Mary Cholmondeley: Como aliviar a dor do que não foi...

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...

Mary Cholmondeley

Nota: Tradução livre e adaptada de trecho da novelista inglesa Mary Cholmondeley: Link Algumas fontes também o atribuem, de forma errônea, a Carlos Drummond de Andrade.