Expressão Corporal

Cerca de 18 frases e pensamentos: Expressão Corporal

Gosto de expressão facial, corporal, cor de olho, cheiro, tom de conversa.

Fernanda Magalhães

Quando falar com alguém olhe nos olhos da pessoa. Muitas
respostas da expressão corporal estão ali.

Fagner Gouveia

A alegria é a expressão corporal
de um estado de espírito,
de uma atitude mental saudável,
animada, entusiasmada, otimista...

Miral Pereira dos santos

O brilho nos olhos, o próprio tom de voz, a expressão corporal ou os seus interesses denunciam onde está o teu coração.

Ester Correia

A capoeira é uma atividade de livre expressão corporal, de forma que o vibrar de um aço comanda os planos do corpo e da mente. A evolução deve sempre existir, porém de forma lógica e moderada, enquanto a tradição deve ser preservada de forma hereditária, para que a verdadeira capoeira não perca, e sua essência, se tornando apenas folclore”.

Sandro Capoeira

É no silêncio que eu me faço verdadeiramente presente, expressões são insuficientes para a quantidade de energia de uma alma que mal cabe no próprio corpo.

[25/05/2014]

Sâmara Santana Câmara

Olhos...
Os olhos,
são a expressão da alma
que deixa uma janela aberta
para visitar o corpo
e deixá-lo saber
que sempre
poderá entrar
quando desejar silenciar
e aquietar o coração.
by/erotildes vittória

Erotildes Vittoria

Seus olhos não são apenas membros do seu corpo para você enxergar, em conjunto com sua expressão facial eles revelam os seus sentimentos.

Maicon Herverton

Não só o olhar, é possível afirmar que o corpo também fala. Como os gestos, a expressão facial, a postura corporal, a entonação da voz. o olhar é capaz de transmitir diversas mensagens que o corpo com naturalidade assimila.

Mestre Arievlis

O corpo humano é a tela mais perfeita para perpetuar a mais antiga e sagrada expressão artística, o tatoon.

Miral Pereira dos santos

Capturei a Sua Essência

Nos meus olhos,
a expressão do seu amor!
No meu corpo,
as marcas dos seus toques.
Na minh’alma…
capturei a sua essência.
Me aprisionei ao seu amor.
Agora busco caminhos,
para de novo te encontrar!
Pois é você quem eu quero.
É você que preciso amar!

Dayse Sene

Expressão dos movimentos

O seu corpo desabafa nos movimentos, expressão divina e natural ao mesmo tempo... quantidade e qualidade andando juntas na mesma direção...!

O seu corpo busca falar nos movimentos, expressão artística mesmo contra o vento... análise de cada fase desse ser lindo em separado, atuação digna dos seus membros...!

O seu corpo admite se entregar as emoções dos movimentos, expressão involuntária, mas real como o cheiro suave das rosas...!

O seu corpo escreve sua trajetória nos movimentos, expressão de entendimento, aquarela que preenche os seus sentimentos...!

O seu corpo quando quer governa os movimentos, processo evolutivo na tentativa da mente permanecer aberta as paixões e as inovações...!

O seu corpo cresce nos movimentos sem a complexidade da vida, exaurida por uma ação cansada e sem medida...!

O seu corpo na tentativa de permanecer jovem e disposto se mistura as emoções dos movimentos da dança...!

O seu corpo se oferece como um sistema aberto para se reestruturar e se adaptar, nos movimentos espontâneos do dois pra lá e dois pra cá...!

O meio ambiente possui flutuações de acordo com as suas complexidades, assim é o seu corpo nas flutuações internas que podem trazer instabilidade aos seus movimentos...!

O crescimento expoente dos movimentos exacerbados faz de você um ser extravagante, mas essa expansão determina o ser que você realmente é...!

Mas jamais esqueça de que a maturação dos movimentos sincroniza e intensifica as inovações, algo muito importante para o crescimento do corpo em questão...!

E não se esqueça de que o clímax é uma ação dos movimentos superpostos pelo ambiente cheio de doçura e instigante... assim o seu corpo chamará toda atenção para ele... assim você expressará com ternura o seu amor... assim tudo será diferente...!

Pois a expressão dos movimentos do seu corpo através das mais variadas emoções e possibilidades, lhe fará rejuvenescer.

Djalma CMF

BELEZA EM TELA

Na mais sublime beleza a expressão que o teu corpo descreve,
Meus olhos devoram e em silêncio escreve,
Na pura ânsia do bem querer, claro e manifesto,
Ardente como fogo o meu desejo inconteste.
Teu gesto é um castigo, veneno sedutor,
Que me oferece.
Morreria, eu, na paixão do teu furor,
Embora seja a vida que meu amor conhece.

Ver-te através dos teus olhos
É desatino ao coração.
Posto que o carnal desejo inflame
A alma cativa envolta em sangue.
Cantarei contente o que a visão encerra
Na leda arte de ilusória tela.

AHSantos

Qualquer forma de expressão, sendo esta transmitida pela fala ou pelo corpo, deve ser valorizada. Diga sim a liberdade de expressão, ainda que nem sempre seja respeitada.

Joice Soares

-Entenda meu corpo
meu olhar
minha expressão

Me ajude a procurar
a encontrar
buscar me entender

Sozinho é foda
sem você é foda
Freud explique isso

Entenda guria
tu não me entende
eu não me entendo

Mas tentando nós podemos me encontrar
em algumas destas esquinas
nas voltas que essa vida dá

A ondas que vem do mar
do mar que me dirijo
mareado por estar longe
longe desse mar onde nunca estive.

-Esqueça meu corpo
meu olhar
minha expressão

Desista de sua busca
não vais me encontrar
muito menos entender

A solidão é o paraíso
sem alguém do meu lado
Freud te explique isto

Entendas por favor
Tu não me entendes
eu não me entendo

Se continuares nada vai encontrar
a não ser tua própria solidão
acompanhando-te pelas curvas desta vida

As ondas que vem do mar
do mar onde estive surfando
tu viste? Estou mareada disto
longe deste mar eu não sinto o cheiro do sal.

-Mal vejo seu corpo
nossos olhares não se cruzam
tua expressão é fria

Me ajude a encontrar-te
sei que estás aqui
vamos nos entender

Contigo é bom
poderíamos nos dar bem
Freud que se foda

Entenda guria
é você que me entende
me faça entender-me

Eu tento, mas não lembro dos nossos encontros
nos encontramos as vezes, não?
nessas distorções de lucidez que a vida tem

As ondas que trazem estes fragmentos
do mar que me dirijo
mareado por estar longe
longe desse mar onde nunca estive.

-Entendo teu corpo
teu olhar
e qualquer expressão

Não te ajudo a procurar-me
pois sofri para nascer
sofri para poder entender

Contigo estou
sempre estivemos juntos
apenas evito o contato direto

Sozinhos nos entendemos
contigo é sempre bom
não precisamos de Freud

Entenda guri
tenho terríveis defeitos
que desconheço

Mas tentando podemos tentar sair ganhando
pelos destinos que se cruzam a gente costura
na volta olhamos de cima

As ondas que vão à praia
vão com fragmentos daquilo que jogamos aqui de cima
mareados por estarmos em paz
longe da praia onde sempre estivemos.

Crislambrecht Sabrina Isabela