Depoimentos para Mães

Cerca de 367 depoimentos para Mães

Os pais fazem os filhos com muito prazer e as mães com nove meses de sofrimentos e perturbações que se prolongam por toda sua vida.

Alvaro Granha Loregian

As mães possuem tanto amor pelos filhos que, se pudessem, teriam todos eles ainda na ponta dos seus cordões.

Alvaro Granha Loregian

Existem pessoas que perderam suas mães e que mesmo sendo difícil, conseguem viver. E você ainda acha que não vai conseguir superar aquele relacionamento que não deu certo?

Aline Galvão

"Somos todas mães adotivas, sejam elas geradoras ou postiças... A verdade é que a mãe biológica dos nossos filhos é a vida."

Paloma Muniz

"Deus não podia estar em todas partes ao mesmo tempo,
por isso criou às mães.
Algumas mães são carinhosas e outras são repreensivas,
mas isto é amor do mesmo modo.
Teus braços sempre abre quando preciso de um abraço;
o coração sempre compreendi quando preciso de uma amiga,
teus olhos se endurecem quando preciso de uma lição,
tua força nos dirigi pela vida e nos dão asas para voar...
Tu que é mais que uma verdadeira amiga;
nas dificuldades que repentinamente cai sobre nos,
nas adversidades, nos momentos bons de prosperidade...
Existem certas tempestades na vida que nos abalam, que nós deixa desacreditados, parece que tudo deixa de existir, nosso mundo desmorona.
Mais tu tem a capacidade de nos ouvir em silencio,
adivinhar meus sentimentos e
encontrar a palavra certa em momentos incertos.
Mãe teu amor é sincero sem exagero;
teu amor educa, nos aconchega...
Teu amor por mim é diferente de qualquer outra coisa do mundo;
nos te amamos sem saber e só nos damos conta desse amor no momento
da derradeira separação...
Mãe, uma palavra pequena com significado infinito pois quer dizer amor, dedicação, renúncia, força e sabedoria.
Agradeço a DEUS por ter me dado este presente maravilhoso."

Storm

Boas mães podem vir em vários estilos. Nenhuma mãe é perfeita, mas todas têm sabedoria. Alimentar nossa própria auto estima é essencial, para nós mesmas e para nossos filhos. As diferenças que temos entre nós, diferentes mães e mulheres, é bom.
Nós não precisamos invejar o estilo de maternidade de nossas amigas. Nós somos suficientes, exatamente do jeito que somos. Maternidade é importante. É nosso jeito de dizer ao mundo que estivemos aqui. Nós precisamos menos 'faça desse jeito', e mais apoio para encontrarmos nosso 'próprio jeito'. Toda mãe tem forças e fraquezas de acordo com a personalidade de cada uma de nós, que se completam e fazem quem somos, e quem nossos filhos precisam.
(Joy of Motherhood, 2011)

Chris Ayres

Se voce considera normal que pais e mães espanquem seus filhos e isso seja chamado de disciplina educativa, então ignore a mínima possibilidade de que eu e você pertençamos ao mesmo mundo!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Noite Traiçoeira

Nesta madrugada recebi duas notícias trágicas, faleceram as mães de dois grandes amigos meus.

Eu já não me sentia bem desde quinta-feira, uma angústia, um aperto no peito, uma sensação que eu detesto sentir. Liguei para alguns amigos só para me certificar que estava tudo bem, para outros passei mensagens pela internet e celular. Na sexta-feira, tive um dia que maos parecia um pesadelo, tanto em casa quanto no trabalho e na madrugada de sexta para sábado recebo estas notícias.

O que me toma no momento é um sentimento de total impotência. Que posso fazer eu para tentar amenizar a dor de duas pessoas que eu gosto tanto?

Posso tentar dizer mil coisas que de nada adiantarão, só me resta me fazer presente mesmo que distante, e gritar meu silêncio!

Amo vocês meu amigos, não sei mais o que dizer...

