Detesto Você

Cerca de 1499 frases e pensamentos: Detesto Você

Eu detesto hipocrisia, egocentrismo e falsidade. Pessoas que gostam de posar de boazinhas e ser centro das atenções.
Não gosto quando dão mil voltas antes de chegar ao assunto, discursos vazios e palavras sem emoção. Fico extremamente irritada com as pessoas que não respeitam o mau-humor alheio, sociáveis demais, que reclamam quando xingo ou quando acreditam que sou obrigada a ouvir lições de moral. Detesto quando usam esses clichês idiotas como "no final dá tudo certo" ou "tenha paciência". Não gosto que me subestimem, mintam pra mim e também não suporto gente medrosa. Detesto tudo que é normal demais, simples demais, igual demais.
Quem sou? Ah, eu também gostaria de ter essa resposta. Sou complexidade, confusão, dúvida, anormalidade, mistério. Sou o desconhecido, o intocável, o indecifrável. Ora mulher decidida, ora menina vulnerável. Eu? Ah, sou um ponto de interrogação.

Thaís Muniz

Detesto medos sem fundamento...e arrependimentos no meio do caminho...detesto brasas mal acesas e fogueiras que não queimam...

Danielle Sgorlon

Detesto jogo de baralho porque me lembra namoro. Tenho de ficar supondo o que a outra pessoa está pensando.

Ricardo Barbosa

Eu insisto nas pequenas atitudes, nos pequenos gestos, nas pequenas (grandes) palavras. Detesto quem não cumpre o que promete. Se você disse que ia fazer, por favor, faça. Se você disse que ia responder um e-mail, que ia retornar uma ligação, que não ia mais gritar com o gato, que ia guardar suas roupas no armário, faça. As pessoas têm a triste mania de não honrar com as palavras e com os compromissos. E isso pra mim é a pior falta de respeito que existe. Palavra não existe à toa.

Clarissa Corrêa

Adoro receber elogios, afinal, quem não gosta? Só não venham querer dizer que sou perfeita. Detesto perfeição.

Letícia Beppler

"Eu te odeio", disse ela para um homem cujo crime único era o de não amá-la. "Eu te odeio", disse muito apressada. Mas não sabia sequer como se fazia.

Clarice Lispector

Preciso parar, preciso esperar. Mas a solidão dói e eu sigo inventando personagens. Odeio minha fraqueza em me enganar. Eu invento amor, sim e dói admitir isso. Mas é que não aguento mais não dar um rosto para a minha saudade. É tudo pela metade, ao menos a minha fantasia é por inteiro.. enquanto dura. No final bruto, seco e silencioso é sempre isso mesmo, eu aqui meio querendo chorar, meio querendo mentir sobre a vida até acreditar. E aí eu deito e penso em coisas bonitinhas. E quando vou ver, já dormi.

Tati Bernardi

“Eu não fumo, eu odeio cigarro, eu odeio atravessar a festa inteira pra chegar até lá fora, eu odeio a amizade instantânea das rodinhas de fumantes que não se conhecem, eu odeio festas em geral, eu odeio papos de festa, eu odeio conhecer gente que não tem nada a ver comigo, e sorrir para os papos mais furados do mundo. Eu sei, eu deveria beber. Mas pra quê? Pra achar essas pessoas legais? Pra suportar o insuportável? Sou cínica demais pra dar esse gostinho ao mundo.”

Tati Bernardi

Odeio pessoas dramáticas que dizem “sem você eu não consigo respirar…” Tá namorando o oxigênio, é?

Tati Bernardi

Você sabia que todos aqueles “eu te odeio” foi na esperança de ouvir um “..mas eu te amo”?p

