Michele Porsche: As pessoas pedem que eu cresça, vire...

As pessoas pedem que eu cresça, vire mulher. A verdade é que talvez eu ainda seja apenas uma menina... Não por medo de crescer, mas por que esta sou eu realmente. A mulher que troca o salto alto pelas sapatilhas, o vestido curto pela saia rodada, o batom vermelho pelo cor de rosa. A mulher do cabelo bagunçado, das pulseiras coloridas e do lacinho no cabelo. A mulher do quarto cor de rosa, que ainda guarda seus ursinhos e que mentém os sonhos de menina. Que ainda guarda seus diários. Que passa horas no seu quarto, trancada, sonhando. As pessoas não entendem que esta sou eu, a menina-mulher ou a mulher-menina. E que cada pedido para que eu cresça são em vão, eu nunca vou crescer, vou ser sempre está. A menina meiga, insegura, sonhadora e misteriosa. A mulher com ares de menina. E mesmo que mulher eu vire, vou ser sempre, por dentro, está menina.

Michele Porsche