Jussara Alves

FILHA ÉS E MÃE SERÁS


Maio se aproxima e com ele o “Dia das Mães”. O comércio tem destas coisas, dedica um dia para cada profissional além das festas mais nobres como o Natal, o Ano Novo, a Páscoa, o Dia dos Namorados, com o objetivo de aumentar as vendas que explodem ajudados que são pela mídia que faz seu papel de incentivar o consumo.
Mas não é disto que quero falar. É de mãe, nada mais sagrado, nem o Natal ganha delas no quesito emoção. Mãe é mãe, vó é mãe, bisavó é mãe da mãe da mãe, tia é quase mãe e todas merecem presente. O comércio se farta, as floriculturas esvaziam seus estoques e os modernos e sem custo cartões virtuais são enviados a todas as mulheres da rede.
Mulher é sinônimo de mãe. Se já foi ou vai ser não importa. Apetrechada para isto todas são. Basta botar a funcionar.
Desde muito pequena escutava minha mãe profetizar sempre que eu aprontava alguma arte mais grave “filha és e mãe serás” Isto me soava meio que ameaçador, quase uma praga, um futuro castigo por eu ser teimosa, rebelde e desobediente, coisa que sou até hoje. Mas cheguei lá e sou mãe também. Em razão disso não acredito muito nessa “Dia das Mães”.Delas são os trezentos e sessenta e cinco dias e seis horas de todos os anos e dos próximos séculos dos séculos, amém.
Sei disto desde que aquele espermatozóide espertinho alojou-se no óvulo da predestinada e decidiu “daqui não saio daqui ninguém me tira”. Naquele momento passei de filha a mãe. Quando dei por mim estava pagando meus pecados, conforme as predições de minha progenitora. Estômago embrulhado, corridas-relâmpago ao banheiro, seios doloridos, uma preguiça que só Deus sabe. Há, mas que bom seria se tivesse ficado só nisso, mas à medida que a barriga ia crescendo os pés inchavam, as estrias aparecendo,
Uma fome de estivador que me fazia engordar cada vez mais.. Sexo, nem pensar, o cigarrinho , a cerveja gelada de domingo, as festas, tudo proibido. Mãe! Já era mãe, cumprindo a primeira etapa desta missão que é a mais importante da nossa vida. Estava gerando um novo ser, o que só a natureza feminina consegue fazer.
E veio o parto. Sem nenhum preparo psicológico, arrebentei meu corpo, gritei e esperneei
Por algumas horas até que saltou de dentro de mim um menino enorme,gordinho e cabeludo, agitado , chorando alto, vivo e saudável. Só faltou dizer “oi mãe, cheguei sou a praga que a vovó te rogou”. E eu me apaixonei na mesma hora por aquele serzinho indefeso que eu produzira no meu ventre.

A partir daquele dia todos os dias foram meus dias de mãe. Noites e noites acordando a cada três horas para alimentar meu filhote. Ele crescendo e eu definhando de sono, mas a sensação que dá a maternidade é de plenitude e nem me lembrava mais como era dormir sete horas corridas. Afora isso durante o dia havia fraldas e mamadeiras, passeios ao sol, banhos, papinhas e tudo isso somado ao trabalho diário que tinha que ser feito na casa..
Depois vieram os primeiros passos, os cuidados para que não caísse nem se machucasse. E veio a idade escolar, o primeiro livrinho, as lições de casa, as festinhas na escola, os amiguinhos. Não muito tempo depois as saídas noturnas, os grupinhos adolescentes, o perigo das drogas, o medo da violência.
Mas vai passar, ele vai crescer e se tudo correr bem até completar dezoito anos apenas terá algumas amigdalites, torcerá o pé e na pior das hipóteses um braço quebrado e uma cicatriz na testa. Como é arteiro vai dar umas escapadinhas de casa no carro da mãe(sem habilitação, é claro), pelo menos uma meia-dúzia de vezes. Afora isso você será chamada à direção da escola para receber uma queixinha básica que pode ser uma nota baixa ou uma aula cabulada, coisa de guri.
E ai, meninas, chega aquele dia em que o nosso bebê engrossa a voz e se recusa a ficar despido na frente da gente. É isso mesmo; virou homem. Você terminou a maior parte da tarefa. Deu trabalho, mas valeu a pena, você pensa. Sou mãe de um homem de caráter, trabalhador e honesto . De quebra é um pedaço de mau caminho . Está assim de mulheres atrás dele. E ela chega. A outra. E, em vinte minutos, toma de você a obra prima que você levou vinte anos para construir.Você não se cuidou para cuidar dele, não dormiu para velar seu sono em todas as noites que aquela febrezinha apareceu de repente você ficou ali, vigilante, de termômetro na mão, carregou no colo, ensinou tudo que pode. E ela leva a melhor e ainda se permite o desplante de não simpatizar com você e chamar sua obra de arte de “filhinho da mamãe”, de “mimado” e por aí vai.
Nesta hora é que consegui entender o que minha mãe queria dizer com sua célebre frase “filha és e mãe serás”. Compreendi também que faria tudo de novo. Agora caberia a mim repetir a famosa frase materna, mas não vou fazer isso. Sempre existe a possibilidade de estarmos diante de uma boa moça que cuidará do nosso rebento quando estivermos velhas e cansadas. Quem sabe até serão generosas a ponto de nos presentearem com lindos netos, açucarados como dizem que são esses anjinhos .
Aí, quem sabe, a gente não vai achar o máximo ter “Dia das mães”, das Vós, das Bisavós?

