Depoimentos de Término de Namoro

Cerca de 772 depoimentos de Término de Namoro

Eu vejo a vida como um enorme livro, que povoado de historias inicio e termino uma a uma, deixando desta historias apenas a lembrança.
Mas deste livro me dói a distancia, que com a quantidade de historias anseio pela perspectiva de uma historia mais longa e completa.
Mas nas historias do meu livro já viveram e morreram heróis e princesas, e eu como um ser desolado, aguardo a princesa que não mais vai morrer.
O meu livro continua, e mais uma pagina virada,e se na historia da minha vida eu não vivi nada, na historia de alguém fui pessoa chave centrada, mas que como no meu livro, também fiquei na estrada.
E o que me faz prosseguir nesta longa caminha, e´a busca pela pessoa exata, que como em um sonho não mais seja passada e comece a virar as paginas do meu livro acompanhada.
E esta sera a Rainha da minha estrada, que nesta minha longa caminha, encontrarei sempre dedicada a espera que em mais uma historia , ela seja citada.

André Araújo

Os que não se entregam totalmente em uma relação por medo do término são os mesmos que odeiam domingo porque amanhã é segunda.

Eu me chamo Antônio

Trabalhar a beleza interior é o começo pra suportar e aceitar o término da beleza externa, pra mais tarde no auge da velhice se sentir feliz e sem revolta, por não ter mais a beleza jovial.

Rosângela Aparecida Ribeiro

Em geral quando termino um livro encontro-me numa confusão de sentimentos, um misto de alegria, alívio e vaga tristeza. Relendo a obra
mais tarde, quase sempre penso ‘Não era bem isto o que queria dizer’.
(O escritor diante do espelho)

Érico Veríssimo

Me vejo agora no término de minha viagem; meus dias de trabalho concluíram. Vou agora ver Aquela cabeça que por mim foi coroada de espinhos, e Aquele rosto que por mim foi cuspido. Até agora a fé tem me dirigido, porém em diante será Aquele cuja companhia constitui minhas delicias. Tem-me agradado ouvir falar de meu Senhor, e onde quer que tenho visto na terra o rastro de seus pés, ali ansiei pôr também meu pé. Seu nome tem-me sido mais aromático que os mais deliciosos perfumes, e sua voz docíssima, e mais desejei eu contemplar seu rosto do que o homem pode ansiar pela luz do sol. Sua palavra tem-me servido de alimento escolhido e de antídoto contra meus desmaios. "Me susteve e guardou de minhas iniqüidades; sim, meus passos fortaleceu em seu caminho"

Retirado do livro: "A Peregrina" de John Bunyan

Bem que eu poderia ser menos perceptiva. Às vezes me bolúo toda, e termino corroendo o que já estava corroído demais.

Karinna Arruda

Já fui derrubado inúmeras vezes, mas no fim, o que importa é que eu sempre termino de pé! Ma isso só me consome mais e mais e torna cada minuto de pé mais difícil e doloroso!

Caio Dantas

Palavra e Sentimento

As vezes quando penso em falar
Termino sem nada dizer,
Não por não ter o que falar
Mas por nao saber o que dizer

Começo pensando em falar
E termino falando em sentir
Sentir é mais fácil que falar
Pois o Sentimento gera a palavra
Mas a palavra também gera sentimento
Gera sentimento em quem ouve

Penso que ela nasce do sentimento,
Se transforma em palavra
Para chegar a quem provocou o sentimento

Entao quem o transforma em palavra
Devolve para quem o despertou

Sendo assim, devolvo a vc
O sentimento em forma de palavra
Que vc me fez sentir,
Quando passou a existir

Amo voce,
digo isso porque vc me faz sentir.

E espero que ao ouvir
O mesmo sentimento possa existir.

de Rodrigo para Cristina

Rodrigo Soares

Inicio o meu dia agradecendo a Deus e o termino do mesmo jeito.

Anderson Tavares

Do término, do final e do encerramento, sempre nasce um novo começo que cedo ou tarde se faz presente. Se praticarmos o sentido lógico e funcional da impermanência e do desapego, viveremos muito melhor o dia de hoje, sabendo que ele é o único momento que realizaremos tudo em total harmonia e prosperidade, mesmo nos momentos mais difíceis, de tempestade, de angustia ou dor, criamos por nós mesmos a bonança e nos mantemos conectados ao ser, que é a luz de cada segundo que respiramos.

