Exagerada

Cerca de 90 frases e pensamentos: Exagerada

"Exagerada toda a vida: minhas paixões são ardentes; minhas dores de cotovelo, de querer morrer; louca do tipo desvairada; briguenta de tô de mal pra sempre; durmo treze horas seguidas; meus amigos são semi-irmãos; meus amores são sempre eternos e meus dramas, mexicanos."

Clarice Lispector

A intenção de um pecado revela-se por uma prudência exagerada.

Jean Paul

Ter em si próprio uma confiança exagerada é um excelente treino intelectual.

Tristan Bernard

Se a tua aspiração é fraca, não basta, mas se é exagerada, trarar-te-à demasiados sofrimentos.

Textos Budistas

Aturar minha mente confusa, minha memória irritante, minha sinceridade exagerada.

Tati Bernardi

Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada. Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase? Confesso: eu não consigo. Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama. E eu vou... Com o coração na mochila, o lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou... Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora. Existe aí algum remedinho para não-sentir? Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento? Quer saber? Existe. Existe e eu preciso. Preciso e não quero.

Fernanda Mello

"Eu já fiquei apaixonado. É doloroso e sem sentido e as pessoas dão uma importância exagerada para isso."

The Vampire Diaries

Ela é a garota única. Sonha sem tirar os pés do chão. Exagerada na medida certa. Perfeccionista, sem acreditar na perfeição. Ela machuca. Ela ilude. Ela não acredita no amor.
Como uma criança ela quer alcançar as estrelas e levar a lua de brinde, quer reinar no sol e rolar nas nuvens . Ela pode ter a mente pura ¿', mas não é nenhuma ingênua. Ela tem coisas que dinheiro nenhum compra. Ela viveu coisas que você nem imagina. Ela teve experiências que você nunca poderá ter. Ela é várias canções. Ela nunca é a mesma. Ela sempre ouvirá e quase sempre vai esquecer. Ela lembra fatos e não rostos. Ela é como um pássaro que não vive sem sua liberdade. Ela nunca vai dizer que te ama ao menos que você mereça. Ela é um livro aberto que esqueceram de ler. Não pode ser comprada, simplesmente conquistada...
Você nunca saberá de seus passos se procurar entende-la. Certas coisas na vida não tem explicação...

Karoline Genova

Exagerada toda a vida: minhas paixões são ardentes; minhas dores de cotovelo, de querer morrer; louca do tipo desvairada; briguenta de tô de mal pra sempre; durmo treze horas seguidas; meus amigos são semi-irmãos; meus amores são sempre eternos e meus dramas, mexicanos!

Desconhecido

O romantismo:
O romantismo é um produto do cristianismo.
Religiosidade exagerada, veneração fantástica às mulheres
e valentia cavalheiresca, portanto Deus, a dama e a espada
são os símbolos daquilo que é romântico.

Arthur Schopenhauer

"Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada. Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase? Confesso: eu não consigo. Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama. E eu vou... Com o coração na mochila, o lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou... Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora. Existe aí algum remedinho para não-sentir? Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento? Quer saber? Existe.
Existe e eu preciso. Preciso e não quero.''

Fernanda Mello

"Sou impulsiva, dramática, exagerada, mas vivo com intensidade. Tenho paixão pelas coisas. E pelas pessoas. Sou movida pelo que sinto, pelo que vem de dentro, pelo meu coração. A razão? Que se exploda! Posso me dar mal, mas prefiro agir com o que vem lá do fundinho."

Clarissa Corrêa

Exagerada
(em tudo, ou quase tudo),
mas acima de tudo,
intensa.
Por vezes,
é na solidão que eu me encontro.
E é na noite
que as sensações
(imaginadas ou reais)
brotam livremente.

Suzanne Leal

É na alegria exagerada que eu encontro forças para superar a tristeza mais profunda.

Douglas Michell

Minha dor, em nada, é mais digna que a sua. Mesmo assim a sua é sempre mais exagerada e a minha é sempre mais triste.

Kléber Novartes

É que sou assim mesmo, um tanto quanto exagerada. Choro, desabo, me acabo, morro; mas quando passa, até me pego achando graça de tudo isso.

