Abigail Fernandes: Reflexões de uma mulher que chega aos...

Reflexões de uma mulher que chega aos 30 anos:

- Amar é muito bom, mas ser amada é melhor ainda
- Os pais não são eternos e a constatação disso, é dolorido demais
- Amigos verdadeiros são poucos, os falsos, muitos
- A vida é muito curta e quando se pensa demais, a oportunidade já foi, e o tempo não volta
- Já errei muito e errarei outras tantas, mas sempre terei a humildade de admitir e pedir perdão

Hoje chego a conclusão que Deus nos colocou no mundo dotados do maior poder do mundo: o da escolha. Eu escolhi ser assim: apaixonada, passional, teimosa, decidida, muita vezes mandona, certa de meu desejos e vontades. Se esse é o modo correto, sinceramente não sei, mas não consigo ser diferente. Aprendi muito, as vezes pelo amor, as vezes pela dor, mas tudo em resultado das minhas escolhas.

Já vivi demais, já ri demais, já chorei demais, já senti a dor de perder minha mãe e não poder fazer nada, e a dor da impotência, é terrível.

Para os próximos 30 anos não desejo nada que o dinheiro possa comprar, quero apenas ser feliz ao lado da minha família, amigos verdadeiros e do homem que amo e escolhi para ter ao meu lado.

A ele dedico todo meu amor, carinho, agradecimento pelos momentos de felicidade, risadas, união, cumplicidade e acima de tudo compreensão e perdão.

E que venha os 40, 50, 60, 70, 80, 90, 100....(ahhhh, também sou otimista..rs)

Abigail Fernandes
Postar no Facebook