Desencanto

Cerca de 98 frases e pensamentos: Desencanto

As minhas memórias....
Estão onde....
Choro derradeiras lágrimas.......
Desencanto....
Prantos de dor.....
Trepadeiras agarradas nas sombras ....
De um muro feito de pedra.....
Talvez em fragas duras....
Antigas...
Feitas na transparência dos sentidos......
Alojadas no coração......
Na alma....
Sinfonia de um último adeus.....
Onde.....
Dispo as minhas vestes já gastas....
De um vestido negro de seda....
Arrumo a caixa dos aromas....
Cheiros...
Das minhas memórias.......
Lembranças suaves.....
Nos cantos esquecidas...
De uma casa....velha.....
Perdida...no deserto.....da minha alma...
Paredes brancas pintadas de cal.....
Desejos.........
E marcas da tua presença....
Feitos de melancolia....
De dor salpicada....
Encontro de palavras.......
Sentimento de abandono..
Transparência de sombras.....
Sabor das lágrimas....
Feita em pétalas de rosas......
Que brotam .....dos meus olhos.....
Dos teus olhos....doces como o mel......
Dos meus sonhos....do meu silêncio....no teu silêncio..!!!

Isabel Morais Ribeiro Fonseca.

Quem não acredita na Magia vive uma vida repleta de desencanto.

Daniel Melgaço

Desencanto...?
Gorete salvador


E agora a poetisa
Que sempre falou de alegria
Que vai fazer?
Do que vai falar?

Ache a saída?


Encante... como sempre...

Não pense que foi você que desencantou alguém?
Ele sim é um desencanto, um desencontro...
Um engano...


E, você que sempre encantou,
Continue a encantar...

Fale de amor...
De sinceridade...
De namorar...paparicar...
Que nada tem a ver com amarrar alguém...

Paparicar sempre foi e será...
Abraçar, beijar e amar...
Se uma pessoa não quer isso...
É ele que não quer...e nem sabe amar...

Continue seu caminho...de sonhos e flores...
Cores e sabores.

gorete salvador

Desencanto
Cansei-me de ti.
Entristece-me perder o que nunca existiu,
mas não quero permanecer no que existe.
Dentro das muralhas da tua beleza
corre um rio de egoísmo
que já não consigo suportar.
Destruíste as margens da tolerância
e as águas começam já a inundar-me a dignidade.
Quem despejou esta arrogância na tua corrente?
És uma enxurrada violenta
que desagua no mar poluído da insensatez.
Tu, encanto interrompido pelo desnudar dos dias
que desenhou uma fé sombria nos meus sonhos
e incendiou de dor o horizonte.
Porque deixaste que o desejo nefasto do teu orgulho
secasse o rio de ilusão que me enchia a alma.
Procuro ainda na essência nocturna dos teus lábios
um fôlego de sobrevivência que faça palpitar
o esplendor da tua imagem.
Caminho neste Outono embriagado de desilusão
e ouço a tua voz desfalecer no vento.
Sigo sedento pelo labirinto íntimo de êxtases perdidos
que vivem encalhados no fundo da minha memória.
Mergulho no brilho pálido da tua inocência
e nas águas anémicas de alegria
aguardo uma transfusão que faça circular a eternidade.
Alberto Pereira

Intemporal(conto & poesia)

Alberto Pereira

gosto
desgosto
cubro
descubro
encanto
desencanto
harmonizo
desarmonizo

dualidade
antagonismo

quero mais.
acabou!

maronce

Lembro-me de você e choro em desalento no desencanto que partiu meu coração não acreditava em ilusão, mas o que me restou foi à frustração.
Devoro-me em saudades de você, pois em um único dia foi real em mim.
Pensava que meu caminho tinha estreitado com sua companhia e que eu tinha achado o caminho da felicidade.
Tenho a solidão que em mim se faz real, fui á um sonho, mas quando acordei minhas asas não abriam mais.

julioaukay

Desencanto


No silêncio da noite
Traz lembranças tuas
Sinto pena do meu coração
Ele atrevido, maluco
Enfeitou-se com todo amor
Encantou-se em teu vento ligeiro
enamorou-se em teus grãos dispersos
E tu com poucas palavras
Levou embora o seu sonho
E com ele o teu tu que era o seu encanto
De um conto cheiro
De pequenos rastros de amar
Do meu coração

Sandra Mello flor

SANDRA MELLO-FLOR

Canto por encanto ou desencanto. Saudade refrão, verdade melodia. Poesia de meus dias, canto meu manto de amor...

