Despedida Falecimento 1 ano Saudades

Cerca de 3604 frases e pensamentos: Despedida Falecimento 1 ano Saudades

Cada vez que há uma despedida
entre nós,
eu sinto que não existo...
E quando nos reencontramos,
eu sinto que estou no céu...

Sérgio o Cancioneiro

Você sabe que eu nunca durmo na despedida. Eu sou sempre um pouco mais atrasado do que os loucos que conheço.

wendell santos

A despedida nem sempre é um adeus.pode ser um"até logo",mesmo que logo ainda seja demorado.

Mário Pires

Segundo os dicionários, despedida significa (entre outros) dizer adeus. Dizer adeus e não um até logo, segundo o meu sentir, representa uma decisão consciente de partir sem passagem de retorno. Ir, sobretudo, em frente. Encarando a ausência de quem resolveu permanecer lá – seja onde for - e não aqui.

Mas esta ideia crua de partida nunca fez muito sentido para mim. Ainda hoje eu procuro entender o contexto da finitude. Do então é isso, acabou. Fim da linha. Au revoir!
Sempre que me coube o poder da decisão, optei por experimentar a doce incerteza de um “até mais!” - que muitas vezes chegava a demorar mais do que o esperado -, a ter que ouvir um seco e indigesto “até nunca mais!”. Ou nem isso.

Confesso que durante muito tempo eu acreditei que a pior parte em ter que lidar com uma despedida, fosse o acordar pela manhã seguinte e perceber que a casa estava vazia. Que aqueles tão habituais sons de vozes e passos haviam, enfim, emudecido. Que tudo aquilo que poderia vir a ser, conjugou-se no tempo passado antes mesmo de ter sido um presente, num presente.

Mas eu finalmente percebi que no final das contas, saber que alguém partiu para não mais voltar não representava em si a dor maior. O epicentro de todo o meu sofrimento.
O que de fato orquestrava - e com mestria – os efeitos da despedida como ato irretocável, era a sensação de que alguém se foi, sem ter, de fato, ido; que é quando a razão olha para os lados e só vê um espaço amplo, porém, oco, e então a emoção vem e diz: - Nâo. Olhe direito! As lembranças estão aqui. Todas elas. Em todo canto. Em cada parede. Em cada piscar de olhos que remete a sorriso. Em cada silêncio que entoa aquela voz reconhecível no meio de uma multidão de outras vozes. Em cada marcação de tempo que faz recordar uma mão que sempre encontrava a outra no meio de uma daquelas noites tempestuosas que inspirava a ficar junto. Unindo forças e sentimentos. Sendo e permanecendo.

Talvez um dia eu amadureça o suficiente para compreender essas coisas acabáveis. Ou talvez continue acreditando que em algum momento acontecerá um reencontro e então o adeus, por fim, se redimirá.

Jorge Nicodemos

Choro da Despedida

Eu demorei pra ter ver
Você não me viu
Meu coração te enxergou
A sua boca se calou
E disse a minha boca
O que ela nunca dizia

Sua mão acenava um "Olá"
Quando na verdade era uma despedida
Seus passos se distanciavam da minha visão
Mas estavam ao meu lado nos choros e poesias

Parte do seu carinho está em mim
Parte do meu carinho está em nós

Por mais que eu pudesse dizer
As palavras não diriam
E por mais que eu tente esconder
Essas palavras dizem

Giovanny Xavier

CARTA DE DESPEDIDA

Foi muito maravilhoso ter te conhecido, ter você ao meu lado... Fico pensando e lembrando a cada minuto que ficamos juntos, as coisas que compartilhamos, os lugares que fomos, tudo o que falamos um para o outro de amor, carinho e amizade.
Eu gostaria que nunca tivesse acabado... Achei até que era para sempre... Já planejava o nosso futuro, nossos filhos, nossa família, mas... Acho que não fomos maduros o suficientes para termos paciência um com o outro.
Peço perdão por eu não ter conseguido ser tão forte para ter paciência e compreensão, e acho que você também não foi tão forte assim de conversar, entender. Talvez nós dois fomos orgulhosos e deixamos acabar o que era para sempre.
Mas quero lembrar das coisas boas e esquecer as ruins, esquecer o nosso egoísmo. Quero continuar lembrando o quanto fui feliz com você. Quem sabe um dia, mais maduros, podemos reencontrar e ser tudo diferente nesta parte de falta de paciência.
Guardarei você em minhas lembranças, saiba que um pedaço de você está em mim para sempre, e este pedaço de você que está em mim, continuarei amando, preservando na memória.

Samanta Bernardi

A gente some um pouco cada despedida. deixo um pouco pra la, em cada abraço que não é forte pra colar a saudade de volta. A gente é gente, bicho que esquece se não ta junto, saudade não é lembrança, é passado. lembrar é cantar no bar e cantar junto, é andar... deixemos pra viver a saudade no fim de nossas historias.

Claudio Borrely Junior

Estava ele inclinado a lamentar pelo que partiu
Mal percebia as flores de despedida que caiam sobre a face

Janes Fidélis Tomelin

O coração fica em suspenso, soluço contido.
A despedida machuca e a saudade faz sofrer.

Mirna Rosa

A tristeza da despedida traz muito mais alegria no reencontro.

Bené Lobão

Carinhos.

