Desatino

Cerca de 64 frases e pensamentos: Desatino

Título: O décimo terceiro primeiro nada deteriorado.

Posto que vivo num maravilhoso desatino;
em teatros e não em teses,
não me exauro diante de Brecht,
à uma da aurora sozinho.

Ah se tubarões fossem homens,
vangloriaria tu cidade lírica,
e que num arpoador em chamas,
estou em recôndito e não em brasília;
e cada vez mais sucumbido,
espiolho cigarros de dúvida,
que os admito.

Saibas que desnorteio a quem me procura em vão,
não andam concedendo companhia,
prefiro o mar de solidão.

Quem não imerge só;é analfabeto,
ainda que tenha um teto,
quem não compila efervescência em campos de questionamento,
intitulo em matéria de saber como um ser;
demasiado abjeto.

Daniel Muzitano

Alguma vezes prefiro a tranquilidade; outras o desatino da insanidade, porém o normal é muito pouco, ser diferente te faz ousado e a ousadia sempre surpreende

Grazielle Dias

Eu tenho uma meta, não um destino
a meta é escolha, aceitar a natureza é desatino.

Evan do carmo

Esta paixão desenfreada: Foi um desgoverno repentino [que surpreendeu até os Deuses] ou foi desatino do destino?

Fabi Armond

O que é que a gente faz quando a saudade vem e traz com ela o desatino?

Eliane Brandão

Minha tela de aquarela
Desatino sem dor só amor
Meu bem querer do meu querer
Minha tatuagem da minha alegria

SANDRA MELLO-FLOR

Noite fria

Sem caminhos e sem destino
Aqui o que deixaste.
O tempo em desatino.
Tudo, desfolhaste.

Somente guardo o segredo.
Um pouco de medo.
Sonhos que tive outrora.
Neste espaço agora.

Impregnado estão.
O seu perfume.
Em meu corpo como costume
No momento a emoção.

São as marcas que ficaram.
E, por pouco se tornaram.
Sentimentos doloridos.
Que devem ser esquecidos.

KÁTIA PÉROLA

Postado por Beleza Rara

Kátia Pérola

caminho nas trevas em desatino,
despenco cada sentido,
na tua alma ainda sinto,
a chama que floresceu nosso amor.
por celso roberto nadilo

Celso Roberto Nadilo

O sonho distante parece nunca se aproximar, parece um desatino sem caminho a caminhar.
Queixo me da minha solidão, dos desafios nulos que a vida constrói, derruba e destrói.
Pois antes era um tempo paz, sem saber, sem muito querer, apenas feliz na minha consciência.

Jorge Mello

Que o amor seja a força que me contagia
a paz que me orienta,
e o desatino que me faz sentir viva....

Ely Fênix

" Amor não tem razão,
não tem juìzo, é um desatino.
Amor é barulheira no meio da noite.
É um tal de que nos pega de açoite
E sem nada dizer
Ás vezes nos deixa só.
É uma brincadeira séria,
uma idéia.
Amor não tem exclamação.
Vive-se e esvai-se de amor.
Mas pra quem espera resposta e opinião
Saiba, meu amigo.
Que amor é (in)conclusão".

Denise Lessa

"Amor que desnuda-me, leva-me ao desatino e ao desejo mais secreto. Não...Não entrego-me a ti, porque sei que tu não passas de um capricho meu."

(Flávia Abib)

Flávia Abib

Quando turbilhões de sentimentos, coloca em desatino nossas certezas,pode ser por qualquer motivo aparente. Mas, quando essas certezas, passam a ser dúvidas frequentes, deixando tudo de cabeça para baixo, é hora de fazer o balanço do que realmente importa e vale a pena. Assim como sabemos apaixonar com um simples sorriso, perturbar com inofensivo desprezo, somos capazes de sentir quando certas coisas estão acontecendo ou estão para acontecer. Simplesmente porque sexto sentido de mulher é foda! E aí, sem rancor, possa ser a hora de dar beijinho e tchau, tchau!

Nataly Celina

O Tempo, meus amigos, o Tempo está roubando coisas de mim. Tamanha veemência e desatino, me lembram muito bem que, anos atrás, não era assim. O Tempo tem me ultrapassado, descompassado, fingido não se passar por mim. Decidi ter uma conversa com o Tempo para atarmos uma relação agradável e pedir mais uma vez que ele não me deixe apenas no passado.

