Descuido

Cerca de 85 frases e pensamentos: Descuido

Quem dera eu, colocar preocupações em um de meus bolsos furados e por descuido deixar cair em um buraco... quem dera eu, quem dera fosse...

Júnior João

DESCUIDO

Num descuido de suas loucuras,
tua paixão terá um alguém,
ou um alguém tão débil quanto intrépido,
cairá por você de paixão.

Marcos Marques

Amor é descuido, inocência. É no meio daquela ajuda despretensiosa, ao pegar o vidro de óleo do chão e entregar a quem o queria, que o amor, traiçoeiro se esconde. Não existe hora, lugar, o amor não liga. Não adianta planejar cuidadosamente sua vida amorosa com a cabeça no travesseiro antes de dormir. Ele não está te escutando, e se acostume com essa surdez peculiar do amor, ele nunca nos escuta. Mesmo berrando. Mesmo em prantos. Enquanto ele quer, ele fica. E você medíocre hospedeiro, aceite, e continue seu caminho ignorando o barulho dos cacos de seu coração se chocando em seu tórax.

Resabinar

Ah!... que nas Obras tenha sempre não descuido, não "relaxamento"... mas algum tipo de "imperfeição"... é a marca do Divino-...Humano...Pronto pra refazimentos ( ou... Aceitação !...)... crescendo sempre, mas na humildade da eternidade situada nos seus __ aparentes pequenos, mas divinos : momentos !...

Jorge Sunny

Descuido

vem cá
pra cá
pra cama
sem pressa
pra essa
peça e
me beija
depois
me deixa
agora
vai lá
pra lá
e saia
bem quieta
e ama
e se
completa.

Thiago Augusto Maciel

Por descuido ou sabedoria Deus inundou o mundo em demasia de hidrogênio e ignorância.

Nelson Barh

Como não achar graça do acaso se por descuido ele rouba o meu melhor sorriso?

Camila Vilela Monte

Sempre achei que podia tudo,
Até você aparecer,
meu coração num rápido descuido
apaixonou-se quase sem querer

E agora
todas as horas
São poucas e longas
E ainda o medo de te perder

Certo ou errado
não vou deixar de lado
o gosto gostoso
que é amar você

Nann Stroparo

A maioria de nós, somos como borboletas trancafiadas em um vidro à espera de um descuido da vida para que possamos voar. Mas com tantos descuidos dessa nossa vida, se descobre o óbvio: Não basta ter asas é preciso querer usá-las.

Karoll Bianna

E lá, bem no fundo, eu sempre fui aquele medo infantil de errar, de perder as coisas por um descuido. E, talvez por ironia, eu sempre acabo perdendo mesmo, quem sabe por excesso de zelo. Olhando pra trás eu só consigo contemplar ruínas de sonhos gigantes, que nunca consegui tirar do meu sono e trazer pro mundo dos acordados.

O mais intrigante nisso tudo, é que aqueles destroços e cacos ainda brilham, como se pudessem voltar à vida em um simples estralar de dedos, e eu sorrio, um sorriso meio que triste, admito, mas sincero, e por instantes eu imagino como seria se tudo voltasse a se erguer, aí eu paro por um momento, e concluo que o que passou, passou.

Nada volta, por mais que ressuscite por alguns minutos, não pertence mais ao presente. Se passou tem que ficar no passado. Naquele cemitério lúdico de sonhos intermináveis, bonitos e felizes, mas que sempre serão sonhos, e nada mais.

Paulo Genro Fh.

E então, por um descuido, você acaba lembrando do que não deveria. E você sabe que tem que ser forte e não deixar que mais nenhuma lagrima escorra. Mas o peito esquerdo começa a pesar, você sente um nó na garganta, e o coração apertar, então começa uma luta: Entre a sua vontade de chorar e a sua obrigação de ser forte. As lembranças veem aos montes e você tenta de todo jeito segurar a emoção, mas parece impossível. Até que seus olhos que já estão quase transbordando, escorre uma lágrima do olho esquerdo e bate o alivio. Pessoas te olham e te encaram, algumas chegam perto e perguntam porque você está chorando. E você dentre meio tantas lutar para que aquilo não acontecesse, ignora todos eles. E a desculpa do cisco que caiu no olho, não enganaria mais ninguém. O alivio é grande, pois só você sabe como foi difícil evitar de todo jeito que aquilo acontecesse.

Náthali Parimoski

O peito dispara como o descuido do soldado com sua arma.
Os olhos tentam procurar um lugar seguro para escapar da perseguição.
O corpo não consegue diferenciar o erro do acerto.
As mãos ficam dançando nos bolsos da calça.
O caminhar aumenta se houver afastamento, diminui se houver proximidade demais.
O cérebro mistura palavras e frases tornando o contato verbal impossível de ser exercido.
O dia vira noite e a noite vira dia.
A voz voa para o céu calando as dores.
Os segundos são eternos.
Alma sem calma para poder agir.
Olhei a luz e vi escuridão.

Johnny Kwergiu

Sabemos por experiência que a vida não é favorável a dar segundas chances. Mas se por um descuido do destino isso ocorrer, deve-se agarrar com todas as forças que têm!

Eduardo Bechi

Quando um azarado contumaz dá sorte, pode crer que houve um descuido no inferno.

Saint-Clair Mello

Sentindo a Vida

Pense com cuidado,
Pense com atenção
Qualquer descuido
afetará seu coração..

Imagine as coisas,
Por um ângulo favorável
Assim, num breve futuro
Se sentirá mais confortável.

Procure o significado da vida;
E a paz interior,
Com isso eu garanto,
Irás conhecer o amor

A cada silêncio,
Sinta sua harmonia,
Veja sua missão
E projete sua "Alegria"...

Rubens de Cássio

Amigos...
Chamam sua mãe de "tia" ou até mesmo de mãe... e por um "descuido" de Deus não nasceram irmãos. Nos querem perto por sermos tão próximos...
Sorriem na sua alegria, choram na sua tristeza. Festejam na riqueza, sofrem contigo na pobreza. E que nunca a morte os separe. Amigos..

Jean Bezerra

''Ao teu lado eu era tão feliz. Porém, por um breve descuido te perdi por um triz.. E ao quase te perder, eu perdi as minhas esperanças. Eu não encontrei a diretriz do meu coração, e deixei de lado a razão.. Submeti-me a luta, a incessante busca te resgatar o que era nosso, e ainda é.. No fim das contas, foi aí que eu aprendi o quão precioso era o teu amor..''

Lubs__

Então passei a acreditar, se existem dias melhores, quem sabe, assim por saudades ou descuido, você voltaria.

Fernando Moura. (via palavrasdeumjovempoeta)

Ah! Só meu amor me sabia! Se por descuido passei a amar, em casa instante ele se fada mais indispensável. Meu coração escolheu e agora minha carne exigia sua presença. Ah! Como meu corpo exige! Se o medo me invadia, se vago o horizonte, se fria a aragem, meu amor era minha moeda. Sobe os juros do amor eu me enriquecia.

Bartolomeu Campos de Queirós