Carinho é consolo. Carinho é abraço de despedida. É afago, aperto, dores nos ombros. Carinho é pedir dengo sem abrir a boca.
Um toque, uma fala mansa, um olhar de lado...espelho de acarinhar. Coragem de abraçar sem pedidos. Disfarce de mão no corpo do outro.
É imaginação. É sonho. É tolice na hora da briga. Carinho é bom dia sincero. É tropeço sem queda.
Frase mal feita - porque toda frase mal feita é a verdadeira face da verdade -. Carinho só aborrece quando vem do desconhecido.
Só se derrama em bons lugares áquele que sabe acarinhar.

Lorena Maryel

"Observação"

Interessante notar,
Ótimo de perceber,
Que a cada despedida
E que a toda partida,
Ao invés de afastar
Me aproxima mais
De você.

Zé Carlos Filho

Mesmo todo o tempo do mundo não faz diminuir a saudade de uma despedida.

Zé Carlos Filho

Cada despedida é como uma gotinha de saudade... quando o pote esta cheio, ele se derrama: ora em sorrisos saudosos, ora em suspiros emocionados.

Zé Carlos Filho

No final da mais bela história de amor sempre existe uma despedida.

Jeozadaque Martins

DESPEDIDA

É triste? Eu sei.
Dá vontade de chorar? Eu sei.
Você não queria que fosse assim? Eu sei.
Queria que fosse pra sempre? Eu também sei.
Sei de tudo isso, porque eu também queria que fosse.
Mas o Para Sempre não existe,
Pelo menos nunca foi comprovada a sua existência'
Pode ser que ainda se encontremos,
Em algum lugar desse pedaço do universo.
Mas meu desejo não é te ver voltar e sim,
Que nunca tivesse que ir'

Heloisa Burtet

Meu amor,eu sabia que aquela era nossa despedida. Sabia também que você sentia o mesmo. Eu era só mais um problema na sua vida um problema que nunca se resolvia, e naquela tarde tão triste e que nem o céu estava lindo e nem eu e nem meu pobre coração. Que já planejava um plano pra ir embora de vez da sua vida, sim confesso foi doloroso tanto pra mim quando pra você mais era o melhor a fazer não queria ser um peso na sua vida. Onde você fazia grandes planos pro futuro e eu não me encaixava em nenhum deles, me arrepender das minhas escolhas nunca foi tão doloroso mais foi necessário essa escolha, nossos laços de amor, amizade foram separados pra sempre. Não sabia ao certo oque você sentia por mim e creio que nem você, mais foi bom enquanto durou.

Nayara Silva

UMA DESPEDIDA FÍSICA

A música está tocando.
Consegues ouvir?
Ou estás tão distante a ponto
de não ouvir a canção
em que meu coração
está trabalhando,
acompanhando a
melodia da minha alma
que acalma, a minha
esperança desesperada
e pouco alcançada
pela minha força.
Eu tenho tanto medo,
que você não me veja ser
guardado pelo solo,
eu tenho tanto medo
de não alcançar a tua mão
por uma vez mais.
A música continua tocando.
Podes ouvir agora?
Estou caminhando no
escuro, o teu coração
é vislumbrante,
mas ainda não posso,
ainda não posso vê-lo.
Ainda não pude alcançar,
a tua música, para então
finalmente harmonizá-la,
a música, com a minha.
Estou com medo.
Você pode me ajudar?
As flores estão tristes,
entoando a minha música,
embalando a minha música
que toma um tom fúnebre.
As minhas pernas pereceram,
o meu coração desalentou-se.
A música parou.
Sentistes o meu chamado?
Ouvistes a minha lágrima?
Estrondosa, arrepiada.
A derradeira que escorreu
vagarosa pelo meu semblante,
que perlustrou minha face.
O cortejo fúnebre é ainda,
é ainda mais fúnebre.
O meu corpo está para cumprir
sua última tarefa na Terra.
Ainda não notaste
que ainda posso lhe ver?
Contudo, é só um
instante, estou lhe vendo,
estou lhe vendo ainda,
mas é somente para
dizer, para diz... para...
Respiro fundo e agora
digo, vou dizer, só agora.
Para dizer que
moldastes a minha vida
muito bem,
que deveras foi pelo
teu desenho carismático
que fui quem fui.
Amarei-te por muito,
por muito te amarei,
por muito tempo,
por muitas primaveras,
lindas primaveras.
Ó queridas flores.
Por muitos outonos.
Ó saborosos frutos.
Por muitos invernos.
Ó caloroso inverno.
Por muitos verões,
verões de uma noite.
Pois por muito te amarei.
Para sempre, por uma vida
ou duas, quatro, sete...
Minha bem amada.
Para sempre te amarei,
inda que eu não possa dizer,
inda que eu não possa
respirar.
inda que não possa,
eu te amarei,
para sempre.

Juán Pablo

Despedida

Que o sol ilumine
Que a lua e as estrelas reflitam a sua luz
Que o vento traga as respostas
Que deixo de entender a cada dia
Não sou espelho de ninguém
As muitas palavras confundem o entender
A galeria das palavras está repleta de repetições
Assim também vejo que as muitas ilusões caminham lado a lado
Tenho as muitas respostas que gostaria de saber
Mas vivo num mundo onde as respostas não são dadas
As alegorias das palavras estão em algum lugar
Caminha lado a lado a multidão de palavras
Alegrias vencidas e muitas outras coisas perdidas
Assim surgia a minha dúvida
Assim sou eu a cada amanhecer
Sinto que você é triste
Mas não me cabe falar
Sou apenas um mero expectador das dores alheias
Na mais profunda agonia retoca a minha vida
Calibro o verso vencido
Acalmo minha caminhada
Assim é o caminho das palavras
Assim é nossa vida
Assim clamo pela sua despedida.

Jorge Mello