Duelo

Cerca de 36 frases e pensamentos: Duelo

" A verdade é um duelo de percepções.As pessoas só enxergam o que podem enfrentar.Não importa o que você vê...Mas sim o que você enxerga.Quando diferentes percepções duelam entre si ...A verdade tem um jeito de se perder...E os monstros..Encontram um jeito de sair."

Revenge

A verdade é um duelo de percepções em que as pessoas só exergam o que podem enfrentar. Não importa o que você vê, mas sim o que você enxerga.

(Emily Thorne)

Revenge

O corpo e suas emoções brigando com a razão e suas verdades lúcidas. Esse é um duelo que não desejo a ninguém.

Fernanda Magalhães

O grandão

Ficamos frente a frente como num duelo, ele ali enorme, colossal e omnipotente e eu tão pequenina.

Ele parecia muito mais zangado do que eu pensava, ia e vinha em secções de ondas violentas que faziam um barulho ensurdecedor.

No entanto, dentro de mim uma paz, sentia nos meus pés o granulado da areia, o vento a bater na minha face trazendo o doce aroma da maresia.

Eu e ele, o Grandão, finalmente tinha chegado a hora.

Abri os meus olhos, e com toda a minha sabedoria de gente pequena o fitei com olhos de desafio.

"Eu não tenho medo de você" Disse baixinho, era verdade não tinha medo.

Ele pareceu ficar ainda mais zangado.

E foi então que eu corri, as minhas pernas pequenas tornaram-se gigantes, os meus braços viraram asas, eu voava e os meus pés estavam no chão.

Foi então que os nossos corpos se fundiram, eu e ele, éramos um só, ele abraçou-me, pegou-me nos seus braços e me levou ao céu.

Todo ele estava em mim, como sempre estivera, sentia o seu calor na minha pele, e sorria, me perdi de amores pela sua imensidão azul.

"É Grandão, agora somos só nos dois..."

Eu e o Mar... Somos feitos do mesmo elemento.

Não lembro exactamente a idade que tinha nesta altura, mas lembro de cada pormenor daquele momento, o momento que eu e o meu Grandão começamos a caminhar com o mesmo passo.

E mesmo quando estou na selva de pedra, escuto o bater das tuas ondas e é feita a melodia.

Carolline Souza

Duelo



À carne expectante
anuncio o meu corpo
em trovoada de sentidos
Há dores
cheiros
gemidos
na tua terra queimada

Na promessa de redenção
crestam-se os lábios
E as chagas

É tempo amor
Sangra-me a sede mais feroz
e mistura a tua noite
ao meu veneno

Edgardo Xavier

Um homem de verdade é quem luta consigo mesmo e após esse duelo, levanta a cabeça em respeito a sua batalha.

Ruisdael Marques

“Que o duelo em mim, venha aflorar minha apetite osgásmica do sentir-me plena; mesmo que muitas vezes me sinta vazia.”

—By Coelhinha

(Abnizia) By Coelhinha

Afago o meu beijo
de esgrima da tua boca de mel salgada
sussurros de um duelo feito em silêncio
corpo de seda, quente, ardente
onde afago a minha dor, o meu lamento
pranto da minha alma, paixão de fogo
inexplicado, sentimento de lágrimas soltas .!!

MariaIsabelMoraisRF

Descendentes de Macunaíma

Duelo das Armas
Duelo das artes
Desunião por ambas as partes
Ir contra quem não era pra ir
Na poesia do povo que não fala

O que eu te entrego
Não é a verdade
São possibilidades de infelicidade
De situações da nova idade
Da humanidade de amanhã
O mais novo dos seus dois irmãos
Que morreu pela fé na utopia

A construção de heróis sem caráter
Na capa de revistas da classe operária
Nas aspirações do Estado Novo
O professor na elite do povo
Cuspindo em minha cara
Um latim bem vulgar

Giovanny Xavier

DUELO DE TITANS

POR QUE TU Ó MORTE!
VIVE A RONDAR MINHA VIDA?
SERÁ QUE SABES...
NÃO TER EU, MEDO DE TI!

ENTÃO TU,
MORTE SEM GRAÇA!
FICA AOS POUCOS,
A MATAR-ME AQUI.

JÁ TENTOU TIRAR DE MIM, A INFÂNCIA,
NA ADOLESCÊNCIA QUERIA EU PARA TI!
E AGORA, ABRIU AS PORTAS DAS DORES...
SÓ DESGRAÇAS, TU TRAZES PRA MIM?

POIS ENTÃO MINHA CARA, EU TE DIGO.
É DIFÍCIL, LEVAR-ME DAQUI!
FICA TU A TENTAR ME MATAR!
E EU DAQUI NÃO QUERENDO ME IR!

FECHO A PORTA ESCURA DA MORTE.
E PRA VIDA CONTINUO A SORRIR!
SEI QUE NO FIM, SE FARÁS VENCEDORA!
MAS ESTÁ LONGE ESTA LUTA TER FIM .

