Diálogo

Cerca de 301 frases e pensamentos: Diálogo

Logan: Sozinha de novo?
Veronica : Naturalmente.
Logan: Eu, uhh... eu conheço o sentimento.
Veronica: Você? Anfitrião do melhor baile de formatura privado de substituição? Estou certa de que você poderia ter escolhido uma das interesseiras! Eu gosto muito dessa música!
Logan: Sabe, eu estou surpreso, Veronica. E como um observador astuto da condição humana, eu pensei que você via através das pessoas melhor do que isso, quero dizer... interesseiras? Esse não sou mais eu.
Veronica: Então como você é agora?
Logan: Você sabe... torturado! Desde que eu tive meu coração partido.
Veronica: A Hannah realmente te marcou né?
Logan: Qual é, você sabe que eu não estou falando da Hannah. Eu pensei que a nossa história fosse épica, sabe? Eu e você.
Veronica: Épica como?
Logan: Atravessando anos e continentes, vidas arruinadas, derramamento de sangue... Épica. Mas o verão já está chegando ,e nós não nos veremos mais. E depois você sairá da cidade, e então... então estará tudo acabado.
Veronica: Logan...
Logan: Eu sinto muito sobre... o verão passado, você sabe se eu tivesse outra chance...
Veronica: Qual é, vidas arruinadas, derramamento de sangue? Você realmente acha que um relacionamento deve ser tão difícil?
Logan: Ninguém escreve música sobre os que são fáceis.
Veronica: Eu tenho que ir, eu tenho que ir.

Veronica Mars - Diálogo entre Logan e Veronica

(Outro dia, apartamento do Logan)

Logan: Oi...
Veronica: Primeiro, deixe-me dizer que eu sinto muito por fugir ontem à noite daquele jeito. Eu estava um pouco confusa e precisava organizar meus pensamentos, pensar no que você disse.
Logan: Veronica...
Veronica: Me deixa colocar isso pra fora! Eu não quero perder você da minha vida também. E eu não estou dizendo que estou pronta para mergulhar de novo em qualquer coisa, mas... Depois da formatura vamos combinar de nos ver, ver onde isso nos leva. Lembra o que você disse sobre nossa relação ser épica?
Logan: ...
Veronica: Oh deus...
Logan: Ontem à noite foi um borrão.
Srta Casablancas: É o nosso serviço de quarto? Não, apenas Veronica Mars. Que decepção... Vamos, vamos deixá-lo limpo. Tchau Veronica.
Logan: Veja, seja lá o que eu disse, eu... você deve saber...
Veronica: Pare!!

Veronica Mars - Diálogo entre Logan e Veronica (Parte 2)

Conseguir manter um diálogo saudável sem cair na tentação de ficar corrigindo possíveis equívocos do discurso alheio é uma façanha de poucos.

Angela Natel

Acredite no diálogo, sempre.
O silêncio só machuca quem
gosta de você.

in pensamento

Muitos desafios não foram resolvidos através da espada,mas com diálogo e entendimento!

Samuel Ranner

Um simples espaço dado a um sincero e direto diálogo, resolve situações reversíveis. Porém se não houver mais brechas e condições é melhor optar pelo silencio, pois a melhor resposta é a que não se dá.

Joanita Arcanjo

Ela: - Me convide pra jantar Frank.
Ele: - O que?
Ela o observa como quem repetia a frase.
Ele: - Gostaria de jantar comigo?
Ela: - Mulheres não gostam de perguntas.
Ele a olha recuando e diz:
- Janta comigo.
Ela: - Muito exigente.
Ele:- Quer jantar comigo?
Ela: - Outra pergunta.
Ele pensou e disse:
- Eu vou jantar, se quiser se juntar a mim.
Ela sorriu.

Diálogo do filme O Turista.

ewertonoliveira

•••NÓS SOMOS O ELO, QUE UNE O DIÁLOGO, POR ISSO É O TERCEIRO ELO. É NO ELO QUE DUAS PESSOAS SE ENTENDEM E ENTRAM EM COMUNHÃO. POR QUE NO MEIO ESTÁ O AMOR••• (NeideEvaCosta)®

NeideEvaCosta

Diálogo mal dialogado

-Por que você está assim?
-Estou triste.
-O que aconteceu?
-Nada! Este é o problema...

