Faxina

Cerca de 91 frases e pensamentos: Faxina

Hoje resolvi fazer uma faxina:

Vou varrer do meu pensamento tudo que há de ruim...
Vou limpar do meu coração toda mágoa, medo, rancor, tristeza...
Vou mandar para bem longe do meu corpo, toda preguiça...
Vou vasculhar e tirar da minha memória tudo que me faz sofrer...
Vou tomar um banho de boas energias, me perfumar com a brisa do mar,
e me arrumar com as vestes da esperança!
E só assim, começarei o meu dia!

Deka Rissi

Às vezes dá uma vontade danada de fazer uma faxina no coração e jogar tudo o que está fora de ordem no lixo e em seguida colocar uma placa com os dizeres:
“HÁ VAGAS. Alugam-se quartos para pessoas ‘de valor’ e que já tenham sofrido por amor e que não tenham medo de amar.
VALOR: Coragem, Humildade e Caráter”

Jailson F. de Oliveira

Quando pareço estar com preguiça, é impressão sua!
Estou fazendo uma grande faxina em mim...

Aglaê Estrela

Ei menina, não faça dessa dor sua inquilina,
no coração, uma faxina, e convida a alegria a te habitar.

Mychele Magalhães Velloso

Um Dia Me Dei Conta De Que, Para Continuar Crescendo, Era Urgente Iniciar Uma Faxina Dentro De Mim.
Eu Precisava De Mais Espaço Aqui Dentro E, No Entanto, Havia Muitas Lembranças Inúteis E Indesejáveis Ocupando O Lugar Da Alegria E Dos Sonhos.
Um Canto Estava Abarrotado De Ilusões, Papéis De Presente Que Nunca Usei, Algumas Mágoas, Risos Contidos E Livros Que Nunca Li.
Espalhados Por Todos Os Lados Haviam Projetos De Vida Abortados E Decepções.
Abri O Armário E Joguei Tudo No Chão.
Foram Caindo: Desejos Reprimidos, Olhares De Crítica, Palavras Arrependidas, Restos De Paixão E Ressentimentos Estúpidos.
Mas Haviam Coisas Importantes No Meio De Tudo: Um Brilho De Esperança, O Amor Maduro, Algumas Boas Gargalhadas, Momentos De Ternura E Paz, Desafios E Bastante Amizade.
Não Havia Dúvida, Bastava Jogar No Lixo Tudo Que Não Servia Mais Para Que Eu Continuasse Crescendo.
E Depois, Tratei De Varrer Todas As Recordações Empoeiradas, Passei Um Pano Nos Ideais, Pendurei Os Sentimentos Nobres Na Paredes Mais Claras,
Guardei Nas Gavetas Todas As Boas Lembranças, Perfumei A Criatividade E Abri A Porta Para Que O Meu Espaço Fosse Invadido Por Algo Que Estava Faltando Para O Meu Crescimento Pessoal:
"……A CAPACIDADE DE RECOMEÇAR……"

Autoria Luciano Luppi

Decidi fazer uma faxina no coração todos os dias. Estou cheia de disposição. E Deus está comigo.

Jussara Devita

Renovando a alma, fazendo uma faxina interna para não esquecer de respirar bons ventos do presente.

Jônatas Medeiros

Hoje é dia de faxina, pegue todos os seus medos , problemas, ansiedade, sofrimentos, tudo aquilo que te impede de ser FELIZ e jogue na lata de lixo.

Vanessa Pimentel

Eu conversava com uma senhora que passou toda sua vida fazendo faxina nas casas dos outros e com o dinheiro que conseguia ganhar, resolveu bancar os estudos do seu filho até ao nível superior, o esforço valeu, hoje ela dá palestras sobre criação de filhos, tem tudo do bom e do melhor, pois seu filho tem um excelente emprego e não deixa que nada falte à sua mãe.

Gil Nunes

E agora fica a sujeira de um término, mas eu estou com uma preguiça de fazer faxina, me renovar, talvez eu varra apenas pra baixo do tapete, e aí fica tudo bem.

Reynaldo Araújo

Hoje eu fiz uma faxina grande aqui em casa.
... Ah mas amanhã, amanhã meu bem...
...A faxina é na minha vida!!!

