Despedida Infantil

Cerca de 1340 frases e pensamentos: Despedida Infantil

E se meu texto ficar tão decorativo, tão infantil e tão meloso que te faça achar graça e não achar fofo? E se você me conseguir me perder, e eu vou te dar um murro. Eu, uma menina tão complicada amando um cara cheio de confiança, que fim seria? Dispenço previsões.E aí, a gente briga, você manda eu procurar qualquer um, mas eu não quero procurar qualquer um, só me resta sair de cena e voltar a qualquer hora te falando que eu amo você, mesmo acreditando ou não. Se sentiria orgulhoso ao menos de saber que depois de meses em escrever algo depressivo, você conseguiu me trazer a paz finalmente? Você acharia meloso ou fofo? Me conte como seria sua vida comigo, fale de nossos futuros filhos ou da nossa casa?!

LaylaPeres

“Tudo aconteceu muito de repente. De alguma maneira eu odiava aquele jeito desastrado e infantil. Impliquei com o modo de andar e falar. Era como se eu não conseguisse não me incomodar com aquele sorriso lindo e aquele cabelo cor de jabutic
aba que passava por mim mais rápido do que as outras pessoas...
Eu sempre gostei de ser entendedora das pessoas, mas aquele tom de pele, aquela suavidade de movimentos me detinha a habilidade, me deixava confusa e sem chão. Era como se mesmo sem conhecer aquela alma profundamente, eu sabia que ela não era igual as outras, era uma alma diferente, uma alma compatível com a minha.
Se escondia atrás dos olhos verdes. Eu queria ficar longe mas alguma coisa me empurrava pra perto, me deixava com uma incerteza, uma fraqueza, uma vontade inexplicável.
Nunca senti algo tão forte antes. Era estranho sentir essa saudade inesgotável de uma pessoa que eu mal conhecia.
Depois de trocar as primeiras palavras, os primeiros sorrisos escancarados, o primeiro contato de corpos e almas, todo meu conceito mudou em um instante, eu não fazia ideia que existia alguém no mundo capaz de me deixar daquela maneira: "caçando detalhes por ai"...
Perdia o sono, perdia a voz, perdia a noção de certo e errado, tempo e espaço.
Eu tentava me afastar ou simplesmente parar de pensar naquela pessoa que parecia um vento, e passava por mim me afagando os cabelos, espalhando seu cheiro em volta de mim.
De alguma maneira eu não me imaginava mais sem aquilo. Mesmo conversando por horas falando de assuntos banais, anormais...
Em alguns dias eu já sabia: Aquilo era tudo que eu queria pra sempre.
E de repente, aquela pessoa que eu não gostava, aquele jeito que eu não admirava em ninguém se tornou minha maior fraqueza, minha fonte de força por demonstrar tanto carisma e pureza.
Me senti perdida. Como pude ser tão fraca em deixar alguém mudar a minha vida em menos de um mês ?
Eu não podia estar apaixonada, eu não devia estar apaixonada. Logo agora que havia me acostumado em espalhar pedaços do meu coração por ai, logo agora que aprendi a amar só a mim, logo agora.
Minhas forças e minhas tentativas de ficar longe não obtiveram sucesso. E isso foi uma das melhores coisas que aconteceu em minha vida (...)”

Andrezza Guedes

Tá pra nascer, tá pra nascer, tá pra nascer, tá pra nascer alguém mais infantil que o Caio.

Aline Estressada

Ser criança...

Um dia disseram-me que eu era muito infantil, mas será que sou? Ah, creio que sim. Existe uma eterna criança em mim, isso não poderei negar. É tão bom ter a alegria do passado e a felicidade no futuro, creio que serei uma eterna criança... Simples assim...Gill

Gilberto Brostel

DERROTADO E FELIZ

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Depois de ler para Júlia, um clássico infantil que narra a história do pai coelho e seu filho, que trocam declarações de amor mensurando medidas e distâncias*, romântica e descaradamente resolvo plagiar: Digo para minha filha, que o meu amor por ela é maior do que o mundo. Não; do que o mundo, não. Na verdade, maior do que a via láctea.
Como que a incorporar o coelhinho da história, ela me olha pensativa. Orgulhosa, nem me pergunta o que é via láctea. Tira sua cabeça do conforto de meu colo, senta, e com voz tão doce como desafiadora, mostra quem manda nessa questão.
- Olha, pai; eu te amo mais do que o céu! Não, do que o céu, não! Eu te amo mais do que tudo aquilo que os coelhos disseram, e mais do que tudo isso que você ia dizer depois de mim!
Derrotado e feliz; tão feliz quanto aquele coelho pai, não falei mais nada. De fato, a minha filha me ama muito... E também é muito competitiva.

