Depoimento que Descreva como sou

Cerca de 33 depoimento que Descreva como sou

Sou o veneno, o mel e o sal...o ódio, o amor e o mal! Me descreva como quiser, receba de mim o que merecer...

Daiane Rabelo

Se me pedem para que me descreva, sou como uma pintura de Van Gogh, bela e densa, definitiva e tensa.

Jeocaz Lee-Meddi

Não busque qualidade que não seja sua, não procure caracteres que não o descreva. Busque apenas sua própria personalidade agindo naturalmente e terás orgulho de se encontrar. ( Prz-M)

Preza

"Se um dia, me fizessem o seguinte questionamento,
-Descreva a moça em uma só palavra.
Eu provavelmente pensaria por alguns instantes e chegaria a seguinte resposta.
-Não consiguo, pois, não existe em nosso vocabulário uma única palavra que possa descrever tanta simpatia, beleza, humildade, carisma, alegria, que chegue a ter a ousadia de se comparar com aquele sorriso, e acima de tudo a incrivel capacidade de preencher toda a parte vazia do meu ser.
Eu sei que Eu Te Amo, não diz tudo, mas eu estou disposto a provar que posso, e quero, merecer este amor.
T Amo!"

Filipe Martins

Mandai-me Senhores, hoje
que em breves rasgos descreva
do Amor a ilustre prosápia,
e de Cupido as proezas.
Dizem que de clara escuma,
dizem que do mar nascera,
que pegam debaixo d’água
as armas que o amor carrega.

O arco talvez de pipa,
a seta talvez esteira,
despido como um maroto,
cego como uma toupeira

E isto é o Amor? É um corno.
Isto é o Cupido? Má peça.
Aconselho que não comprem
Ainda que lhe achem venda

O amor é finalmente
um embaraço de pernas,
uma união de barrigas,
um breve tremor de artérias
Uma confusão de bocas,
uma batalha de veias,
um reboliço de ancas,
quem diz outra coisa é besta.

Gregório de Matos

Do que eu fui, apenas lembranças restam; o que sou, não existe palavra que descreva; o que serei, nem a na mais louca alucinação conseguirá descrever

Ricardo da Cunha

Não adianta ele não vai chorar.
Desapegado das pessoas, mas agarrado à vida. Talvez isso descreva tão bem suas atitudes. Alguém assim não é egoísta, solitário, ruim ou cruel, pelo contrário, se soubessem por quantos ele reza à noite, jamais pensariam tais coisas ao seu respeito. Da vida só quer tempo, saúde e o resto ele da um jeito. Sorrir, inspirar-se, viver é fácil, é simples, é o que faz de melhor. Se você desistir, tudo bem é uma escolha. Se você abandonar, tudo bem é sua vontade. Se você desaparecer, tudo bem ele esquece. Sim, ele vive assim, sai um entra outro, mas os poucos que permanecem, por esses sim ele luta bravamente. Não gosta de desafio? Treinar seu fôlego? Testar sua resistência? Então se afaste. Ele é diferente! Vai chegar quando sua vida estiver bagunçada, triste, destruída e vai te recompor, deixar-te feliz, vai te inspirar e partir. É estranho, mas é assim. Ele não cai, despenca. Ele não aceita, apossa-se. Ele não caminha, voa. Ele vive intensamente, não tem tempo a perder. Ou entra no ritmo ou ele te ensina a dançar. Ou você corre com ele ou ele a carrega. É só abraçá-lo e ir, sem medo, sem dó, no compasso que ele sempre dá um jeito. Mas não sufoque. Talvez nunca o viu chorar, pois pode ter passado muito depressa. Talvez nunca o viu reclamar, pois não ouviu atentamente o que lhe contou. Talvez tudo o que viu nele foi exatamente tudo o que ele não quis que visse. Talvez você ainda simplesmente não o entendeu...

Wilton Lazarotto

Por que você não tenta descobrir quem eu sou antes que eu me descreva? Ter sua própria opinião poderia ser melhor ;)

Thais S.G

Tua beleza é algo incomparável.
Desafio os poetas a encontrar a
Metáfora que descreva tua beleza.

Fabricio Canalis

Não conheço uma palavra que descreva o amor, o amor é algo surrealista,vivido apenas por aqueles sonham sonhos impossíveis.

Carh Matos

Não tem palavra que me descreva. Sou um pouco de cada, mas nenhuma por completo.

Katarine Norbertino

Palavras para quê?

Toca-me
Beija-me
Abraça-me
Sim!
Descreva com a palma macia da sua mão
Cada contorno do meu corpo quente
Esfregue a tua pele na minha…
Isso!
Agora faça-me vibrar
Com o seu alarme sedutor
Adivinhe o meu ponto fraco
Aí não,
Também não,
Hai céus!
Que prazer, que satisfação!
Se fores a massajar-me com a língua
Juro que te compro o vestido mais caro da loja das damas
Não!
Não faças isso
Ponha-te na posição inicial
Toca-me
Beija-me
Gostei de te amar!

Laguna de Jesus

Mãe, pai, não há palavras que descreva meu amor e minha gratidão por vocês.

Danúbia Alves

Ela: Descreva uma garota gostosa
Ele : Bundão, Peitão, coxas grossas
Ela : Então eu não sou gostosa.
Ele : Você pediu pra descrever uma garota gostosa não uma garota perfeita

Filipe Souza

Tempo Rei.

