Diálogo entre Amigas

Cerca de 800 frases e pensamentos: Diálogo entre Amigas

O beijo é uma forma de diálogo.

George Sand

Não vela a pena pressionar quem não está disposto ao diálogo. (O Futuro da Humanidade)

Augusto Cury

As opiniões não são verdades, pois não resistem ao diálogo crítico.

Sócrates

Por enquanto há diálogo contigo. Depois será monólogo. Depois o silêncio. Sei que haverá uma ordem.

Clarice Lispector

"Amigas morrem de rir, mesmo em velórios. Debocham, liberam, recordam, comentam, confessam, perdoam, comungam e exorcizam fantasmas com 1 litro de vinho branco. Duas amigas e uma tarde livre é o paraíso. Não ficam olhando para o relógio como eu e essa estranha." [Divã]

Martha Medeiros

Amiga.s2

Minha amiga indecisa
lida com coisas semifusas
usando confusas
mesmo as exatas
medusas se transmudam
em musas.

Paulo Leminski

Pacey : Como você faz isso?
Audrey: Isso o que?
Pacey: Você sorri e o mundo inteiro se ilumina!

diálogo do seriado Dawson's Creek

Sócrates: Você precisa abandonar vícios.
Dan: Fala um vicio que eu tenho!
Sócrates: Falar. Principalmente interromper e achar que sabe tudo, quando não sabe nada.

diálogo - Poder além da vida

Dan: Sócrates estou um pouco apressado, você pode não demorar?
Sócrates: Tudo bem.
E joga Dan no lago. Dan sai furioso:
Dan: Ei! Estou falando com você! Qual o seu problema hein?
Sócrates: Você estava com pressa.
Dan: Por isso me empurro na ponte?
Sócrates: Eu esvaziei sua mente.
Dan: Você o que?
Sócrates: Eu a esvaziei.
Dan: Não esvaziou não! Você me jogou no rio.
Sócrates: E no que você pensou enquanto caia?
Dan: Não sei!
Sócrates: Estava pensando na escola?
Dan: Não!
Sócrates: Nas compras?
Dan: Não!
Sócrates: Onde estava indo?
Dan: Não...
Sócrates: Estava 100% dedicado à experiência que estava tendo. Tem até uma palavra para isso: Ahhhhhh!!!!
Dan: Você é maluco sabia?
Sócrates: É preciso praticar a vida toda.

diálogo - Poder além da vida

Audrey : É claro que ele quer te ver.
Joey : O que te faz dizer isso?
Audrey : Porque você é linda e não sabe disso. Porque você é inteligente e não acredita nisso. Você é um tipo de garota que os caras nunca conseguem esquecer. Joey, você é o tipo de garota com quem as outras garotas se comparam.

diálogo do seriado Dawson's Creek

Serena: Preciso saber porque você me ama.
Dan: Porque eu amo (...) Porque gosto quando me interrompe, o que a propósito, é frequente. Te amo porque não se desculpa por ser exatamente quem é. Linda, inteligente, incrivelmente sexy.
Serena: Agora está me deixando envergonhada.
Dan: Essa é outra razão. Não tem noção do seu efeito em mim. Também não tem noção de que ri como uma criança de 4 anos. Desse jeito. E te amo porque pode estar com alguém como eu, e ainda ser melhor amiga de alguém como a Blair.
Serena: Bem, tentei ser.
Dan: Sei que tentou, mas não é fácil. Mas nunca desistiu dela. Isso é o quanto você é incrivel.
Serena: Você é incrível também por conseguir dizer isso tudo. Simplesmente é. E eu te amo, mas tenho que ir.
Dan: O que é dessa vez?
Serena: Uma das muitas razões porque você me ama.

Gossip Girl - Diálogo entre Serena e Dan

"- No que você está pensando? - ele perguntou curiosamente.
Eu olhei pra os seus profundos olhos dourados, fiquei abobalhada e, como sempre, soltei toda a verdade.
- Eu estou tentando descobrir o que você é."

Stephenie Meyer Crepúsculo diálogo entre Bella e Edward cap 5

O diálogo que leva ao amor dá a cada um a vontade de se arriscar, não surge da sedução e do charme, mas da coragem de se apresentar por nossas falhas, feridas e perdas.

Contardo Calligaris

Breve diálogo entre o teólogo brasileiro Leonardo Boff e Dalai Lama. Leonardo Boff explica: No invervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz ente os povos, na qual ambos participávamos, eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico, lhe perguntei em meu inglês capenga: -"Santidade, qual é a melhor religião?" Esperava que ele dissesse: "É o budismo tibetano" ou "São as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo." O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos - o que me desconcertou um pouco, por que eu sabia da malícia contida na pergunta - e afirmou:- "A melhor religião é a que mais se aproxima de Deus. É aquela que te faz melhor. "Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar: - "O que me faz melhor?" Respondeu ele: - "Aquilo que te faz mais compassivo ( e ai senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta), aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mas responsável...A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião..."Calei, maravilhado, e até os dias de hoje estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável.