Thiara Macedo

Eu não tenho travas na língua. Sempre fui tão impulsiva, tão exagerada, tão sincera. Desde que fosse a verdade do que sinto, nunca me envergonhei de dizer nada do que se passa aqui dentro, do que eu penso.
E, mesmo sendo tão cruel, tão injusta, tão desumana; ainda continuou amando sozinho.
Isso foi nobre. Mais nobre do que as verdades que eu disse, do que as vezes que insiste com fé ou sem fé nenhuma. Foi mais nobre do que todas as vezes que eu te procurei querendo conversar.
Eu te olhei sem querer olhar, sem querer dizer que eu andei errado, de novo; e que seus conselhos estavam certos. Que você fez até onde pode e, depois, me entregou pra alguma coisa que nunca existiu.
E foi bom te olhar e descobrir que eu ainda encontrava o conforto, o abrigo que eu sempre tive. O amigo, acima de tudo, que sempre me viu como eu realmente sou, e nem por isso deixou de me amar.
Que não se importou com todas as verdades que eu te disse, que eu sei que te machucaram. Mas ficou ali, calado, me ouvindo, rindo de mim por ser tão boba, tão sonhadora e tão sincera.
Perguntando se ainda compro flores, se ainda olho a lua e se eu notei que ultimamente uma estrela tem brilhado mais que todas as outras.
Sabe quando você implora que alguma coisa aqui dentro te faça amar esse alguém como nunca antes?
Que você o ame como ele merece, que possa retribuir todo esse amor consentido?
Mas, eu não consigo. E foi lindo ouvir você dizer que também me entendia por eu não conseguir te amar como devia.
É exatamente por isso que eu continuo. Eu posso perder algumas pessoas, mas, eu sempre ganho uma que me surpreende, às vezes nem ganho, ela já está ali do meu lado, só esperando ser notada.
Obrigada por ter ido atrás de mim, por pedir pra eu te olhar, sem medo, como sempre fiz.
Obrigada pelo suco que eu não queria, por me ouvir, por querer saber de cada detalhe, e por parecer tão certo do que sempre sentiu.
Eu te admiro e te respeito, e te amo, de alguma forma, mas amo.
Amo pelo tempo que me conhece, que se dedica, que se importa, que se preocupa, que cuida, que liga, que me atura, que me entende, que me olha, que me ouve, que me toca, que me abraça, que cala, que fala, que sente, que dedica tanto da sua amizade, do seu amor.
Obrigada por amar sem pedir nada em troca.
Uma hora ou outra a gente sempre é amado como merece... Que alguém te ame e cuide de você como você merece.
Eu, aqui, trancada dentro de mim há dias, continuo sem a esperança de ser um dia tão nobre como você.
É confuso demais, suspeito demais, exagerado.
Não seria a minha vida se não fosse assim, não é verdade?
Não seria eu se não tivesse um bocadinho de drama.
Buenas... Vem o vento e muda tudo de lugar. Um dia eu vou dizer que ISSO É BOM.
Por enquanto, ainda estou meio perdida com a bagunça que o vento fez aqui em casa, também terei que me acostumar com a antiga situação, eu nem lembrava mais como era.
Bom... Que as coisas boas voltem, e que essa coisa seca aqui fique por pouco tempo. Sinto cheiro de bons ventos no ar :) E isso é bom, de novo.
A luz volta a brilhar de manhã e você sabe que eu estou esperando você sorrir, sempre. Todos os dias tem pôr-do-sol e eu não pretendo ir tão cedo...!

Mayara Freire

-Eu sei que as vezes eu sou exagerada,que as vezes faço drama,minto,sorrio sem motivo,sou sarcástica,confundo as pessoas da cabeça aos pés,mas esse é meu jeito,eu tenho uma estrutura que suporta as piores tempestades,eu sei que muitas vezes fui fraca,que agi sem pensar,que chorei por coisas sem a mínima importância e deixei as lágrimas escondidas quando os momentos exigiam de mim tudo que eu tinha por dentro..Mas eu não me conheço,eu não sei do que sou capaz,não sei até onde posso ir por você,eu não sei porque ,eu simplesmente não sei quem eu sou..

Diana Santana C.

“Sou intensa, exagerada, atrevida, curiosa, doce, ácida, livre, solta, tenho milhões de reticências, gosto de pessoas não-acabadas e não quero ser rotulada.”

Fernanda Mello

"Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática.
Menos intensa.
Menos exagerada.
Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não tropeçar em mim mesmo. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase?
Confesso: Eu não consigo. Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama."

Desconhecido