Eu perguntei:

- Ríspido, o que tens contra mim?

O Tempo me respondeu:

- Estou farto de ser descuidado e ser usado como desculpa, fingindo que não me tem. Estou cansado de ser perdido em horas em vão. Estou cansado de ser perdido! Se você não tem tempo, tenha tempo para mim.

O Tempo, meus amigos, o tempo está roubando coisa de mim. Nesse nosso relacionamento, já dei adeus ao fôlego, às lágrimas, aos agouros; tamanha veemência e desatino, lembro-me muito bem, ainda não teve fim.

Fabrício Hundou - um autor desconhecido.

Ó doce desatino!
Tanto palpita de inquietação.
Cê tão previsível quanto o destino;
Cê tão controlado quanto a emoção;
Cê tão quente quanto a chama do fogo ardente da paixão;
Cê tão tranqüilo quanto a tempestade de uma noite fria de verão;
Cê tão breve quanto o infinito;
Cê bem mais do que eu acredito.

Aline K.S.

Ando perambulando noite a dentro
ando desconvexa
ando desatinada
ando na andança do desatino
desatino de querer
desatino de não poder
ando de dor
ando de teimosia
ando de raiva as vezes
mas na maioria dos dias amor
constrangimento
algo inexplicavel
algo não publicado...........
publicado em meias verdades
publicado em gestos
publicado em caricias debaixo da mesa
estimulado em olhares
estipulado pelos arredores
estimado em mim

renunes

Furou-se a bola do destino.
Calaram-se Luigi e Mário.
Aterrissou-se a pandorga em desatino.
Ficaram no quarto os monstros temerários.

O vidro ficou inteiro,
A porta não mais se abriu,
Dias tristes e sem travessuras
Depois que o menino partiu.

A grama dominou os caminhos.
Enferrujou a gaiola,
O vento soprou sozinho,
Sobrou uma mesa na escola.

O sabão não fez mais bolhas,
A tristeza fez a vida em pedaços.
Do coração caíram todas as folhas.
Faltam na alma os infantis beijos e abraços.

Moacir LuÌs Araldi

E, de repente, você acha que tudo está perdido
que o destino é um desatino a te apunhalar...
que o teu momento herói, passou a ser bandido,
que passou a ser antigo o que ia se realizar!

Que o grande amor, já é dor na tua vida,
que o teu mundo começou a desabar,
que não existe mais a fé, nunca esquecida,
que já é ferida a cicatriz de um estagnar!

É quando surge uma luz...
E acalenta a tua alma te dando forças,
concedendo-te o direito de, novamente, ser feliz!

Robson Ruas

meu desespero
mundo infinito...
minha solidão...
desatino atroz,
quero tudo pare de acontecer
mais nada não passa de fato consumado,
olhando para o vazio das minha emoções,
nada pode ser tão real quando olhar para profundezas,
o celular toca não palavras para ser ditas.
tantas coisas que não ligo se existem...
mesmo quando acordo nada pode me agradar,
olho para as maquinas mais não existe sentimento,
conduzo meus pensamentos ao longe,
para todos são realmente leigos...
paralisado num olhar de sentimentos vazios,
querem te fazer ser uma coisa...diante a solidão.
não me diga sou especial ou igual qualquer um,
tento valoriza os termos mas nunca foi um opção...
o desespero de algo tão imenso e profundo,
tuas palavras nunca chegam perto do que sinto.
mesmo com olhos cheios de lagrimas,
não a respostas para um versão
do sou o que já fui diante que esta dentro do peito.
por celso roberto nadilo

Celso Roberto Nadilo

Desatino do amor
“O simples desatar da insanidade de amar”

Ela te percebe e mira,
Alcança-te e conhece,
Enrubesce-se.

Ela te vive e faz vivo,
A todo tempo contigo
Espreita o perigo.

E começa a suspeitar
Do arraigar de um veneno,
O veneno de amar.

Num desatento,
A sedenta doença
Traz o fim adentro
Neste amor sonolento.

Traz um fim violento,
Antes que o verdadeiro
Possa se despertar.

Douglas Azevedo