Claudimar Maia

Controvérsias
E dessa vez achei que ia ser diferente, que o termino apenas seria melhor para mim, e também para você.
Achei que o meu sentimento não era o suficiente para você, achei que te faria sofrer e que nos dois juntos só nos atrapalharia.
E pode ser que tudo isso seja verdade, mas quando sentimos a dor da perda, nada disso faz sentido.
Tenho vontade de matar cada uma daquelas com quem você conversa, tenho vontade de chorar cada vez que converso com você e vejo que você desistiu da gente tão rápido, e tenho vontade de vomitar todas as vezes que sei alguma coisa sobre você e ela !
Sempre achei que a gente não tinha nada a ver um com outro, que a gente não tinha futuro e que não éramos felizes o suficiente. Hoje percebo que era esse nosso nada a ver que fazia a gente ser tudo a ver, que o futuro poderia existir se a gente acreditasse de verdade e que a nossa felicidade era grande demais para percebemos!
Também achava estranho o fato de eu gostar de escrever, mas nunca ter escrito nada sobre você, e agora sei que a gente só aprende a escrever sobre algo que nos magoa, que nos faz sofrer e por isso hoje você é o tema principal dos meus textos.
Eu sei que quem começou tudo isso fui eu, mas não era para ser levado a sério. Sou muito complicada mesmo, mas só precisava de um tempo sozinha, só precisava que você amadurecesse um pouco a ponto de saber o que queria da vida.
Só não esperava que amadurecesse tão rápido, e decidisse que a gente não valia mais a pena! E eu sei que a menina que se intrometeu na nossa historia não significou nada pra você, mas pra mim significou muito, porque ela foi o inicio do nosso fim!

jô GP

Se você soubesse que tudo isso só fortalece o meu sentimento... Se soubesse que cada término sem início apenas acrescenta um bloco na minha pirâmide... Se se quer imaginasse a grandiosidade e tenacidade da minha condição de te amar... Se ao menos conhecesse o preço que eu pago a mim mesmo por me esforçar para ser o melhor para ti...

Junior Rodriguez

Adeus.


Terminou.
O término de algo que não teve início
Foi um tira gosto
Uma entrada
Um pedaço de alguma coisa
O fim do início
Um sopro na ferida da carência
Um Declínio
Uma apologia ao proibido
Um suspiro
Foi um segundo
Um trago
Foi uma tira de jornal
Uma vida inteira de uma borboleta
Um fato consumado, inconsumado
Foi surpreendente
Incompreensivo
Sem explicação
Algo simplesmente confuso
Inacabado talvez
Destinado, quem sabe?
Foi precipitado, Provável
Um fio de esperança
Um ninho de poréns
Uma alegre tristeza
E Vice-versa
Foi um adeus programado
Um vestígio de alguma coisa
Talvez de um passado, um presente, um futuro
Sem futuro
Só presente
Sem passado
Um raio, um relâmpago
A orelha de um livro
Um raio, um relâmpago
Sem passado
Só presente
Sem futuro
Talvez de um passado, um presente, um futuro
Um vestígio de alguma coisa
Foi um adeus programado
E Vice-versa
Uma alegre tristeza
Um ninho de poréns
Um fio de esperança
Foi precipitado, Provável
Destinado, quem sabe?
Inacabado talvez
Algo simplesmente confuso
Sem explicação
Incompreensivo
Foi surpreendente
Um fato consumado, inconsumado
Uma vida inteira de uma borboleta
Foi uma tira de jornal
Um trago
Foi um segundo
Um suspiro
Uma apologia ao proibido
Um Declínio
Um sopro na ferida da carência
O fim do início
Um pedaço de alguma coisa
Uma entrada
Foi um tira gosto
O termíno de algo que não teve início
Terminou.
Adeus.

Bento.

http://bentoolico.blogspot.com/2010/05/adeus.html

Bento Qasual

Sempre termino distraida, com minha lista mental de compatibilides afogada em minhas memórias banhadas a álcool.

Marcella Prado

Posso te amar e te odiar, varias vezes num só dia, mas ao termino acabo cedendo e te amando e mais nada!

Clézia Cavalcante

Faço tudo que preciso para dar felicidade a quem amo, e termino afogado em tristesas.

Alessandro H. Teixeira

Tento não me lembrar do início, muito menos do término. Sinto-me uma folha ao vento, sendo jogado de um lado... para outro, com idas e vindas aparentemente inacabáveis, infinitas.

Geywisson Borges

Até sugeri um término, e você não quis. Eu também não quero, eu só quero a solução, a paz! Eu quero você de volta como sempre foi

Káah Azamba

Escrevo da prisão do meu quarto, amarrada pelas cordas do nosso término, meio escrava do passado. Por mais livre que me sinta sem você aqui, ainda não achei a janela pela qual posso me libertar. Na verdade, sem você aqui, concluí que liberdade mesmo era poder te ligar na madrugada só pra escutar a sua respiração quebrando o silêncio do outro lado da linha. Liberdade mesmo era te puxar pra perto, colar nossas testas e, de olhos fechados, selar nosso amor da forma que só a gente sabia. Liberdade era te chamar de “meu”, assinar como “sua”, me referir a mim e a você como “nós”. Agora, ainda aguardo o habeas corpus que me tire desse mundo de angústia e saudade. Ainda aguardo você.

Clara Ayroza