Frases de Aluísio de Azevedo

Cerca de 5 frases de Aluísio de Azevedo

Confio nos meus dentes, e esses mesmo me mordem a língua!

Aluísio Azevedo

O professor sempre se impacienta, quando tem de explicar qualquer coisa mais de uma vez; o livro não, o livro exige apenas a boa vontade de quem estuda.

Aluísio Azevedo

A fruta, para ser aproveitável, deve ser colhida de vez!

Aluísio Azevedo

É que seu gênio retraído e seco dava-se maravilhosamente com esses amigos submissos e generosos - os livros; esses faladores discretos, que podemos interromper à vontade e com os quais nos é permitido conversar dias inteiros, sem termos aliás obrigação de dar uma palavra.

Aluísio Azevedo

E o canto daquela guitarra estrangeira era um lamento choroso e dolorido, eram vozes magoadas, mais tristes do que uma oração em alto-mar, quando a tempestade agita as negras asas homicidas, e as gaivotas doidejam assanhadas, cortando a treva com os seus gemidos pressagos, tontas como se estivessem fechadas dentro de uma abóboda de chumbo.

Aluísio Azevedo