Depoimentos para Genro

Cerca de 116 depoimentos para Genro

Meu bem, faça das minhas palavras teu refúgio, sem medo. Pois no meu silêncio jamais encontrará abrigo.

Paulo Genro Fh.

Eu sou uma pessoa horrível,
De aparência, atitudes,
Jeito de ser, enfim,
Tudo mesmo.
Mas sou um paradoxo,
Pois também sei ser belo,
Quando falo, quando sorrio,
Quando sinto.
Amizade, amor
E tantas outras coisas
Capazes de mudar um ser humano.

Paulo Genro Fh.

Eu quero dias melhores, noites melhores, sonhos melhores. Quero uma vida melhor, e o melhor do amor que eu puder ter.

Paulo Genro Fh.

E eu, bem, minha querida,
Sempre fui uma tempestade
De emoções, tristezas,
Felicidades, lágrimas, risos.
Sempre tive isso comigo,
Um furor sem igual,
Uma pressa de ser feliz,
De fazer o futuro, agora.
De encontrar o amor,
De viver uma dor - inevitável.
Corremos riscos,
Uns de mais, outros de menos,
Sempre em busca de alguma coisa,
Algo bom, ou não,
Que preencha o vazio da vida,
E nos faça seguir em frente.
Seja pra viver, ou superar,
Rir ou chorar.

Paulo Genro Fh.

Como se adiantasse, eu fechei os olhos e rezei. Nada mudou depois, mas eu me senti melhor.

Paulo Genro Fh.

Encontrei meu rumo, seguindo a luz dos teus olhos.

Paulo Roberto Genro Filho

Permita-se!

Não, minha religião não é personificada em igrejas, minha religião está além disso. Minha religião está na fé que tenho em Deus, não na igreja. Minha religião é a fé que tenho em mim. É permitir-me. Sorrir, ser feliz. Minha religião é um perfume, uma boa música.
É caminhar pelas calçadas e saber retirar de cada passo que dou um pouco de alegria. Minha religião é comer, deliciar-me com tudo de bom que a vida pode me oferecer. Minha religião é a minha vida.
Segui-la, pra mim, é a coisa mais fácil, depende unicamente de mim fazer o que está ao meu alcance pra torná-la melhor, pra fazê-la vida, deveras. É tudo tão simples, tudo tão fácil. Tudo dá certo quando está tudo certo. E não é difícil deixar as coisas certas, como devem ser.
Se existe algo no mundo mais fácil do que deleitar-se num banho frio, e vestir aquela roupa perfumada, até hoje ainda não aprendi a fazê-lo. É tudo de uma simplicidade palpável, e infelizmente muitas pessoas não percebem que a felicidade está nas mínimas coisas.
Ser equilibrado, não é ter uma vida perfeita. Ser equilibrado é, justamente, permitir-se. Comer sem medo de engordar; emagrecer sem ter que se privar daquilo que gostamos; rir de coisas sem graça; sorrir sem motivo. Tudo é tão intrínseco, principalmente os motivos que nos levam a sorrir, não precisamos dar satisfações a respeito de nossas expressões faciais.
Permitir-se é dizer “eu te amo” a um amigo, ou a uma amiga, sem medo de que aquilo possa transpassar outra espécie de sentimento. Permitir-se é viver intensamente cada minuto. Ser ébrio, e saber ter sobriedade nos momentos que a requerem. Permitir-se não é ter uma vida estreme de problemas, mas sim saber que eles fazem parte da vida, e que nada nem ninguém têm o poder de resolvê-los, além, claro, de nós mesmos.
Permitir-se não é uma atitude, é uma religião que, acima de tudo, nos valoriza e valoriza os meios que usamos para viver. Sem cobranças, permita-se... Permita-se ser amigo. Permita-se amar. Permita-se perdoar, mesmo aquelas coisas que parecem não ter perdão. Enfim, permita-se se permitir. A vida é muito maior do que qualquer coisa, é nosso bem mais precioso. A vida passa rápido demais, é como um frasco de perfume... Quando menos esperamos, acaba. A diferença é que não podemos comprar outra vida como compramos um frasco de perfume. Então, por isso tudo, permita-se.

Paulo Roberto Genro Filho

Bom dia! Tudo bem? E por que não estaria, não é?! Tudo é tão bonito, e se olharmos a nossa volta veremos que não temos motivos pra sermos infelizes, a não ser que queiramos tal situação para as nossas vidas.

Paulo Roberto Genro Filho

Deus dá a cada um de nós exatamente aquilo que é merecido, e lhes garanto, ela não nos quer tristes, apesar de passarmos pro provações, é tudo sempre muito necessário.

Paulo Roberto Genro Filho

Felicidade é muito mais do que uma palavra, é um sentimento, e deveria dominar nossos corações, temos que aprender a vivê-la de modo verdadeiro e intenso, assim, nos momentos e nas quantidades exatas, por mais que sejam ínfimos, são momentos de felicidade, e pra se chegar à plenitude desta, temos que saber juntar tudo, e percebermos que nada no mundo acontece por acaso.

Paulo Roberto Genro Filho

O contentamento está dentro de mim, assim como está dentro de você. Não adianta sairmos por aí atrás da tão sonhada “felicidade” sem ao menos olharmos pra dentro de nós, e percebermos que a real felicidade está ali, encolhida num canto da nossa alma.

Paulo Roberto Genro Filho

O contentamento e a felicidade são duas coisas intrínsecas dentro de nossos seres, são essencialidades que fazem de nós capazes de senti-las, mas, porém, temos que saber onde, realmente, elas estão.

Paulo Roberto Genro Filho

Nos falta fé, nos falta amizade, fraternidade, carinho, amor... ter fé não é o mesmo que ter religião, e infelizmente, muitas pessoas confundem essas duas coisas tão distintas...

Paulo Roberto Genro Filho

Nos falta tanta coisa... e é repúdio que sinto a alguns acontecimentos que vem nos cercando. Guerras, violência, todas essas coisas que estão terminando com o dom de amar das pessoas, todas essas coisas que estão terminando com a humanidade, que há tempos já era pouca.

Paulo Roberto Genro Filho

E aquele casal tão bonito, aquele sentimento tão profundo – que só ele tinha – foi todo por água abaixo, terminou, assim: pff, acabou, e ponto.

Paulo Roberto Genro Filho

Perco-me em seu olhar,
No acorde doce da sua voz,
No toque macio da sua pele.

Paulo Roberto Genro Filho

Não, moça, não me pergunte como, você sabe muito bem que não se deve, nem tentar, entender o que o coração faz.

Paulo Roberto Genro Filho

Eu pedi um dia, acordar pela manhã e ver o amor sorrindo a mim. Pedi que tudo fosse melhor e mais bonito, que tudo desse certo, ao menos uma vez. Um dia, eu pedi que todos soubessem amar, e que todos soubessem corresponder aos meus sentimentos...

Paulo Roberto Genro Filho

Saudade é aquilo que vem em forma de lágrimas e vem do mais profundo dos nossos sentimentos, e arrebata tudo o que vê pela frente.

Paulo Roberto Genro Filho

Amizade, não se explica, simplesmente acontece, e é uma das formas mais puras de amar.

Paulo Roberto Genro Filho