Camila Custodio

Procure esquecer de tudo que o faça lembrar da tristeza, do desencanto, do vazio, da solidão, da perda. Agindo assim, você se liberta de todo o mal que o aflige.

Francisco José Gregório de Andrade

Canto da sereia...

Tantos planos, tantos sonhos.
Encanto, desencanto.
Castelos de areia,
canto da sereia.

Você me atraiu,
me confundiu,
me traiu e, depois de tudo,
simplesmente partiu.

Nunca houve uma palavra honesta.
Seja honesta!
Você nunca me amou...
como o canto da sereia...
pro fundo das águas você me levou.

Rosangela Calza

Desencontros...nunca estamos preparados para ele...
Irmão do desencanto, primo do desamor, cristal rachado jamais será colado.

Jane Esteves

Descanto e Desencanto

Triste menina,
Vendo seus sonhos roubados
E seus pensamentos aprisionados.
Onde foi parar tua coragem?!

Triste menina,
Já não brilha mais o teu olhar,
Seu coração já não sabe o que é amar
Foi-se embora o teu riso.

Triste menina,
A cada canto um desencanto
Não se houve mais o seu canto
Apenas a melodia do seu pranto.

Triste menina,
Felicidade é um termo fora do contexto
Talvez será cruel o teu desfecho
Seu cotidiano começou escurecer.

Triste menina,
Perdeu tuas esperanças,
Já não é mais aquela doce criança
O mundo lhe obrigou a crescer.

Brenda A. Cruz

Eu quis..Ah! como eu quis!...

Mas eu desencanto com a mesma velocidade que me encantei!
As máscaras da ilusão duram o mesmo tempo que o arco-íris! Pouquíssimo...

As atitudes que eu tive, as palavras que eu já disse...! espero daqui em diante...

Chega de Castelo de Areia!

Faalss

Talvez seja apenas um frágil desencanto. Daqueles ruins de se ver passando pelo outro lado da rua, indo embora em um táxi insone, lento e vazio em um dia de chuva comum

L. Simões

O desencanto, é o encanto revoltado com o que foi feito daquilo, que não é mais como era antes.

Day Anne

MILONGA QUÂNTICA

o universo em desencanto por aí
e um big bang bem no meu quintal
múltiplas dimensões a vislumbrar
tanta impossibilidade por fazer
quanta lógica absurda a vida tem
nem atrevo a ousadia de entender
na infinidade de razões a escolher
cada escolha é um destino escrito já
pois em tantas opções que há por ir
eu escolho um caminho pra seguir
mas a estrada sempre esteve lá

tudo tem uma vontade de existir
de fazer e acontecer, de ser e estar
partículas elementares a transmitir
a essência do mais profundo querer
se a lógica e a razão explicam a vida
é a paixão que a faz vibrar
mas pra mim o que revela essa magia
é a energia que conspira a favor
e que nutre mais e mais o nosso amor
que faz um jardim suspenso florescer
sempre que meus passos vão ao teu encontro
e os teus braços vem me abraçar

carlos patrício - 27/12/2010

Carlos Patricio

Então descobri como é o silêncio da morte. Assisti ao desencanto dos sobreviventes que não sabiam ao certo o motivo da celebração. Arrastam-se com um orgulho mentiroso por não terem conhecido o lado onde me encontro agora. Conto os dias para a minha ressurreição, mas temo por nascer de novo. Pretendo permanecer onde a mudez é regra. Tento traduzir o que minha alma canta. Não entendo mais seu idioma. Muito menos o que escrevo. E a solidão é faca sem gume. Cega, sádica, violenta. Corto meus cabelos, corto meus pulsos, corto relações com a luz do dia. Releio meus textos de trás pra frente. Até que um dos três morra...

Sandra Fuentes

Em momentos de mágoa e desencanto me calo, pois nessas horas minhas palavras podem tornar-se afiadíssimo punhal.

Edna Frigato