Favela

Cerca de 172 frases e pensamentos: Favela

Viver na favela é um verdadeiro exercício Práxis-Dialético, porém não ocorre superação da contradição para uma síntese, já que a superação faz parte do cotidiano, esta introjetado no inconsciente, aceitamos como normal. A contradição se naturalizou. E continuarmos no estado que estamos. Continuamos na favela.

Leonardo Silva

Ser pobre não ser miserável, assim como quem mora em favela não é bandido...

Julio Aukay

A cidade não esconde mais sua miséria
O sol que esquenta o centro também está na favela
Há muitos sonhos e alguns perdidos nesse momento
O povo grita, chora ou apenas fica em silêncio

Mauro Rocha

Esses cabelos ridículos de uns jogadores de futebol aí é pra não esquecer as raízes da favela que nasceram? Eu hein...

Viviane S. Jorge

Hoje tô aqui(favela/comunidade), amanhã posso tá lá(tendo tudo que o mundo me oferece)... Mas cê já parou pra perceber que ainda é o mesmo lugar? (Terra/Vida) Para mim não muda nada..."A humildade é essência da vida."

Guilherme Silva Rocha

Eu sou favela mesmo, com muito orgulho e vou chegar aonde meus pensamentos se movimentam, onde meu cérebro sonha estar, tá ligado?! Enquanto estiver vivo, eu vou fazer acontecer! Ideias sem fim...!

Guilherme Silva Rocha

Eu já vi motorista não parar para a molecadinha do bem da favela, deficientes e até mulher grávida tio. Fico puto! Como pode?! Mais amor, por favor!

Guilherme Silva Rocha

Você olha pra criança de chinelo suja na favela e vê nele um traficante.Como um conjunto de pessoas sem dinheiro se quer para uma alimentação adequada,pode abastecer drogas e armas milionárias que são vendidas nas favelas do brasil? o verdadeiro traficante está pedindo seu voto nessa eleição,ele que fala em segurança pública,ele quem abasteci as armas daqui,que muitas vezes é de uso exclusivo das forças armadas,ou segurança pública do estado.

Marginalizados

Quem nasce na favela é visto como bandido

Causa e Efeito
Mv Bill

Marginalizados

Agradeço muito a Deus por ter nascido e sido criado na Favela, quebrada, comunidade ou periferia que seja, como querem chamar... E meu sonho é ir pro mundão e um dia poder voltar e fazer algo, algum projeto aqui bacana, alguma área de lazer, de estudo, cursos, facul e tals.

Guilherme Silva Rocha

Olhe aonde a polícia bate e mata mais se é em um bairro nobre ou em uma favela...
Olhe aonde está a pobreza e a riqueza...
Olhe aonde predomina a raça Branca e a raça Negra...
Olhe aonde as pessoas estudam mais...
Olhe aonde vivem melhor...
Olhem pra tudo que esta na nossa volta...
Pense e tire as suas conclusões porque as minhas eu já tirei...

Anderson Meditation

Sou um ignorante da cidade ou até um sábio selvagem da favela, mas que nunca quis retirar de ninguém o que não me pertence;

Julio Aukay

um mc bom e do naipe boldo de favela, pode ta longe que mesmo assim nego vai da um jeito de ir conferir.

Insanidade Lírica

Bandido Bom é Bandido morto, Mais só um funciona com a favela e não com aquele que sonega imposto!

Du-Rock

No cômodo de um Castelo , ao barraco de uma favela , no coração do Comunista ou Republicano ,de General á um simples sentinela, guardara a mensagem que com a ``PAZ´´ a vida é Bela , Obrigado saudoso amigo ! Obrigado Nelson Mandela !

Gerson Basilio da Silva Hum Humilde Poeta

O passado condena ?
Tente dar compreenção disso ao um pobre franzino menino da favela que ja nasce com a vida condenada a uma luta chamda sobreviver.

Keller Viera

Há mais perigos na terra de ninguém
em que a web se transformou do que numa esquina
de favela depois da meia noite

Jovol

Só existe drogas na favela, porque os playboys sobem o morro para comprar, enquanto a classe desfavorável se marginaliza nos jardins supensos da babilônia criminal, os ricos se escondem através de leis que favorecem quem tem dinheiro. A marginalização é um fator histórico, cuja mentira da abolição é distorcida pela história, a escravidão social ainda impera em nosso país de maravilhas.

Karina Nogueira

Favela ooooo.... favela que (NÃO) me viu nascer... ♪

Viviane S. Jorge

Tem poesia na moça da cidade e na moça da favela
Num clássico de Beethoven e num samba da Portela
No sangue que corre pelas veias dos valentes generais
E no sangue que escorre das tão cheias notícias de jornais
Tem poesia em uma criança que nasce e em seu comemorativo porre
Em uma pessoa que esvai-se e lentamente morre
No operário que luta pelo seu pão
No pobre salafrário que acaba na prisão
Nas águas que inundam o sul e se esquecem do sertão
Nos batuques, nas cachaças que rolam pelos botequins
Nos preconceitos sem graça dos cabelos pixains
É poeta quem aprecia e solta
Não fica mudo
Quem vê a poesia
Em todos e em tudo

Frederico Amitrano