Descrever

Cerca de 614 frases e pensamentos: Descrever

Nem sei como descrever meus sentimentos ,sou um ser dolorosamente amargurado pelas decepções impostas a mim pela vida.Nesse momento vivo nas sombras ao lado de meus medos que com um tempo de certa forma se tornaram meus companheiros ,estão sempre ao meu lado,de alguma forma sou uma criatura fria e cruel,não consigo mais sentir ternura dentro do meu coração ,devo ser um ser sem alma completamente vazio por dentro apenas com um coração triste e desamparado.Peço que o senhor tenha piedade de mim pois não olho mais para o céu nem que seja para olhar as estrelas e só olharei de novo no dia em que existir uma estrela de sangue qual será a estrela que direcionarei meus pensamentos,não olho mais pois meu coração esfriou, perdeu a cor e já não é o mesmo com o qual nasci , a humilhação é capaz de mudar pessoas em segundos ,para mim viver é penitencia e morrer é lucro .

Sem mais

Broken-Hearted

SOLIDÃO

Solidão...
É difícil até descrever
dizer do que se trata essa dor aqui dentro.
Não a dor de um amor que vai embora
Não é a saudade que arde na despedida
Não é a vaidade, mas também nem sei explicar
Pra todo lado que olho ela está lá
vestida em sua capa de veludo cinzento
com aquele olhar sórdido e vazio
me acompanhando
me definhando...
Não sei dizer e isso é que sufoca.
Não é ausência de pessoas
nem de palavras
nem de silêncios
nem mesmo de sonhos...
Não é o desprezo no olhar
nem a vaidade nas mãos
nem o desespero nos gestos...

Não sei o que é,
mas poderia dizer mil coisas
que não seja...

Dizem que é solidão!

Marcela Melo

Complicado descrever sentimentos inacabados. Pior ainda tentar decifrar um coração que já não sente nada. Só resta um vazio por dentro com algumas máguas contínuas, resta lembranças boas e as vezes nos esforçamos para lembrar das ruins e fazer com que o nosso coração não se iluda mais. Mas parece impossivel esquecer o inesquecivel e, ai começamos a percerber que nenhuma música pode fazer com que os pedaços do coração se juntem denovo, começamos a percerber que nenhuma frase de algum filme romântico pode tornar eterno o que nunca foi, o que nunca será.

AmandPetrovic

posso tentar descrever tudo o que sinto por você, transformar em lindas palavras o que está escrito no meu coração, mas é tão grande, tão inexplicável. É acordar pensando em você, passar as horas e só ter sua imagem na minha cabeça e no fim do dia ir dormindo pensando em ti, mas como eu disse, eu posso apenas tentar descrever, tudo o que eu sinto é inexplicável e ninguém pode mudar. Este sentimento está gravado no meu coração e de lá, ninguém tira.

Melissa Lambrecht

Bom.. por muito tempo imaginei como descrever uma coisa que não pode ser descrita, uma dor é apenas sentida, com palavras ela não pode ser expressada. Não é a mesma coisa, o sentimento é mais forte, mas tentar descrever uma dor, seria como levar um tiro. É inesperado, às vezes uma simples palavra pode disparar uma bala em direção ao seu coração. A bala penetra na pele, abrindo um buraco e queimando tudo até chegar ao ponto alvo, o coração. Ela o perfura como fez com a pele, mas no caso é diferente, o coração é um órgão vital, com uma bala o perfurando nós morremos, mas essa bala é pequena demais pra matar, mas consegue fazer um estrago enorme. O estrago não pode ser visto no coração, apenas sentido. O que você vê é o quão mal a pessoa fica depois disso. A bala queima quando perfura, impedindo o buraco de cicatrizar totalmente, e nem que o tempo passe e passe é possível essa ferida sarar. O sangue perdido não é recuperado, a bala se aloja ali e a dor sempre permanece. Você me entende?

Melissa Lambrecht

Te Sorriso

As perolas que iluminam teu sorriso..tão lindo que não da para descrever.
São portas do eterno paraíso, que amei sem perceber.
Se eu pudesse percorrer todo o planeta certamente iria te encontrar, pois teu sorriso brilha mais que um cometa, e as estrelas em noites claras de luar.

Ney Forever

Ninguém pode se descrever em palavras, a complexidade de cada um é transmitida através de ações.

Sávio Moreira

Acho que não existe palavras pra descrever o que eu estou sentindo agora.

Gilbom

Musicas,me lembra você,historia me fazem te descrever,o filme é o momento que eu vivo com você.Mais tudo isso não passa de imaginação que ja não acredito que um dia eu possa viver.

Fernando Tayrone

Escrevo tantas frases tentando descrever você,mais nenhuma é a realidade que você é para mim.

Fernando Tayrone

Há algo em mim que não sei descrever. Não é mistério, mas desconheço por profundo!