E quando pegamos no sono assistindo a novela eles vêm tirar os nossos óculos e nos dar um beijo com sabor de chocolate. Amanhã será “Dia das Mães”. Os bombons e as flores já estão escondidos em algum lugar da casa.
Vida é isso...

Maria Alice Guimarães

Mães choram pelo trabalho que os filhos dão, outras pelo trabalho que não houve...

Rosivandro AA 13

As mães, depois de Deus,são os que nos ama de verdade.A relação é importante com sabedoria.poque se não, essa mãe poderá ter um destino feliz ou de muita tristeza com esse filho. E só ela dará de conta para vida. Oque não se tem filho de um homem, para colocar outro no lugar.Apenas com o perdão e a sabedoria de nosso senhor Jesus. Deixar que Deus, forme uma nova família, se caso precisar de um novo parceiro.

Marco Aurelio Santos Roteirista

Flores no dia das mulheres...
Flores no dia dos namorados...
Flores no dia das mães...
Flores e flores...
Mais valem flores num dia qualquer, pois todo dia é dia de vocês mulheres, quer sejam mães, namoradas, amigas. Seres perfeitos mesmo nas suas imperfeições. Ser que gera a vida, eis que divino! Amo, admiro, respeito e considero as mulheres da minha vida...
Um carinhoso beijo e abraço apertado nelas!

Fernando Azeredo.

Minha homenagem as mães

Mulher virtuosa quem a achará ?
O seu valor é maior do que o dos rubis.
Já dizia o sábio Salomão, mil anos antes de Cristo.
Posso afirmar, sem dúvida, que minha mãe é uma destas sábias mulheres.
A minha progenitora é uma guerreira, sacerdotisa e mãe maravilhosa.
Para ela e para todas as mães, escrevo estas linhas.

Sem mães o mundo não existiria, o caos imperaria.
A luz não iluminaria, pois o dia, sol não teria.
Quem tem mãe tem colo.
Quem tem colo tem carinho.
Quem tem carinho, tem auto-estima.
Quem tem auto-estima, enfrenta a vida com vantagem.

Mãe é perfume que se desprende da rosa.
Mãe é estrela que guia de noite.
Mãe é alegria na hora da tristesa.
Mãe é amor quando todo mundo te odeia.

Quem perde a mãe, perde muita coisa.
Quem perde a mãe perde afeto e atenção.
Quem perde a mãe perde emoção.
Quem perde a mãe é como se perdesse o coração.

Mãe te amo. Mãe te admiro.
Não pelos teus feitos heróicos que a mídia não dá valor.
Mas pela compreensão, na hora dos meus fracassos.
Foi você que me ensinou andar.
Foi você que me levantou quando tropecei e cai.
Foi você que creu em mim, quando todos se tornaram incrédulos a meu respeito.
Foi você o meu porto seguro, quando as águas do mar bravio, se precipitaram contra mim.

Mãe, eu ainda era um garotinho.
Garotinho teimoso e desobediente.
Quando você me ensinou.
Ensinou-me a amar a Jesus e seu livro de capa preta, a bíblia sagrada.

Obrigado mamães de todo o mundo.
Porque as maiores dádivas que vocês nos deram, não foram tesouros materiais.
Mas foi a vossa presença. O vosso amor. o vosso exemplo.
Mamãe, serei eternamente grato a ti, pelo que sou e ainda serei.
Porque mãe virtuosa como a minha, só pode ser um presente divino.
Parabéns mamães! esta semana é de vocês.

Davi Alencar Santana

No dia das mães, lembre-se de que, para você, o dia da sua mãe não deve ser reduzido a um só dia. Mas sim distribuído nos trezentos e sessenta e cinco dias do ano.

José Guimarães

Dia das Mães
Mãe!É aquela pessoa que me faz feliz!
Mesmo que me dê broncas, me faz sorrir!
Seja de sangue ou não, está no meu coração!
Corro para seus braços quando preciso de ajuda!
Nos momentos difíceis é minha amiga e me escuta!
Seja ruiva ou morena ,dê muito carinho ou não...
Mãezinha querida eu te amo de montão!
Para todas mães do mundo!
Nós te amamos muito!
Feliz dia das mães todos os dias!

