Honoré de Balzac: Na vida de um homem não há dois momentos...

Na vida de um homem não há dois momentos de prazer parecidos, tal como não há duas folhas na mesma árvore exatamente iguais.

Honoré de Balzac
Postar no Facebook