Final de tarde

Cerca de 195 frases e pensamentos: Final de tarde

Fim da tarde, aquele frio no estômago,
Aquele sorriso do nada,
Sei que já irei vê-lo.
Fico muito lisonjeada.

Meu sentimento apaixonado...
O meu amor na minha frente .
Olho em seus olhos
Que me reflete alegremente.

Aquele abraço deleitoso
Onde o mundo para de girar...
Flutuamos livremente
E daí sabemos que o “amor está no ar”.

Ah... Querido, que contato afável.
Defronto-me com o sossego de minh’alma.
Quero isso por muitos anos. Dizer-te que te amo,
Ficarmos na paz e dissimular na tua calma

Samanta Bernardi

Ao fim da tarde, quando o sol está se pondo, poucas pessoas param e observam o tanto que o mundo tem a nos oferecer, sem nos cobrar nada, e ainda reclamamos. O ser humano muitas vezes é mesquinho, é egoísta. Pensa muito mais nele. Pensa no que possui e no que quer possuir. Torna-se obsessivo, e assim, começa a atropelar os outros em busca do que almeja. A sorte da humanidade é que ainda habitam neste mundo, pessoas que com um simples gesto se enchem de alegria e esperança. Não precisam de um carro do ano ou uma passagem para a Europa. Uma tarde no parque observando o próprio pôr do sol já faz uma enorme diferença para elas. O mais simples se torna tão importante quanto à ostentação da maioria dos homens. O problema, é que ainda assim, o valor dado as pequenas coisas é um sentimento presente em uma parcela ínfima da população mundial, e talvez seja por isso que ainda exista tanta miséria em nosso planeta. Por isso, olhe o pôr do sol, sinta o vento, observe a chuva cair, não fique só esperando por presentes e bens materiais, pois a sua própria vida e o que ela lhe oferece, já é o maior de todos os presentes.

Jakson Trindade

Felicidade é um fim de tarde olhando o mar, e a gravidade não te impedi de voar !

Forfun

Um girassol no fim de tarde,
uma menina que corre com o cabelo ao vento,
o sol que se despede no horizonte,
cheiro de eucalipto no ar...
Tudo é poesia no ocaso.

Rosicarmen Xavier

A cada fim de tarde o céu ganha novo tom
mistura de cores, mistura de pensamentos
Entre todos ,um só se delineia com clareza
a esperança de também contemplar um novo amanhecer.

edite lima

O PLANETA QUE GIRA

"Êis o fim de tarde,aproxima-se a noite
novos minutos por vim,
novas horas ha se confeccinar
O planeta gira,novos dias por vir
quem verá o fim dos tempos?
certamente não seremos nós!
O planeta gira,os mortos giram,a vida gira,gira
nascem novos mortos no planeta que gira
esperamos novos dias enquanto estamos aqui
êis o fim de tarde,este fim de tarde esse fim da vida
morrem os homens,nascem novos homens
no nosso planeta que gira...

S.jean da bela vista e abraham

Você me completa como uma contínua brisa em um fim de tarde agradável em plenitude.
Significativo é o sentimento dotado por você que relaciona meu coração como o seu porto seguro.
Meus olhos descansam em você transcendendo desejos e instintos coadjuvantes que te transformam em rainha do meu castelo.

julioaukay

Estava com ela em um parque , em um fim de tarde. O vento gelado nos tocava , me fazendo tremer , estavamos sentados , abraçados , olhando para o chao , quando vimos vagalumes voando e piscando , depois a lua apareceu grande e brilhante , tudo escureceu e no final estava ali você e eu.

Gabriel F

Sonhei contigo de novo, sonhei que estávamos em uma praia, em um fim de tarde, sentados numa rocha, abraçado, você rindo das minhas piadas e ficava olhando com teus olhos e parecia que a cada minuto brilhava cada vez mais, eles brilhavam mais que o brilho da lua ou das estrelas, você sorria pra mim, eu ficava totalmente perdido, eu ficava relembrando a cada momento contigo, não parecia apenas um sonho, mas realidade, eu e você, como queria que tudo aquilo fosse eterno, meu coração acelerava, cada toque eu dava na sua pele você estremecia, e ficava arrepiada, era engraçado é que você gostava, levantamos e fomos para beira do mar e eu te peguei no colo e fui andando ate o fim do oceano nadando e te segurando e eu dizia que não era pra você ter medo e você me falava que se estivesse comigo não tinha medo de nada porque sabia que eu sempre taria ali para de salvar, eu era o guerreiro que iria ta ali para a guerra que tiver, e eu sempre iria ta para poder guarda um coração, porque não poderia acontecer nada de pior, a não ser que acabe me apaixonando loucamente por você, eu darei um jeito para que esse sonho nunca acabe.