Clesio de Luca

"-Por que você não segue seu coração?
- Porque ele quebrou!"

4 Amigas e um Jeans Viajante 2

Há quem diga que mulheres, quando são amigas, ficam insuportáveis, porque concordam sempre uma com a outra e não se DESGRUDAM. Há quem diga que as mulheres são falsas e fofoqueiras A VERDADE é que é muito BOM ter AMIGAS Aquela pra quem você CONTA ABSOLUTAMENTE TUDO, e sente que foi entendida. Aquela que te dá BRONCAS e manda você PARAR de gostar daquele menino que SÓ te fez MAL. Aquela que ABRAÇOU em silêncio e sentiu você CHORAR,Aquela que ouve quando você está APAIXONADA e passa HORAS falando do MESMO assunto, Aquela que parece sua mãe, e VIVE pra te dar CONSELHO. Aquela que te deu o CONSELHO CERTO, que você NÃO OUVIU! Aquela que presenciou o MAIOR MICO, SEGURA SEU BRAÇO quando você TROPEÇA, Aquela que IRRITA, mas que você NAO IMAGINA vida SEM ela. Aquela que defende você de tudo e de todos. E tem também AS MELHORES AMIGAS, aquelas, que são SIMPLESMENTE aquelas!

Desconhecido

FELIZ NATAL AMIGA!
Que este dia e muitos outros sejam muito especiais.
Tenha um próspero Ano Novo e um ano repleto de alegria,amor,paz e tudo o que você desejar e que seus sonhos se realizem...e lembre-se que nada é impossível e sim tudo é possivel.
Sabe por que eu acredito que nada é impossível?
Por que eu encontrei uma amiga que nunca ninguém encontrou e nem encontrará igual a você.
Você é única!!!Feliz Natal e um próspero Ano Novo.
Feliz 2008!!!

Bárbara Galera

Velhas amigas

Minha avó tinha uma inimiga ferrenha chamada Marina. Elas se mudaram para casas próximas na pequena cidade onde tinham ido viver. Não sei quem começou a guerra, pois foi muito antes de eu nascer, e não sei se quando nasci, uns quarenta anos depois, elas mesmas se lembravam de quem havia começado. Mas o duro combate continuava, com amargas batalhas. Era uma contenda travada sem um pingo de educação. Era uma guerra entre senhoras, o que representava guerra total. Nada na cidade escapou das conseqüências. A igreja de quatrocentos anos quase desabou quando a vovó e a senhora Marina travaram a batalha pela presidência de uma Sociedade local. Vovó ganhou este combate, mas foi uma vitória sem valor, pois a senhora Marina derrotada, demitiu-se da Sociedade num acesso de pura raiva. E qual é a graça de você dirigir alguma coisa se não puder humilhar sua inimiga mortal? A senhora Marina venceu a batalha da Biblioteca Pública, conseguindo que sua sobrinha Fernanda fosse indicada bibliotecária no lugar de minha tia Amanda. No dia em que Fernanda tomou posse, vovó parou de apanhar livros na biblioteca, dizendo que estavam "cheios de germes", e começou a comprar os livros que queria ler. A batalha da Escola Secundária terminou empatada. O diretor conseguiu um emprego melhor e saiu antes que a senhora Marina o tirasse de lá ou vovó conseguisse mantê-lo lá para sempre. Além dessas batalhas mais sérias, aconteciam constantes ataques e recuos na linha de tiro. Quando éramos crianças e visitava-mos vovó, parte da diversão consistia em fazer caretas para os terríveis netos da senhora Marina que revidavam com igual truculência. Corríamos atrás das galinhas e púnhamos bombinhas nos trilhos do bonde bem em frente à casa da senhora Marina com a doce esperança de que, ao passar, o bonde provocasse uma explosão que a fizesse morrer de susto. Num dia histórico, pusemos uma cobra na calha de chuva da senhora Marina. Minha avó ainda ensaiou um protesto, mas sentimos sua solidariedade, bem diferente dos veementes "nãos" de mamãe, e prosseguimos na nossa carreira de crianças endiabradas. Não pense, nem por um minuto que só havia um lado nessa guerra. Lembrem-se de que a senhora Marina também tinha netos bem mais valentões e espertos do que os netos de vovó. Os pestinhas puseram gambás no porão de sua casa e esta foi a agressão mais suave. O fato é que qualquer incidente na casa de vovó foi atribuído aos parentes da senhora Marina. Não sei como vovó poderia ter suportado todos esses problemas se não fosse pelo caderno feminino do jornal diário. A página era uma instituição maravilhosa. Além das usuais dicas de cozinha e conselhos sobre limpeza, havia uma seção de troca de cartas para que as leitoras pudessem desabafar seus problemas. Para que o anonimato fosse mantido, as cartas vinham assinadas com um pseudônimo. O de vovó era Serena (que ironia!!!). Outras pessoas que tivessem o mesmo problema respondiam, dando a solução encontrada e também usando seus pseudônimos. Muitas vezes, exposto o problema, as leitoras ficavam trocando cartas por anos através do jornal, falando sobre filhos, doces em conserva ou a mobília nova da sala de jantar. Foi isso que aconteceu com vovó. Ela e uma mulher chamada Andorinha se corresponderam por vinte e cinco anos, e vovó dizia a Andorinha coisas que jamais confessara a ninguém, como a vez em que contou que pensava estar grávida (e não estava) ou quando meu tio Célio pegou piolho na escola e vovó ficou profundamente humilhada. Andorinha era sua amiga do coração. Quando eu tinha dezessete anos, a senhora Marina morreu. Numa cidade pequena, mesmo que você deteste a vizinha, faz parte das regras de educação se oferecer para ajudar a família enlutada no que for necessário. Vovó atravessou o gramado, deu os pêsames às filhas e começou a ajuda-las a limpar a já imaculada sala de visitas para o funeral. De repente, viu aberto sobre uma mesa, num lugar de destaque, um enorme álbum de recortes. Para seu mais absoluto estarrecimento ali estavam coladas, em colunas paralelas, as cartas dela para Andorinha e as de Andorinha para ela. A maior inimiga de vovó fora, na verdade, sua melhor amiga. Foi a única vez que me lembro de ter visto minha avó chorar. Eu não sabia naquela época por que ela estava chorando, mas agora sei. Chorava por todos os anos perdidos que não poderiam ser recuperados. Naquele momento fiquei tão impressionado com as lágrimas de minha avó, que não me dei conta da descoberta fundamental que começava a fazer. Uma descoberta que se transformou em convicção e que tem me ajudado imensamente a viver.