ARLETE KLENS

Desordem completa,

O caos interno
Se refletiu no externo
Promoveu o duelo
Entre rabiscos e versos

A alma que chora
Já não sabe a hora
Que toda essa bagunça
Vai encontrar seu lugar

As palavras se confundem
Ao se encontrar, se unem
Criando a poesia
Em meio ao incôndito ambiente

No fim do túnel me encontro
Sinto-me um louco em calmaria
O último verso escrito e ponto
O caos é o mal que me traz alegria

Otávio L. Azevedo.

O mais duelo é tentar dizer a verdade e quem nos ouve não se importar nem acreditar...isso é duelo...

Abdul Daniel Trato

Corinthians e Palmeiras é mais do que um clássico, é um duelo de titãs.

Marcelo Figueiredo

DUELO

"AMOR X ÓDIO
Quatro x quatro letras.
Empatados! "

Denair Inês Guzon

A juventude trava um duelo constante com a maturidade, com toda soberba ela fala que é cobiçada até por quem já chegou à maturidade. Só que ela esquece que os maiores sonhos são realizados no momento de maturidade, pois quando jovens as pessoas normalmente fazem o mau uso dos seus talentos e às vezes o seu próprio corpo paga caro por isso. Portanto, esteja atento com a empolgação da sua juventude e reflita mais com a compreensão da maturidade.

Djalma CMF

Dialogar e diferente de duelar, dialogar e tentar entender o outro.. não confunda dialogo com duelo!

Paulo Batista dos Santos

Enriquecendo o vocabulário: DUELO:
Ato de duelar. É uma disputa em combate de confronto entre duas pessoas, motivadas, em geral, por desagrado à honra, desavenças individuais, familiares, em facções ou grupais, e outros tipos de confronto de cunho fortemente emocional, tais práticas são de e em geral, somente de cunho fortemente emocional.

P.s: Isso deve significar que eu mexo com o psicológico alheio?!

Camila Bill

Duelo proibido

Desde o início eu fugia deste consenso humano burro e somítico. Nunca me interessei pela escola, pelas religiões, e pelas pessoas certinhas. Eu, assim como Bukowski, via em mim mesmo como a melhor forma de entretenimento para compor, me inspirar, e com sorte, me enlouquecer diante deste mundo vil.

Eu era um adolescente rebelde, uma criança com demônios. Hoje, sou um adulto sem sonhos, não vejo sentido algum em alguém querer se submeter por algo que sequer faz parte de nossa realidade. Seria como acreditar num Deus morto, ou como escrever sem fortificar a conduta do seu âmago.

Eu não sei o que sou, nem o que vou fazer. Tudo que sei é que nunca me trai; escrevo para idolatrar meus fracassos e amar minhas cortinas repletas de paixão. Eu sou a voz obscura que morre todo dia, eu sou meu poema dilacerado por um céu. E sou a poesia em forma de vento, eu sou o poema que não se escreve num papel.

Meus textos são vidas linhas de poesias,
no luzidio que infinita, meus acordes de papéis.
Suas linhas malditas são traços fracos sem dias,
noites infinitas, por três infernos de céus.

danielmuzitano

O DUELO DA ALMA


É difícil engolir seco.

É doloroso calar a voz de alguns instintos.

Mas o que para muitos é loucura eu dou o nome de sensatez.

Eu me permito renunciar para crescer.

Me redimir para evoluir.

Sou, ansiosa sim.

Mas minha ansiedade é minha.

Não deve ser despejada em ninguém.

Não estou privada de sentir instantes momentaneos de raiva.

Mas me recordo, sempre ela é minha e como ela posso fazer o que quiser.

Posso gritar, bater, xingar.

Mas posso simplesmente transformá-la em outros sentimentos.

Pois se parar para pensar:

Se a amizade pode se transformar em amor.

A trsiteza em felicidade.

Porque não fazer da raiva, um dos degraus mais altos para a sabedoria?

O ódio, a íra, a raiva podemos muitas vezes enxergar como testes.

Testes de paciência, tolerância, equilibro e o maior e mais complexo de todos. O perdão.

Não o perdão da boca para fora, estou falando do perdoar de alma.

Mas, a única maneira de conseguir de verdade´perdoar alguém que te fez ou te faz mal.

É sendo superior a ele, e revidando com o bem.

Ser grande, não é ser forte.

Ser grande é ser sábio.

Mas não estou falando da sabedoria adquirida em livros, faculdades.

Me refiro a sabedoria do espirito.

Tudo aqui é tão breve.

E muitas vezes quando nos damos conta tudo passou.

É ingenuidade pensar que tudo termina quando a vida aqui se finda.

É absurdo ignorar a existência de Deus.

Mas apenas crer não é suficiente.

Precisamos de algo para um dia entrar num reino onde hoje não podemos enxergar pelos olhos da matéria.

Algo que escutamos desde crianças.

Algo que é pronunciado sempre.

Mas poucos conseguem desvendar seus segredos e verdadeiramente conhecer sua essência.

Ele é o dom do amor.


1 Coríntios 13

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.


Rê Pinheiro

Rê Pinheiro