Giovana de Carvalho Florencio-Campo Grande MS-2012

Mães, mulhereres agraciadas com o dom da vida.. criaturas quase mágicas, sobrehumanas que todos os dias travam muitas novas batalhas em seus lares, seus trabalhos e dentro de si mesmas.
Ser Mãe é ser o princípío e o fim. O princípio pois são elas o mistério de Deus, tem a dádiva da vida. E o fim, pois sem elas nosso mundo parecem simplesmente não existir mais.
Mães são definitivamente, como dizem, tudo igual. Só muda o nome e o endereço. E não importa se ela não te deixou ir à aquela festa maneira, isso não diminui o amor dela por você. Não importa se ela não aceita as suas escolhas, mas sim se ela está ao teu lado quando você tomá-las.
Eu posso não ser mãe, e não ter dos melhores relacionamentos Mãe&Filho mas de uma coisa eu tenho certeza. Não há nada nesse mundo que substitua ou se compare a uma Mãe.

Philipe Sotte

Bendita sois vós todas as mulheres, que do seus ventres nos trouxe a Vida!
Feliz dia das Mães à todas as mulheres, rainhas, seres preciosos e eternamente idolatradas por nós seus filhos!

André Suhanov

Para que fazer citações as mães?
Se elas já são toda uma filosofia, toda Poesia.
Toda uma história de vida
Minha, sua e dela.

Axi Reed

Mãe é plural! Tem nome próprio, mas muito se parece com Maria. Mãe de Jesus, mãe das mães. Por isso plural! Mas tenho pra mim que a minha é única, porque eu sempre vivi o singular da vida, minha mãe.
Mãe é verbo! É AMOR divino. Mas na particularidade dos meus dias chamo ela de vida, que não é verbo, mas liga todas as minhas orações com Deus.
Mãe é adjetivo! Adjetivo é aquilo que a gente de forma especial esconde para não tê-la que chamar de santa. Mas por meguice, eu digo que ela é sujeito. Quando falo: "Com ela eu aprendi a ser forte". Onde está o sujeito? Mãe! Não dá pra contestar...
Mãe é passado! Construiu nosso caráter desde quando nos ensiou a dá os nossos primeiros passos, nessa simples tarefa quando ela nos ensina a ficar de pé é porque não merecemos estar no chão. Mas por ser opiniosa perfiro definir a minha como presente, presente que Deus me deu.
Mãe é quantitativa! O mundo precisa de milhões dela pra se manter instável. Não, pra mim, minha mãe é qualitativa... tem que viver a experiência diariamente, não apenas ser uma.
Mãe é origem! Ela descende de Maria, tem história perculiar no mundo. Mas na minha ingenuidade vejo a minha sendo história constante, ela escreve sobre minhas páginas em branco aquilo que a vida traduz como aprendizagem.
Mãe é teoria! Nos ensina e nos mostra os melhores caminhos a ser seguido. Não, não... pra mim, mãe é prática. Ela segura na nossa mãe e nos acompanha até o dias em que seus cabelos brancos resolvem parar de envelhecer.
Mãe é riso! É a alegria continua de um abraço apertado. Sou teimosa, ao meu ver mãe também é choro. É aquilo que a gente chama de saudade, e é sempre tão grande que se materializam em lágrimas.
Mãe é frio! Quando estamos nas temperatura altas da vida ela nos ameniza com sua frieza aconchegante. Mas a minha é calor... que me aquece, e trabalha todo dia arduamente deixando escorrer no seu rosto o suor da dignidade.
Mãe é mistério! Caixinha de surpresa que mesmo com o passar do tempo ainda esconde um saber que a ciência nunca vai conhecer. Às vezes, insisto em dizer que a minha é lógica, que eu já sei de có seus passos... biologicamente eu sei de todos seus traços fisícos, mas sou incapaz de saber a imensidão do seu coração.
Mãe é prevenção!Vive a intuição dilacerada de um cuidado exagerado. Mas a minha é impasse, é cautela, é permissão... mas tudo envolvido com os lenções maternais de preocupação.
Mãe é amor que eu não entendo... porque eu só conheço a experiência de filha. Mas sei o dever que ela exerce, sei das suas noites mal dormidas, dos seus anseios deixados de lado, da sua calmaria, do seu infinito prazer em cuidar da sua cria; e só por isso eu conheço, mas de verdade, esse amor só se sabe quem vive o ofício sagradro de ser uma.
E mais uma vez parafraseando: Mãe, quem dera se por um segundo de descuido, Deus te fizesse eterna.

Mírian Leite