As pessoas podem parecer insuportáveis. Podem parecer egoístas, mesquinhas e hipócritas. Mas, se não procurarmos olha-las sob outra ótica, nunca seremos capazes de descobrir que são também generosas, amorosas e bondosas. E, se não lhes dermos a oportunidade de revelarem seus segredos e aspectos positivos, procurando sempre falar com elas e não delas, ficaremos sempre privados do bem que elas poderão nos proporcionar.

(Autor desconhecido)

Autor desconhecido

-promete me amar pelo resto da minha vida?
- não, pelo resto da minha...

Diálogo do Filme-Fenomeno

Decepção.

Cansada desse mundo de mentiras, as pessoas se fazem de amigas mais no fundo na hora de mostrar que são mesmo são as que mais te decepcionam, às vezes chegamos a acreditar nas palavras e achar que por serem ditas pelas pessoas que se dizem amigos, amigos que muitas vezes não passam de ‘falsos amigos’; tem um imenso valor, depois de brigas, momentos ruins, descobrimos que no fundo, essas palavras eram só mentiras, as pessoas, eram apenas pessoas sem o mínimo escrúpulo que tentam ter caráter mais isso a gente não compra e nem tenta ter a gente cria e é desse caráter que somos feitos, uns tem bom caráter e outros um caráter ruim, não estou aqui pra julgar ninguém, apenas para mostrar a minha total decepção com as pessoas, com esse povo, com esse mundo! Essas pessoas são leões que escondem as suas garras e quando as suas presas menos os esperam atacam e machucam, ferem, magoam, e deixam feridas que às vezes nem o tempo apaga! Hoje em dia raramente os “eu te amo” ditos por ai são de verdade, devemos com um coador coar as pessoas que estão ao nosso redor selecionar quem devemos conviver, quem fará o nosso bem, quem será verdadeiro com a gente, é difícil isso pois não somos videntes e nem adivinhas ainda não temos a capacidade de nos proteger dessas pessoas que diante de apenas um erro, uma má seleção e essa pessoa poderá tornar um inferno a sua vida, te fazer sofrer, chorar e no final se perguntar como eu fiz tamanha burrada de acreditar naquelas palavras que pareciam tão verdadeiras, tão puras mais que apenas me machucaram. Devemos parar para refletir nossos atos, muitas vezes quem você diz amar talvez seja a pessoa na qual você mais faça sofrer, esse amor que você diz ter passa a ser no pensamento de quem você magoou apenas uma grande mentira, pense milhões de vezes antes de fazer, dizer, agir de uma forma que atinja quem você ama, pois palavras muitas vezes doem muito mais muito mais que atos, palavras machucam! Pense hoje, pois amanhã pode ser tarde de mais. A e no final? No final... a gente quebra a cara, sofre de mais, chora muito, muito mesmo, e sabe o que acontece? Tentamos aprender mais as vezes acabamos errando de novo, acreditando nas pessoas e assim vivemos e levamos a vida.

Raissa Craveiro