Ana Paula Haagensen

Reeducar-se envolve aprender a se alimentar adequadamente, mas também é fazer uma faxina psicológica... Só mudamos comportamento quando alteramos algo em nossa mente, por isso que muitos emagrecem, mas não mantém a perda de peso a longo prazo, porque apenas restringiram a alimentação e não alteraram nada interiormente

Carla Presutti

Estou fazendo faxina no meu coração jogando fora amores antigos namoros desfeitos promessas quebradas porque afinal de contas coisas velhas e usadas só servem mesmo pra ocupar espaço.

Júh Britto

Limpeza


Nada melhor que uma faxina para clarear a cabeça e a alma

Sissi Aida Breda

*** Dia de Faxina ***

Estava precisando fazer uma faxina em mim...
e fiz: abrindo o armário.
Assim como jogar alguns pensamentos
indesejados fora, lavar algumas essências
que andam meio que enferrujadas,
pois já não brilhavam.



Tirei do fundo das gavetas lembranças
que não uso e não quero mais.
Joguei fora alguns sonhos, algumas ilusões.
Papéis de presente que nunca usei,
sorrisos que nunca darei,
joguei fora a raiva e o rancor
das flores murchas que estavam
dentro de um livro que não li.

Olhei para meus sorrisos futuros
e minhas alegrias pretendidas,
e as coloquei num cantinho ,
bem arrumadinhas.
Fiquei sem paciência,
tirei tudo de dentro do armário
e fui jogando no chão:
paixões escondidas,
desejos reprimidos,
palavras horríveis que nunca queria ter dito,
mágoas de um amigo,
lembranças de um dia triste,
mas havia lá, outras coisas e belas!!!
Um passarinho cantando na minha janela...
aquela lua cor de prata que vi na praia,
o por do sol nas montanhas...
Fui me encantando e me distraindo;
olhando para cada uma daquelas lembranças.
Sentei no chão, para poder fazer minhas escolhas.
Joguei direto no saco de lixo
os restos de um amor que me magoou.
Peguei as palavras de raiva e de dor
que estavam na prateleira de cima,
pois quase não as uso,
também joguei fora no mesmo instante!
Outras coisas que ainda me magoam,
coloquei num canto para depois
ver o que faria com elas.
Se as esquecia lá mesmo
ou se mandava para o lixão.

Rosy Beltrão

"Só vou me sentir em paz quando terminar a faxina! Aí sim!" Isso é Felicidade Mundana. Eu me lembro da Monja Coen contando de uma vez que ela recebeu uma nova monja no mosteiro, e ela perguntou a nova colega: "O que a fez se tornar monja?" e ela respondeu "Vê-la limpando o chão. Nunca vi alguém tão feliz por estar limpando o chão.". Nós estabelecemos que só nos sentiremos felizes quando terminarmos a faxina, mas você é capaz de estar feliz enquanto faz a faxina?

Monja Coen

Não deixe suas panelas brilharem mais do que você!!!!
Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério!
Pense que a camada de pó vai proteger a madeira que está por baixo dela!
Uma casa só vai virar um lar quando você for capaz de escrever “Eu te amo” sobre os móveis!
Antigamente eu gastava no mínimo 8 horas por semana para manter tudo bem limpo, caso “alguém aparecesse para visitar” – mas depois descobri que ninguém passa “por acaso” para visitar – todos estão muito ocupados passeando, se divertindo e aproveitando a vida!
E agora, se alguém aparecer de repente?
Não tenho que explicar a situação da minha casa a ninguém…
…as pessoas não estão interessadas em saber o que eu fiquei fazendo o dia todo enquanto elas passeavam, se divertiam e aproveitavam a vida…
Caso você ainda não tenha percebido: A VIDA É CURTA… APROVEITE-A!!!

Tire o pó… se precisar…

Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta, dar um passeio ou visitar um amigo, assar um bolo e lamber a colher suja de massa, plantar e regar umas sementinhas?
Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR !

Tire o pó… se precisar…

Mas você não terá muito tempo livre…
Para beber champanhe, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas, brincar com os cachorros, ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!!

Tire o pó… se precisar…

Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente….
- Pense bem, este dia não voltará jamais!!!

Tire o pó… se precisar…

mas não se esqueça que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora…
E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!!
Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha, mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou.

AFINAL:

“Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida.”