* Referência à fábula ADIVINHA O QUANTO TE AMO, de Sam Mc Bratney

Demétrio Sena - Magé-RJ.

Que o medo de ser ridicula e infantil não invada minha ética, mesmo que eu já esteja calejada, que eu já não tenha cheiro de menina, ou que já tenha recebido cartas de má respostas, cartas que cobram, cartas de mentirinha, e até cartas devolvidas.

Texto Uma carta de amor para o destinatário certo

Srta Fê

Eu agradeço por você ser imaturo, infantil e me fazer sofrer constantemente. Eu sou um ser mais sábio, forte e prudente graças as doídas lágrimas que você fez escorrer pelo meu rosto.

Dhieferson Lopes

Afundo(u)


Sem pretérito, sem pretexto. Deslembre a cólera infantil, o temor esperado, previsível da frase satisfeita.
Deslembre o modelo, a cartilha, a liberdade com um aviso prévio estampado em sua cara, o desagrado, a desvalor do afeto. 
Atente para a distância. Submeta-se ao tempo.
Floresça.
Compreenda a marcha, erga a bandeira, defenda o valor da ousadia. Sem mais não seja menos. 
E se não entender, persista, insista.
O navio sem capitão sempre vai à deriva.

Laís Xavier

QUALIDADES
Alma de poeta
Sorriso infantil
Mente de atleta
Amor pueril
Extensão de mar
E curvas de rio.
Bela como a lua
Doce como o mel
firme como a rua
nobre como o céu
tem gestos de flor
e a pureza de véu.
Olhos de diamantes
Mãos de avelã
Rosto do instante
Boca de maçã
Linda interessante
Como a manhã.
É um dicionário
Cheio a verbear
O meu calendário
Pra me informar
Todo seu horario
É todo contrario
do meu desamar.

Ezhequiel Águia Queiróz

Não espere algo especial
Pois estou congelado
A única coisa que se mexe
É meu infantil coração apaixonado
Tão tímido e calmo
Mas perto de ti, desesperado

Raras pessoas o conhecem
Pois ele é muito precavido
Evitando a falsidade humana
Ele fica sempre escondido
Mas ele não sabe se esconder
Desse sorriso magnificamente lindo

Realmente eu tinha algo especial pra te falar
Mas com tão perto
Eu fico sem ar
Não sei o que fazer neste momento
Que estou à me enforcar
Com meu nobre sentimento

Realmente é ridículo como eu
Que não me acovardo diante da maldade
Não conseguir me mexer
Diante de tanta felicidade
O pior é que nenhuma de minhas armaduras
Serviu para esconder essa verdade

Só me resta então
Render-me a paixão
Confessar a você
Que você é a inspiração
Que traz vida a meu coração...

Alex Veloso

SER INFANTIL

O ser infantil;
Quando nascemos nem sabemos se devemos ficar calado, mas quem não chora não mama. Diga algo fora do momento e dirão com todos os olhares: o que mesmo você disse?
Como não ser infantil se amamos?
É chavão dizer que quem ama fica:
Cego bobo tolo perdulário (eu já fui um);
Mas para que viver se não for para amar?
O “duro” é amar quem não lhe ama ou deixou de lhe amar!
Isso sufoca a si mesmo e ao próprio ser que se deixa ser amado sem amar quem lhe ama.
Não é infantil ser amado e não mostrar que não está amando?

Lúcio Ernesto Caixeta

As vezes tento fugir dos meu problemas, eu sei, isso me torna muito infântil.

Adriely Ferreira

Crer em deuses capazes de livrar-nos de todos os males que nós mesmos criamos é o cúmulo da infantilidade.

