Ops! O pensamento foi removido e não pode ser encontrado no Pensador.
Veja outros pensamentos do mesmo autor: Renata Bezerra.

Outros pensamentos que podem interessar:

A verdade é que eu não sei ser feliz. E sou orgulhosa e teimosa e impaciente demais para aprender.

Renata Bezerra

Viverei enquanto tiver três coisas: paixão, perguntas e respostas insatisfatórias.

Renata Bezerra

Ser mãe, muito além de aprender a amar, é aprender a conhecer-se. É interessar-se mais pelo mundo e pelas outras pessoas. É descobrir nas coisas comuns a beleza que a vista cansada já não enxerga. É experimentar o novo, é repensar o antigo, é abrir-se. Ser mãe é rejuvenescer. É transcender. Ser mãe é sensibilizar-se e, ao mesmo tempo, fortalecer-se. É trocar olhos comuns por lentes de aumento. Ser mãe é aprender a chorar e a ser forte. Chorar de saudade, de alegria, de medo, de preocupação, de remorso e de orgulho. Ser mãe é derramar lágrimas pelo mundo que deixaremos para nossos filhos e pelos filhos que nem nossos são.

Renata Bezerra

E a cada passo solitário que um filho dá, a mãe aprende que amar não é incentivar a dependência. Amar é sentir orgulho e alegria por aquela pessoa, tão nossa, estar conseguindo caminhar por conta própria. Nem que estes mesmos passos levem o objeto de nosso amor para longe de nós.

Renata Bezerra