Memórias de uma gueixa: A dor é uma coisa muito esquisita; ficam...

A dor é uma coisa muito esquisita; ficamos desamparados diante dela. É como uma janela que simplesmente se abre conforme seu próprio capricho. O aposento fica frio, e nada podemos fazer senão tremer. Mas abre-se menos cada vez, e menos ainda. E um dia nos espantamos porque ela se foi.

Memórias de uma gueixa
Postar no Facebook