Favela

Cerca de 158 frases e pensamentos: Favela

Viver na favela é um verdadeiro exercício Práxis-Dialético, porém não ocorre superação da contradição para uma síntese, já que a superação faz parte do cotidiano, esta introjetado no inconsciente, aceitamos como normal. A contradição se naturalizou. E continuarmos no estado que estamos. Continuamos na favela.

Leonardo Silva

Ser pobre não ser miserável, assim como quem mora em favela não é bandido...

Julio Aukay

Há mais perigos na terra de ninguém
em que a web se transformou do que numa esquina
de favela depois da meia noite

Jovol

Só existe drogas na favela, porque os playboys sobem o morro para comprar, enquanto a classe desfavorável se marginaliza nos jardins supensos da babilônia criminal, os ricos se escondem através de leis que favorecem quem tem dinheiro. A marginalização é um fator histórico, cuja mentira da abolição é distorcida pela história, a escravidão social ainda impera em nosso país de maravilhas.

Karina Nogueira

Bandido Bom é Bandido morto, Mais só um funciona com a favela e não com aquele que sonega imposto!

Du-Rock

Vozes do subúrbio em esquina, sem saída que intensifica o medo no mesmo suingue da favela;
Em mesa de vidro tem a mistura de raças e crenças que em pensamentos positivos vence o impossível;
Se é bom ou ruim ou se tem procedimento do lado de fora não importa, mas se há esperança minha paz é garantida;

Julio Aukay

Imagina se a gente cagasse memo dinheiro,nas favela ia morar os ressecado e ganhar na loteria seria ter uma diarréia,eu memo ia tá rico!!

Luh The Smirilator

A burrice é algo que nem a escola tira do aluno, é como tirar o pobre da favela, por que nada adiante se afavela continua no pobre.

Luiz Henrique Ribeiro

Pior que morar em uma FAVELA é morar na NOBREZA e ter a alma FAVELADA . Cheia de EGO frequentando os melhores bares , as melhores baladas para que os outros pensem que é o supra-sumo . Mas por dentro é sempre aquele JOIO , ou seja o falso TRIGO IMITADOR , querendo ser o que não é e parecer ser o que nunca vai ser .

Ana Karpinski

Do pormenor da favela
Entrei e saí, preparado para morrer
Neste país, país, Brasil, tu és país pra viver?
Pena dos pobres, será?
É país que se diz de todos, mas só aos poucos ele dá
Nunca vi nação coberta de estrela e de corjão
Mas agora me enerva o novo tipo de patrão
Há pouco um industrial, ontem era rodízio
Hoje é o PT e a sua corja de político
Merecia é estar em um rolo compressor
Os vermelhos bolcheviques
Se fazem de oprimido
São na verdade opressor
Se fazem de amigo
E roubam com muito amor!
Se é possível confiar
Eu quero, vou questionar
Chega aqui, mano!
Tu acha que eu estou confiando
Em um governo tão barato
Que nem se pode acreditar?
Deixa de ser otário
Vem aqui, meu mano, que saco
E tá por baixo o salário
O que tu acha que vão dar?
Sai falando que é o outro
Sai dizendo que é o Fernando
A culpa é nossa, oh brasileiro!
Eles roubam, tão amando.
A culpa é nossa, brasileiro!
Que nessa corja está votando.

Loyhan F. Torres

A simplicidade da vida torna as pessoas mais humilde e repeitada na sua favela.

Geovane Souza

eu fico aqui cantando na favela porque eu não sou covarde eu mato e morro por ela.....



Mc Otavio sp - Pra Que Copa Do mundo

Mc Otavio SP

favela tá triste com o acontecido sua mãe chorando falando voltar meu filho e o bonde não acredita no que aconteceu esteja aí no ceu diante de Deus......


Mc Otavio Sp - Homenagem

Mc Otavio SP

Quando vê dinheiro se revela, sai pra lá tu envergonha a favela.

jessycoutinho

Melanina Carioca

Minha cor é de canela
Meu palácio é na favela
E meu cheiro é de Brasil
Minha luz é de estrela
Vidigal é o meu país.

Minha voz é afinada
Minha dança ritmada
O meu hino é de amor.
Sou cantor, sou professor

Sou aluno e aprendiz
Sou do povo, gente simples
Vidigal é o meu país.

Sou o verso, o estribilho,
Sou o brilho
Sou o fuso e sou a roca
Sou melanina carioca.

Sou a pena, sou o giz
E Vidigal é o meu país.
Sou o bicho, sou a toca.
Sou melanina carioca.

Sou a derme, a epiderme.
Sou o olho, sou a boca.
Sou melanina carioca.

Eleni Mariana de Menezes

Simplesmente

Ao adentrar à singela favela notei que nela havia alegria, as crianças sorriam, os jovens tagarelavam em demasia numa tarde fria... Pensei, afinal do que sorriam. Então vislumbrei que caia a fixa pela qual há muito não me apercebia ser um ser tão frágil e pobre diante de gente de índole nobre. Voltei o meu pensamento ao real e pude entender um pouco, apenas um pouco de que a vida ali não influía, tampouco, fluía sobre àquela matéria fria tomada de alegria quente de singela gente. Aí conclui que a felicidade encontra-se na simplicidade de um brinquedo qualquer, dependendo do olhar de sabedoria do pobre mortal a qual ria da própria ironia do belo malmequer o qual ao final do dia arrefecia e noutro fenecia ao capricho da natureza real.

Ali entendi que tudo o que possuía; somente me pertencia por um laivo de momento e que tudo deixaria ao meu orgulhoso tormento.

Como sou pobre, meu Deus!

jbcampos

jbcampos

Sou favela porque precariamente vou vivendo em riscos e balas mais a vida segui, mas deus mim colocou nessa vida porque ele sabe o aspecto dela em cada trilhos e caminho onde passo .

Geovane Souza

A vida é como se fosse um cabo de guerra e o pão de cada dia é o cabo disputado na favela

R3

Dandara menina humilde que veio da favela,menina bonita q sonha em viver um conto de Cinderela.
A menina cresceu,pras dificuldades disse adeus.
Menina q hoje é moça,tem carro,casa e empregada,mas ainda curte lavar a louça.
Nos seus ela se aprofundou e hoje um ótimo futuro ela herdou
menina trabalhadora que não precisou usar uma metralhadora,para vencer na vida usou dos conhecimentos dos livros e dos professores e estudou pra ser doutora

J P