Will Gonzaga

- Eu me pergunto quem descobriu o poder da poesia para espantar o amor.
- Achei que fosse o alimento do amor.
- Do amor belo e vigoroso. Mas se é apenas uma vaga inclinação, um pobre soneto o liquidará.

Jane Austen

"A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinónimos. Uma pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho relaciona-se mais com a opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, com o que desejaríamos que os outros pensassem de nós."

Jane Austen

Tinha remorsos sem saber bem de quê. Desejava a estima dele quando não tinha mais esperança de que essa estima a beneficiasse. Queria saber notícias suas e não tinha a menor esperança de que ele lhe escrevesse. E agora, que não havia mais probabilidade de encontrá-lo, estava convencida de que poderia ter sido feliz com ele.”

Jane Austen

- Você já experimentou ficar um dia sem falar palavrões?
- Não.
- Deveria.
- Foda-se.

Katarine Norbertino

Nem tudo que parece simples é óbvio.
Pessoas não se falam por desentendimento.
Para haver entendimento é necessário o diálogo.
Para haver diálogo é preciso disposição para conversar.

in pensamento

Reconhecimento
Durante vários anos eu me apeguei a diversos cases para usar como base do meu trabalho como líder. Porém, o que mais eu encontrava, nos diversos meios de pesquisas, eram assuntos relacionados à assertividade, voltados aos resultados em extrair o máximo da minha equipe, ou resultados oriundos da administração de conflitos. Em uma breve análise, observa-se um modelo de gestão cujo diagnóstico dá-se partindo apenas da visão do gestor em via única ao seu liderado.

Então, fica a inquietação. Para obter esta assertividade é ou não fundamental a empatia? Sabemos sim que uma boa gestão traz ótimos resultados, mas o que seria uma boa gestão?

Ao conversar informalmente em várias empresas e com diversos funcionários, o que mais se ouvi foram comentários sobre a carência do reconhecimento por parte dos gestores. Em seguida questionei: "Mas que tipo de reconhecimento vocês estão falando? Seria financeiro?". E o surpreendente veio à tona: "Não, claro que o financeiro é importante, mas me refiro a um simples reconhecimento mediante a um elogio". Para mensurar o impacto desta ferramenta nos resultados de um gestor, mediante a uma queixa de um empresário sobre as quedas nos resultados, montamos um treinamento para os gestores da empresa, ao qual eram liderados por eles aproximadamente mil funcionários.

Focamos neste treinamento o modelo mental de liderança, colocando para eles a importância de nos lembrar dos funcionários também no momento do acerto. É claro, como qualquer mudança, o esforço precisou ser dobrado por parte dos líderes, pois absorver a teoria contrária ao modelo mental atual já é um desafio, quanto mais colocar em prática a mudança e para concretizar esta ação é preciso disciplina e flexibilidade. Para facilitar esta mudança, adaptamos um procedimento em que, a cada 15 dias, os gestores iriam fixar seu olhar no reconhecimento. Definimos, então, alguns critérios simples descritos a seguir, ficando também como sugestão a você gestor:

1 - Programar previamente em sua agenda o dia que terá este olhar, a cada mês.
2 - Prestar reconhecimento pessoalmente, não por e-mail, por exemplo.
3 - Elogiar apenas aos funcionários merecedores e em particular, caso contrário, a ação fica sem credibilidade e soa de forma não verdadeira.
4 - Para os funcionários que não atingiram a excelência para o elogio neste período, chamá-los individualmente para uma conversa instrutiva, sem julgamento. Este diálogo precisa ter o intuído apenas de entender o que está acontecendo e o que poderia ser feito para melhorar o desempenho.
5 - Quebrar a barreira entre líderes e liderados, incentivando a funcionário a estreitar a distância, potencializando o diálogo frequente e quebrando este paradigma.

Após implantarmos este modelo de gestão, em 30 dias já foi possível medir o impacto positivo desta ação, tanto no clima organizacional como nos resultados. Vale a pena investir nesta ferramenta. Forte abraço e sucesso sempre!

Fábio Kubica

Não crie diálogo que não foi planejado.
Apenas me beije, deixe a conversa de lado.

Jean augusto

Registrar as brechas das políticas públicas é fácil, o difícil é o diálogo para a construção das melhorias.

Rafael O. Leme