Paulo Ricardo Zargolin

Ah, não me importo com o que dizem de mim...
Não sou criança, não sou infantil...
Eu apenas sou feliz!
Se ser maduro é não sorrir não brincar com as coisas,
Não se divertir a todo momento... Então não quero ser esse maduro, não quero viver com o semblante triste me preocupando com besteiras, não sorrir nos momentos mais difíceis, viver com gritarias e discussões, não sou assim e não serei isso para ser maduro.
Felizes são as crianças, Felizes são os infantis, pois não encontraram em si a amargura de serem adultos amargos.

Michel Nery

Trabalho escravo infantil já é outro tema. tem dois fatores aí agora,

O fator de ter a capacidade de encontrar os responsáveis pelo crime, o que em 80 % dos casos não ocorre.

E o fator vida econômica, estas crianças normalmente são de famílias que passam fome e vivem em completa miséria, se elas forem ajudar o seu corpo a se manter alimentado e vivo, e esta é a opção do resto da família deles, eu estou pouco me lixando para as crianças. sinceramente.

Lázaro Alvarenga

E lá, bem no fundo, eu sempre fui aquele medo infantil de errar, de perder as coisas por um descuido. E, talvez por ironia, eu sempre acabo perdendo mesmo, quem sabe por excesso de zelo. Olhando pra trás eu só consigo contemplar ruínas de sonhos gigantes, que nunca consegui tirar do meu sono e trazer pro mundo dos acordados.

O mais intrigante nisso tudo, é que aqueles destroços e cacos ainda brilham, como se pudessem voltar à vida em um simples estralar de dedos, e eu sorrio, um sorriso meio que triste, admito, mas sincero, e por instantes eu imagino como seria se tudo voltasse a se erguer, aí eu paro por um momento, e concluo que o que passou, passou.

Nada volta, por mais que ressuscite por alguns minutos, não pertence mais ao presente. Se passou tem que ficar no passado. Naquele cemitério lúdico de sonhos intermináveis, bonitos e felizes, mas que sempre serão sonhos, e nada mais.

Paulo Genro Fh.

As vezes sou tão infantil mais é nesse meu lado infantil que eu descubro o que é verdadeiro.Eu já chorei tanto por querer idealizar as coisas eu já chorei de mais por querer que fosse tudo do meu jeito mais ninguém é tão infantil ao ponto de não saber o que é verdade isso aprendemos antes mesmo de nascer quando a nossa mãe alisa aquele barrigão que de alguma forma deformou o seu corpo mais o amor é tanto que ela nem liga porque o amor de uma mãe é o mais verdadeiro que existe e o único que eu acredito.Já amei de mais,e foi por amar de mais que eu sofri eu não sei se entregar o coração a uma pessoa e dizer toma é teu faz dele o que tu quiser como se fosse um objeto vale a pena você não sabe nem o que a pessoa faz com o seu próprio coração como vai saber o que ela vai fazer do seu?por isso me nego a me entregar por inteira claro eu amo eu me entrego mais sempre com um pé na frente e outro atras porque sofrer por amor é a pior dor que existe e eu por ser menina e não saber o que é o amor me nego a sofrer por amor.Me entrego pela metade mais sou intensa,Sou uma pessoa determinada determinação não nasce com a gente aprendemos a ser uma pessoa determinada após as dores por querer tanto uma coisa eu me acho determinada porque quando eu quero eu consigo mesmo que a dificuldade esteja ao meu lado mesmo que a inveja esteja ao meu lado nada me atrapalha de lutar com determinação pra conseguir não tenho medo de nada.Nenhuma palavra me faz desistir dos meu sonhos e a inveja dos invejosos só me dá mais forças ainda porque eu tenho que ganhar essa só pra mostrar pra eles que não sou essa menininha fraca que eles pensam conseguir derrubar com palavras eu sou muito mais que isso e como toda menina sonhadora eu sonho com um príncipe encantado que vem naquele cavalo branco me buscar pra dar uma voltinha no campo e enquanto vida eu tiver sempre irei ser uma menina sonhadora...Pois o que me faz ser tão feliz são os meus sonhos se eu não sonhasse tanto eu não seria menina e muito menos feliz.

Thayna Amanda

“A infantilidade tem que ser mudada, não seja infantil no tempo de sua juventude.”

Érick Ramos

Bobão, Babão?

Mui infantil.
Ainda mais no
Primeiro de abril.

Francismar Prestes Leal

É infantil e sincero que traumas nos privem de sensações e degustação da liberdade

Káah Azamba