Gabriel F

Seu draminha de fim de tarde, as longas conversas de madrugada. Sua imitações incríveis, seu lábio inferior que me lembra o quanto eu queria e quero.
Não te amo mais. Quero-te. Isso já me basta.
Já satisfaz. Já diminui.
Dói.
Ilumina. Me derruba, me intriga.
Sim, eu tenho um amor,dos grandes, daqueles que vão e voltam.
Dos que não soltam, não me envorgonho, aliás admito:
NÃO sou correspondida. E amo. A ordem não importa.
Nós nunca vamos nos unir, não mais.
Alívio.

Nathália Calih

Eu penso em ti, contemplando a aurora,
No fim de tarde, a toda hora eu penso em ti,
Caminhando à margem do rio, sinto um profundo vazio,
E sozinho em meu caminho, eu penso em ti.

Em penso em ti, com a cabeça ao travesseiro,
No trabalho, o tempo inteiro, eu penso em ti,
Quando ouço uma canção, você invade meu coração,
E entre lembranças e esperanças, eu penso em ti.

Eu penso em ti, numa roda de amigos,
Recordando fatos antigos, eu penso em ti,
Foragido noutros braços, beijando outras bocas,
Dançando com alguém, por mal ou por bem,
Eu penso em ti.

Quisera aprender a te esquecer, ou pelo menos pensar
Que você não existe, mas a saudade insiste...
E novamente eu penso em ti.

Eu penso em ti, quando não quero pensar,
Confesso que muitas vezes dá raiva de lembrar,
Mas... Eu penso em ti,
O que é que eu vou fazer?
Eu penso em ti,
Eu penso em ti
Porque não dá pra te esquecer.

Wellyngthon Marques

Ah, se pudéssemos reter o silêncio do fim da tarde, com o sol se derramando sobre a copa das árvores, se pudéssemos absorver a doçura, a magia, a segurança desse momento único! E experimentar um pouco da paz pela qual tanto anseia.

Browyn Williams - modificado

Terá um fim quem sabe

No fim da tarde nem a janela eu abri
Queria ficar quietinha dentro de mim
Aproveitar que não tinha lugar pra ir
Aproveitar pra lembrar daquilo que gosto
Daquilo que me faz sorrir
Das frases que me tocam
Pra apreciar o silencio confortavel da rua
e daqui de dentro
A lentidão das horas
O vento parado
O sol escondido
A vontade de não fazer nada nem por vontade
De parar e ouvir o que ninguem diz
o que ninguem quer ouvir....

Quelubia Coelho

Estranho. Poderia definir aquele por do sol de fim de tarde em tons alaranjados e avermelhados no céu, como maravilhosamente estranho. As pessoas passeavam felizes em frente ao por do sol, provocando sombras passageiras no chão. Essa felicidade era estranhamente aconchegante, fazia meu coração duplicar de tamanho provocando dores confortáveis e intimas. Meus olhos estavam hipnotizados pelos sorrisos excitantes e pelas feições sutis daquelas pessoas alegres. Seus risos pareciam deliciosas musicas que entravam em meus ouvidos caminhando por dentro de mim e entorpecendo meus pensamentos. Poderia haver diversas coisas no mundo que nos fariam desistir de tudo aquilo que acreditamos e defendemos, haveria pessoas que nos negariam a mão quando precisássemos, haveria muitos sorrisos falsos e palavras enganosas. Os caminhos são tortuosos e cheios de obstáculos, mas, a vida não seria completa sem riscos. Talvez por isso, a bailarina, mesmo ao ver seus dedos criarem bolhas e sentindo o desejo desesperado de parar no meio da musica, nunca para de dar seu

Natália Maria de Lira Cardoso

Conclusões de fim de tarde


O silencio aumenta e percepção do próprio espaço e do espaço dos outros
Nos torna mais humanos, mais sensíveis,
Nos induz a nos enxergarmos no outro e nos colocarmos no lugar do outro,
Nos ensina a sermos menos egoísta.

As coisas são como são, as pessoas também
Não se pode ter tudo o que se quer ainda que se possa moldar os seus desejos e suas conquistas.
Sentir-se e sentir o outro resume tudo.