Willian Ribeiro

Não tem como descrever, a falta que eu sinto de você, é algo insuportável e que eu devo suportar, é algo fora do comum. É ótimo te amar e triste imaginar que não posso te tocar. É em você que eu me acho, é em você que eu vejo minha felicidade. Te vejo transparente, me vejo espelhada em você e sem você meu mundo perde o rumo, meu coração já bate com esperanças de te ver, de poder dizer que não estou sozinha, quero um dia poder dizer que estou ao lado de quem eu amo, quero um dia dizer que vou me encontrar com você, quero que você saiba que todo meu amor é pra voce, só você!

Tio Marreco Tia Aline

Agridoce


Mania insuportável essa que o ser humano tem de querer descrever tudo; de querer saber falar sobre cada mínimo detalhe, cada gota de sentimento e cada cicatriz que um coração tenha. Mania de querer ouvir palavras - e que sejam as três mais pedidas, se possível. Esquecemos que somos feitos de instantes, e, clichês à parte, palavras não apagam nada do que foi vivido. Pois bem, é aí que você entra. Você e essa sua mania – pior do que a minha – de querer entender, de botar palavra, de tentar explicar.

Longe de qualquer estereótipo, você chegou. E fomos mais do que dois: fomos um nó apertado, bem amarrado. Até que um dia esse nó começou a te sufocar, e, de repente, você já tinha se soltado. Parecia que o sentimento não bastava. Você queria mais, embora também quisesse menos. Nunca te cobrei nada, talvez porque não quisesse ser cobrada, não sei. O que sei é que ainda escuto você aqui dentro. Nosso tempo passou, mas você ainda faz barulho.

Vez ou outra você aparece com essa sua mania de jogar palavras em mim, querendo mexer comigo, querendo que eu diga o que eu sinto. Mas eu não sei dizer, e não tem palavra nenhuma que consiga explicar o que um coração sente. Por que você simplesmente não aceita o que fomos? Uma vez na vida, sem explicação, apenas o sentimento. O nosso sentimento. Aquele, sem conceito algum, a não ser pelo rabisco de duas palavras que tentava definir o que se passava dentro de nós.

O problema é que você conseguiu me contornar tanto e inúmeras vezes, que acha que pode fazer novamente. E aí eu preciso me comportar quando você está por perto. Preciso me controlar, dizer que não e parar com aquela coisa de se deixar levar, porque senão você me contorna mais uma vez e eu vou querer te rasgar, te explorar, te conhecer melhor cada vez mais. Você vai voltar a ser meu livro preferido e eu vou querer inventar capítulos e mais capítulos, todos os dias. E depois vai acontecer a mesma coisa: você vai querer ir embora, eu vou ficar aqui, vou te perder, te achar, te encontrar mais uma vez e lá vem a mesma história de novo de novo de novo de novo de novo... e eu ando tão cansada de repetições.

Num dia desses, me peguei definindo você - ou atitudes suas, sei lá. Vai ver essa coisa de convivência faz a gente pegar um pouco das manias dos outros -, logo depois de conversarmos. Lembrei de tanta coisa nossa. Flores, cartas, anéis, presentes, músicas, guardanapos, confissões e outras lembranças. Lembrei que um dia você me pediu pra definir o seu beijo. Não sei se falei o que realmente acho, mas ele sempre foi apressado, quente, intenso... como se fosse escondido. Um instante com gosto de sempre.

Se você tivesse me perguntado agora, daria sorte. Em epifania, finalmente descobri a palavra exata: agridoce. Você e seu beijo. Indeciso entre o doce e o ácido, você é os dois, simultaneamente. Talvez por escolha, autoproteção ou, simplesmente, por não ter conserto.

Só queria que você soubesse que quando penso em você com o meu coração, algumas perguntas se respondem assim, facilmente. É involuntário, como as batidas taquicárdicas dele.


Será que você sabe?

Aline Mariz

‘Eu poderia citar o cheiro de uma rosa ao escrever um dos meus poemas, poderia descrever detalhadamente a sensação doce ao reencontrar alguém especial, ou simplesmente relatar as pequenas coisas que costumam me encantar. Mas ainda sim eu prefiro falar de ti.’

Cartas Guardadas

FELIPE

É difícil descrever com precisão a emoção da maternidade. É único, é maravilhoso, é um presente divino, enviado por Deus diretamente para nós.


Eu sempre quis ser mãe, desejei o Lipe antes dele ser concebido, amei cada segundo da gestação, enquanto ele crescia, tomava forma e mudava minhas formas, e mesmo assim, me olhava encantada no espelho pela vida que se moldava dentro de mim.


Enjôo, sono, idas diversas ao banheiro (grávidas urinam o tempo todo), falta de posição para dormir, nada foi pesado demais ou difícil diante da vitalidade que nasceu na minha alma com a vinda do Lipe. Ele é a melhor coisa que já aconteceu em minha vida e o melhor de todos os capítulos da minha história.


Eu jamais vou esquecer quando o vi, pela primeira vez, ainda envolvido pelas mãos do médico... lá estava aquele ser tão pequenino, tão belo e puro, que de mim dependeria para tudo, e eu já sabia, que a qualquer momento, se fosse preciso, daria a vida por ele. Ainda dou.


Os olhinhos amendoados, rosto de anjo, o sorriso desenhado pelas mãos divinas. Peguei no colo, acolhi em meus braços, não queria mais soltar, receio de como o mundo iria receber sua doçura.
Mas ele veio forte, corajoso, impetuoso, enfrentando tudo.


