andrade

Os homens são como as moedas; devemos tomá-los pelo seu valor, seja qual for o seu cunho.

Carlos Drummond de Andrade

Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira.

Carlos Drummond de Andrade

A educação para o sofrimento evitaria senti-lo com relação a casos que não o merecem.

Carlos Drummond de Andrade

Necessitamos sempre de ambicionar alguma coisa que, alcançada, não nos torna sem ambição.

Carlos Drummond de Andrade

As obras-primas devem ter sido geradas por acaso; a produção voluntária não vai além da mediocridade.

Carlos Drummond de Andrade

Quem gosta de escrever cartas para os jornais não deve ter namorada.

Carlos Drummond de Andrade

Cada geração de computadores desmoraliza as antecedentes e seus criadores.

Carlos Drummond de Andrade

As academias coroam com igual zelo o talento e a ausência dele.

Carlos Drummond de Andrade

Partido político é um agrupamento de cidadãos para defesa abstracta de princípios e elevação concreta de alguns cidadãos.

Carlos Drummond de Andrade

É menor pecado elogiar um mau livro sem o ler, do que depois de o ter lido. Por isso, agradeço imediatamente depois de receber o volume. Não há vida literária plenamente virtuosa.

Carlos Drummond de Andrade

O progresso dá-nos tanta coisa que não nos sobra nada nem para pedir, nem para desejar, nem para jogar fora.

Carlos Drummond de Andrade

- O senhor cultiva
epigramas?
- Não, só a grama do meu jardim.

Carlos Drummond de Andrade

Cem máximas que resumissem a sabedoria universal tornariam dispensáveis os livros.

Carlos Drummond de Andrade

Para a virtude da discrição, ou de modo geral qualquer virtude, aparecer em seu fulgor, é necessário que faltemos à sua prática.

Carlos Drummond de Andrade