O cuidado com o outro e mostrado com atitudes corporais
Conscientes ou inconscientes em pequenos,
e sutis gestos.

"Amar o próximo como a ti mesmo"
Colocar amor em tudo que se faz,
O amor movimenta o mundo.

Força divina dada de graça, mas de difícil compreensão.
Á confundimos com insegurança, com medo,
Com coisas mal resolvidas, com frustrações.
E aos poucos nossa visão que era tão imaculada,
Torna-se egoísta e ditadora.

As couraças passam a dominar nosso viver e nos acostumamos com elas,
Depois de um tempo elas nem nos incomodam mais
Mas isso não significa que elas sumiram,
apenas que não as encaramos.
No acomodamos a te-las ali,
e como os mendigos na rua não nos causam mais muitas reações.

Saiamos de nossas couraças,
nos libertemos de nossas amarras,
porque fomos nós mesmos que as criamos.

Para isso é preciso percepção de si mesmo e dos outros,
para não fazermos com o que fizeram conosco
para termos forças pra dizer não as frustrações.

Ame! Ame! Ame!
Ame tudo o que fizer!
De amor incondicional as pessoas que te cercam.

Perceba-se!
Sinta-se!
Coloque-se no outro lado!

Seja humano de verdade!

Os excessos mascaram os contrastes.
Quem muito sente não se entrega.
Quem nunca se entrega, já esta entregue só não mostra.

O equilibrio esta em entender cada encaixe que a vida dá,
Em sentir como se fosse ou outro,
Em perceber seu espaço, o do outros, e sabe-los utilizar com equidade.

Amemos incondicionalmente.

Heloise Facchini

Você devia ter feito alguma coisa para me ter. Ou me deter.
É fim de tarde.
E, você sabe, eu te amava.

no name

Todo dia o sol levanta e a gente canta
Ao sol de todo dia

Fim da tarde a terra cora e a gente chora
Porque finda a tarde

Quando a noite a lua mansa e a gente dança
Venerando a noite

Madrugada, céu de estrelas e a gente dorme
sonhando com elas.

Desconhecido

Vai ver felicidade é isso: Um fim de tarde deitado na grama, sorrisos brotando, timbres distintos, talentos musicados, um violão.
Vai ver amar é isso: É querer bem, estar de bem com o corpo, alma e o coração.
É a simplicidade do sorriso que nasce com o desprender de um balão, que em formato de estrela foi tomar o seu lugar.
É ter os pés descalços na grama ainda molhada do sereno, absorvendo a energia da terra.
Plantando jardim de flores, cata- ventos, sorrisos, olhares, cravos e amores.
Sentir a brisa no rosto como o sopro de uma fada, sem lágrimas, sem nada. Apenas gotas das bolhas de sabão.
É como se o corpo pairasse no ar, bailasse com o embalo do vento e com pincéis na mão, colorisse aleatoriamente o céu com todas as cores, formando um elo. Azul em plano de fundo, verde, branco e amarelo.
É fazer parte de um conto em meio a uma selva de pedras. Criar uma redoma de vidro ao redor do momento, tendo como única regra da porta pra dentro: Cativar.
Lugar onde todo mal e abrangentes não têm permissão para entrar.
E assim segue a canção como tema da tarde ou da vida, por onde quer que você vá: Cative! E se deixe cativar.
"...Pra viver e pra ver não é preciso muito. Atenção a lição está em cada gesto. Está no mar, está no ar, no brilho dos NOSSOS OLHOS..."

Vai ver felicidade e amor não fazem parte do verbo ter.
A questão é ser.
Vai ver eu já era e não sabia.

Tabata Costa

FIM DO DIA
(Fábio André Malko)

Um eu estraçalhado das batalhas
Se joga no sofá ao fim da tarde
Na TV, os insultos dos canalhas
Um cálice de vinho vai acalmar-te

As lutas do dia foram intensas
E pensar que nesse mundo lá fora
Pessoas viveram amáveis ou violentas
Lutando pelo sustento a toda hora

Só hoje, quantas pessoas nasceram?
E morreram? Talvez injustamente
Quantos pais em vão pereceram
Buscando o pão da prole falante

Esse mundo é mesmo muito ingrato
Cobra em suor e preocupações
O olhos, às vezes, refletem o retrato
De quem ficou seco, sem paixões

O dia encerra-se com nostalgia
Renovando pra amanhã as esperanças
Pois quem delas não sente a magia
Não terá forças nas novas andanças

Fábio André Malko