Frase de Amigos Loucos

Cerca de 2147 frase de Amigos Loucos

Quero a certeza dos loucos que brilham. Pois se o louco persistir na sua loucura, acabará sábio.

Raul Seixas

Qual é a sua estrada, homem? - a estrada do místico, a estrada do louco, a estrada do arco-íris, a estrada dos peixes, qualquer estrada... Há sempre uma estrada em qualquer lugar, para qualquer pessoa, em qualquer circunstância. Como, onde, por quê?"

Jack Kerouac

Se os comunistas têm razão, então eu sou o louco mais solitário em vida. Se eles estão errados, então não há esperança para o mundo.

Jean-Paul Sartre

Existe um prazer garantido / em ser louco e que apenas os loucos conhecem.

John Dryden

Louco não é o homem que perdeu a razão. Louco é o homem que perdeu tudo menos a razão.

Gilbert Chesterton

Senso de humor é o sentimento que
faz voce rir daquilo que o deixaria
louco de raiva se acontecesse a você.

Barão de Itararé

Depois que você descobre que qualquer um pode ficar louco,
Ficar louco perde o charme.

Tati Bernardi

É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.
É melhor tentar, ainda que em vão que sentar-se, fazendo nada até o final.
Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias frios em casa me esconder.
Prefiro ser feliz embora louco, que em conformidade viver

Martin Luther King

Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança.

William Shakespeare

Eu estava dormindo e me acordaram
E me encontrei, assim, num mundo estranho e louco...
E quando eu começava a compreendê-lo
Um pouco,
Já eram horas de dormir de novo!

Mario Quintana

Nunca ninguém sabe
Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar
Pois o meu verso tem esse quase imperceptível tremor...
A vida é louca, o mundo é triste:
vale a pena matar-se por isso?
Nem por ninguém!
Só se deve morrer de puro amor!

Mario Quintana

A DIFERENÇA
A diferença entre um poeta e um louco é que o poeta
sabe que é louco... Porque a poesia é uma loucura lúcida.

Mario Quintana

Como ciumento sofro quatro vezes: por ser excluído, por ser agressivo, por ser doido e por ser vulgar.

Roland Barthes