Honoré de Balzac: O ódio, tal como o amor, alimenta-se...

O ódio, tal como o amor, alimenta-se com as menores coisas, tudo lhe cai bem. Assim como a pessoa amada não pode fazer nenhum mal, a pessoa odiada não pode fazer nenhum bem.

Honoré de Balzac
Pensamento