Dei meu colo, meu seio, meu amor; acompanhei as primeiras tentativas de passos, de palavras, de escolhas. Guardei no coração cada sorriso.
Dei a mão quando foi preciso, entrelacei os dedos diante dos medos, procurei bicho papão embaixo da cama, dormimos abraçados ao som dos trovões. Esquentei papinha, esfriei o leite, contei história, inventei canções de ninar. Sai correndo nos tombos, dei beijinho para sarar. Voei no aviãozinho para convencer a se alimentar. Dei banho, vesti, mostrei que tomada dá choque e choque machuca, que no escuro as coisas sozinhas não mudam de lugar, e o que a gente mexe, depois tem que arrumar.


Hoje ele caminha sozinho, toma banho sozinho, escolhe o que quer vestir, tem seu canal preferido, navega pela internet, sabe que bicho papão não existe, trovões não amedrontam mais, já prepara o próprio leitinho e quer saber de tudo. Cada coisa tem que ter um por que, é curioso e inteligente, mas ainda não aprendeu a colocar as coisas de volta no lugar , só a mexer. Ainda corre para meu abraço quando quer abrigo.
Hoje me ensina muito mais do que eu a ele.


Cada vez que ele me diz "eu te amo mamãe" minha fé se fortalece, só Deus pode ter criado algo tão sublime. É com o sorriso dele que ganho nova energia para continuar na estrada.
Se o dia foi ruim, é só encontrá lo, para expulsar o que é ruim do meu mundo e ter a certeza que tudo vale a pena.
É minha luz, minha razão de viver, minha centelha divina.
Meu pequeno GRANDE AMIGO
Felipe te amo!!!

Janaina Cavallin

Me peguei aqui pensando novamente em você, e tentar descrever pelas palavras que saem do meu coração e que minhas mãos tornam reais, o significado de te amar, porém palavras não existem para descrever o sagrado.

Percebendo o tamanho disto e a força que tem sobre mim, lhe peço, me ame um pouco do que te amo, assim, meu coração se sentira recompensado.

Você é uma das minhas melhores inspirações para ver a vida com olhos de amor, você é aquele belo sonho embalado por uma trilha sonora que não sai da cabeça e estou certo um dos melhores dos meus amores.

Só quero que um dia tranque seu quarto, apague todas a luzes, coloque uma música que faça lembrar de mim, e ali na companhia do silêncio, olhe para dentro do seu coração, e se pergunte, quem faz ele bater mais forte, quem faz com que ele sinta uma dor sem doer e associado aos seus olhos, quem faz ele disparar em um olhar, se uma das respostas for eu, não perca tempo, pois ainda espero o dia que você perceba o quanto podemos ser feliz pelo simples fato de aceitar que sou eu que seu coração quer.

As vezes o tolo é aquele que ouve o coração, porém quase sempre o infeliz é aquele que ouve as razões para não amar, seja o tolo.

Rogério Stankewski

[...] Como poderia eu aqui descrever o nascimento de uma amizade, ou da simples saudade? Eu como muitos, não lembro o sonho de ontem e talvez não me recorde muito do passado [...]

Lucas Barbosa Bernardi

Descrever infinitos aspectos em termos de palavras e experiências finitas é impossível. Os grandes sábios versados nos Vedas e nos Mantras compreenderam que não era possível explicar e descrever os aspectos de Brahman em termos de palavras, e apenas os indicavam através do
seu silêncio.

Sri Sathya Sai

Me achava um poeta, pensava que sabia escrever e descrever sentimentos. Pensava ser.

Luis Eduardo Valensi

De muita coisa não sei por quê??? Muita coisa não consigo descrever, nem demonstrar!
Só sei que são como bola de neve, ambos...
"...é como ter aquela famosa briga de cães dentro de mim!
...é como estar com uma colher de duas gotas de azeite nas mãos, e tentar ver tudo o que é belo!"
Eu sinto tudo, eu sinto essas forças estranhas, que agem a favor e contra..
Eu tento competir, mas não é bem assim, tenho meu lugar, só preciso encontrar, faltei em não procurar...
Nem sei direito se o que estou escrevendo chega perto do que sinto!!!
...Eu não preciso contar se falo com o Criador e se o Criador fala comigo, mas hoje confesso que Ele é meu melhor amigo, está aqui comigo, e não precisou que alguém me dissesse isso, eu sei disso, todos os dias Ele me levanta e me poe pra dormir...
Eu tenho algo maravilhoso que desfruto, tenho algo poderoso a meu favor!
E utilizo as armas do meu inimigo também!
Eu sei de todos meus erros e acertos e isso me suga!

Muita gente vai falar que estou exagerando, vão me lembrar do que já sei, e me dirão minhas qualidades, mas as verdadeiras qualidades que realmente acredito não estão nos meus atos, o que pra muitos eu pareço fazer bem, saberei se estou fazendo mal, mais é por que defeitos são ignorados, ninguém gosta de assumi-los, e a maioria dos defeitos se vestem de qualidades!!!

Maiara Belle