Ops! O pensamento foi removido e não pode ser encontrado no Pensador.

Outros pensamentos que podem interessar:

Você foi um erro sim,mas talvez tenha sido o melhor erro que já cometi na vida !

Hindiara Tavares

Existem dois tipos de erros: os de essência e os de percurso. Os de percurso podem acontecer até com alguma freqüência e produzir estragos significativos vez por outra, mas sua característica é a de ser percebido na fonte em algum momento, e abrir espaço para a necessária reparação. Erros de percurso enriquecem no momento em que se apresentam como referenciais de crescimento, além de oportunidades para resgate de marcos de partida, já que não são inerentes a quem os produz e suas seqüelas sempre se mostrarão reversíveis. Já os de essência não possuem esse potencial de transformação, repetindo-se de forma sistemática e perene, uma vez que integram a estrutura de seu produtor. Enquanto que os primeiros podem se transformar em maravilhosas oportunidades de recomeços maiores, a única forma de nos protegermos destes últimos é pelo distanciamento de sua fonte de origem. Tal atitude, em vez de se mostrar como capitulação diante de um desafio – ou de derrota frente à resistência para chegar-se à vitória – requer que seja vista como a mais inteligente das posturas por sua característica de empreitada inútil e sem a mínima chance de dar margem a avanços.

Luiz Roberto Bodstein

é fácil jogar a culpa no outro
difícil é reconhecer que errou.
é fácil virar as costas e ir embora
difícil é ser deixado pra trás
é fácil desistir e sair
difícil é ficar e lutar

Ana paulino