Pequena Sereia

"E eu odeio o mundo por isso, eu acho o mundo muito medíocre, eu tenho pena de todas essas pessoas que não sabem o que é encaixar o rosto no vão das suas costas e querer ser embalsamado ali por mil anos. Amor de verdade não acaba, é o que dizem, mas eu tenho medo. Eu tenho medo de quantos mijos, bocejos, cinzas e óculos de surfistas eu ainda vou ver sem você, eu tenho medo dos meus pedaços espalhados pelo mundo, eu tenho medo do vento passar enquanto eu estou míope, e eu ficar míope pra sempre. Eu tenho medo de tudo isso apagar e o vento levar suas cinzas, desse fogo todo ser de palha, como dizem. Da dor que se dissipa a cada respirada mais funda e cheia de coragem de ser só. Eu tenho medo da força absurda que eu sinto sem você, de como eu tenho muito mais certeza de mim sem você, de como eu posso ser até mais feliz sem você. Pra não pensar na falta, eu me encho de coisas por aí. Me encho de amigos, bares, charmes, possibilidades, livros, músicas, descobertas solitárias e momentos introspectivos andando ao Sol. E todo esse resto de coisas deixa ao pouco de ser resto, e passa a ser minha vida, e passa a enterrar você de grão em grão (…)"

Tati Bernardi

Odeio saber que terminou. Odeio encarar a solidão de não ter mais pra quem me consertar. Odeio não ter mais por que me consertar. Odeio a liberdade de poder ser eu mesma. O tal do livre arbítrio nunca me fez feliz. Mas você sim, você me fazia feliz.

Maria Paula Fraga

Odeio saber que terminou. Odeio encarar a solidão de não ter mais pra quem me consertar. Odeio não ter mais por que me consertar. Odeio a liberdade de poder ser eu mesma. O tal do livre arbítrio nunca me fez feliz. Mas você sim, você me fazia feliz. E eu odeio ter que ser feliz sem você. E odeio a certeza de que você consegue ser feliz sem mim. Odeio a sua felicidade. Odeio a minha vontade que você seja infeliz. Odeio não saber ser feliz. Odeio querer que você volte. Odeio tentar te esquecer sabendo que não vou conseguir. Odeio não conseguir. Odeio tentar. Odeio odiar.

Maria Paula Fraga

Odeio você...
Odeio quando fica tentando me irritar.
Odeio o jeito como me olha.
Odeio quando joga o cabelo por cima dos olhos.
Odeio o tom da sua voz.
Odeio quando me faz surpresas.
E principalmente, odeio não conseguir te odiar.
Basta parar e pensar para perceber:
Odeio = Amo...

Isabelle Nunes

Eu odeio , odeio você por você ser a única pessoa do mundo a me fazer romper todas as barreiras , a me amolecer , me fragilizar. Eu sempre tenho milhões de palavras e argumentos guardados em mim e com um único olhar , você consegue tirar todos eles de mim . Por isso eu te odeio , te odeio por me deixar vulnerável , por ser meu calcanhar de Aquiles ou coisa parecida . Te odeio por você despertar o melhor e o pior de mim, o amor radiante que colore o mundo e o ciúme possessivo capaz de matar .

Audrey Cullen

Tatyane Nicklas

Eu odeio você, te odeio por você fazer tudo o que eu menos gosto e ainda me culpar. Como pode me culpar por fazer algo que você mesma faz?
Sim, eu sou você.

Tatyane Nicklas

Eu odeio você, principalmente porque você faz parte de mim. Odeio você porque sem você o céu fica nublado, meu cabelo embaraçado e nada faz sentido. Porque a cidade fica vazia, eu fico perdida, sem rumo. Porque mesmo te odiando, eu te amo. E não adianta fingir, já fiz tudo para mudar isso, e mesmo assim. As ruas ficam silenciosas, as músicas não tocam e eu fico sem ritmo. Eu sei que isso é mesquinho, eu culpo você por tudo o que acontece de ruim na minha vida, mas e daí? Você nem se importa. Essa sou eu. E quer saber de uma coisa, um dia essa dor vai ter de acabar, ela tem de passar. Acho que eu fugi (fingi) porque eu sabia que não adiantaria me machucar mais, meu amor por você não mudaria tão cedo, e para que então sofrer ainda mais?

Amanda Oliveira

Claridade, já falei que te odeio? Não? Pois é, eu te odeio! Na verdade eu odeio você, a escola, as pessoas, a vida... Sim, tenho problemas comigo mesma, mas não me importo com isso!

Isabelly Huanna

Odeio você e como se fosse assim eu atirava para pegar em você e entrava na frente para te salva ..

Inara Macedo