Autor desconhecido

Hoje senti uma vontade de fazer aquela faxina na nossa casa e ficar bem ''do lar'' mesmo. Arrumar todas as palavras e deixar todas as reticências bem limpas, tudo naquele zelo de dona de casa caprichosa. Deixar o ar com cheiro de gostosura e o amor com gosto de delícia. Tudo no fogo alto e com todas as bocas bem acesas. Fogão do bom, que faz comida da boa e saudade que sempre sai do ponto. Vida de princesa que nada, o negócio é arregaçar a manga, deixar várias palavras bem quentinhas prontas e com aquela mesa posta que só a sua mulher sabe fazer. Não vejo a hora de ver o sol pra preparar seu desjejum. Vou bater essa saudade na velocidade 4 com iogurte de felicidade. Pão de mel com geléia de tranquidade, será que fica muito doce? Ah, mas sem você por perto, minhas palavras perdem um pouco a noção e ficam nessa meladeira toda. Suco de esperança, suco de oba-oba da vida e mais outro suco de paixão lasciva. Torradas cheias de dignidade e bolachas no pote de porradas. Café a olho nu e pegando fogo na cara do freguês. Religiosamente esse ritual é sagrado. Minha palavra interage com sua frase e formamos textos e textos e mais textos de puro amor, puro. Se existe uma coisa que me faz ganhar o dia, é arrancar bem na marra, um sorriso seu.

Rebeca

-

Rebeca - Néctar da Flor

Não é hora de fazer uma faxina?
Estava precisando fazer uma faxina em mim...Jogar alguns pensamentos indesejados fora, lavar alguns tesouros que andavam meio que enferrujados...Então tirei do fundo das gavetas lembranças que não uso e não quero mais!
Joguei fora alguns sonhos, algumas ilusões... Papéis de presente que nunca usei, sorrisos que nunca dei; joguei fora a raiva e o rancor das flores murchas que estavam dentro de um livro que nunca li.
Olhei para os meus sorrisos futuros e minhas alegrias pretendidas.. e as coloquei num cantinho, bem arrumadinhas.Fiquei sem paciência!...Tirei tudo de dentro do armário e fui jogando no chão: paixões escondidas, desejos reprimidos, palavras horríveis que nunca queria ter dito, mágoas de um amigo, lembranças de um dia triste...Mas lá também havia outras coisas... e belas!!! Fui me encantando e me distraindo, olhando para cada uma daquelas lembranças. Um passarinho cantando na minha janela...aquela lua cor de prata, o pôr do sol ...Sentei no chão, para poder fazer minhas escolhas. Joguei direto no saco de lixo os restos de um amor que me magoou. Outras coisas que ainda me magoam, coloquei num canto para depois ver o que farei com elas, se as esqueço lá mesmo ou se as envio para o lixão. Peguei as palavras de raiva e de dor que estavam na prateleira de cima, pois quase não as uso, e também joguei fora no mesmo instante! Aí, fui naquele cantinho, naquela gaveta que a gente guarda tudo o que é mais importante: o amor, a alegria, os sorrisos, um dedinho de fé para os momentos que mais precisamos... Como foi bom relembrar tudo aquilo!!! Recolhi com carinho o amor encontrado, dobrei direitinho os desejos, coloquei perfume na esperança, passei um paninho na prateleira das minhas metas, deixei-as à mostra, para não perdê-las de vista. Coloquei nas prateleiras de baixo algumas lembranças da infância, na gaveta de cima as da minha juventude e, pendurado bem à minha frente, coloquei a minha capacidade de amar... e principalmente de RECOMEÇAR...

Priscila Laene

Vassoura, balde e aspirador de pó. Hoje é dia de faxina na minha Casa Coração.
De hoje em diante não meço mais as palavras...

Escancaro as portas do meu íntimo e varro para fora tudo aquilo e aqueles que me consomem...

Dentro dessa minha casa chamada Coração, arrasto todos meus amores de lugar ... Precisam mudar de posição...

Tiro o pó das minhas amizades e algumas delas ainda deixo sobre a estante... Outras vão pra caixa e serão cuidadosamente e carinhosamente guardadas no armário do meu porão...

Tiro as cortinas das janelas do meu olhar... Quero ondas de luz inundando meu ambiente pensador dia e noite...

E o tapete vermelho que havia na entrada vai permanecer por lá... Mas pela porta da frente só entram dois seres: Deus e eu.

Vivian Pomeranzi