Decepção talvez me descreva,
Passando por perto de onde esteve,
Trazendo o desejo de morte ainda mais forte,
Por saber que esse passado me ofende.

Queria ser como os outros,
E rir das desgraças da vida,
Mas sou sensível como poucos,
E a vida nesse momento só me traz ira.

O alívio da verdade já não me basta,
A força que tenho não me ajuda,
Um vazio no peito e o devaneio,
Apresentando-me a solidão da rua.

Como posso fazer pra cessar tudo isso?
Em que o passado me bate a porta,
Espero que o tempo seja rei e me ajude,
Trazendo-me a paz de outrora de volta.

Alex Sanjeri

Quem sabe esse cartão não descreva quem é o seu remetente, mas olhe para estas rosas, pois elas representam, singelamente, todo o meu sentimento por você. Nelas estão todo o meu carinho! Um carinho acompanhado pelos os mais belos e puros sentimentos que uma pessoa possa ter por outra. Olhe em sua volta e deixe o meu amor te envolver. Confesso que tendes me ganhado com a tua simplicidade e me deixado curioso em sentir como é acariciar o teu rosto. Já indagava Shakespeare: - "como um rosto desenhado pelas mãos dos anjos, pode ser tocadas pelas mãos terrenas?" - honra para os que conseguirem tal feito! Ah! como queria eu sentir o perfume dos teus cabelos e desvendar os segredos do teu coração. Em meio as tempestades, as ondas se agitam e o mar esconde os seus segredos. Quem será o marinheiro capaz de devendá-los? Sei que nessas águas já andam navegações, porém não entrarei em batalhas navais! A vida é um ciclo e, quem sabe nas voltas que o mundo dar, a flor que eu desejo floresça em meu jardim. Confesso-te: - o meu coração anseia que seja você, porém não cometeria atrocidade em tentar roubar a flor de outro jardineiro! O amor nos transforma, mas quando não é correspondido, torna-se aviltante. Venho por intermédio dessa carta, mas não quero fazer-te promessas! Sei que muitas vezes, tomados pelas nossas emoções prometemos mas, não temos noção do tamanho do peso das palavras proferidas por nossas bocas. Venho como anônimo porque não quero méritos; simplesmente, faço porque te quero bem.. O teu sorriso me alegra! Calo-me porque cabe a mim aceitar o tempo. O tempo se encarregará de nos dá as respostas assim, como ele colocará cada coisa em seu devido lugar. Não posso cavar em terra que não jorra água! Porém se o rio correr em meu favor, nesse rio me inundarei! Há garotas que tem a magia de nos encantar e a simplicidade de nos ganhar. Para essas devemos guardar o nosso melhor, devemos dar todo o nosso amor. Em ti vejo uma rocha cuja qual se sustenta em meio as fortes ondas do mar. Rosas nos envolve, e entrego-lhe flores como símbolo do meu carinho por ti. Fico por aqui com minhas palavras, mas não com o que eu sinto por você! Que mesmo indefinido, sinto que vem regado de "bem querer". Como um jardineiro satisfeito, me disperso. E apesar de não ter a mais formosa rosa de todas, confesso que regas as minhas flores com teu simples sorriso!

Daniel Brandão

Mensagem:
"Não há palavras para expressar essa dor.
Não há livro que a descreva. Por isso, o melhor jeito de consolar é falar pouco, orar junto, sentir junto e estar presente, cada um do jeito que sabe.
Palavras não explicam a morte de alguém querido.
Sabem disso o pai, a mãe, os filhos, os irmãos, os avós, o namorado e a namorada, o marido e a mulher, amigos de verdade.
Quando o outro morre, parte do mistério da vida vai com ele.
À parte que fica torna-se ainda mais intrigante. Descobrimos a relação profunda entre a vida e a morte, quando alguém que era a razão, ou uma das razões, de nossa vida vai-se embora.
Para onde? Para quem?
Está me ouvindo? A gente vai se ver de novo?
Como será o nosso reencontro?
Acabou-se para sempre, ou ela apenas foi antes?
Por que agora? Por que deste jeito?
As perguntas insistem em aparecer e as repostas não parecem claras...
Dói, dói, dói e dói...
Então a gente tenta assimilar o que não se explica, cada um do jeito que sabe.
Há o que bebe, o que fuma, o que grita, o que abandona tudo, o que agride, o que chora silencioso num canto, o que chama Deus para uma briga, o que mergulha no fatalismo e o que, mesmo sem entender ou crer...
Aposta na fé!
Um dia nos veremos de novo... Enquanto esse dia não vem, quem eu amo, que se foi, me vê, me ouve e ora por mim, lá junto de Deus.
Para ela, a vida tem, agora, uma outra dimensão... Alcançou o definitivo.
Quem fica perguntando e sofrendo somos nós. Mas, como a vida é um riacho que logicamente deságua, a nossa vez também chegará e, quando isso acontecer, então não haverá mais lágrimas.
As que aqui foram choradas terão a sua explicação.
Por enquanto, fica apenas o mistério.
Alguém que não sabemos, porque nasceu de nós, e porque cresceu em nós, porque entrou tão de cheio em nossa vida, fechou os olhos e foi-se embora.
Quem ama de verdade não crê que se acabou.
A vida é uma só: começa aqui no tempo e continua, depois, na ausência de tempo e de limite.
Alguém a quem amamos se tornou eterno.
E essa pessoa já sabe quem e como Deus é!
E também sabe o porquê de sua partida...
Por isso, convém falar com ela e mandar recados a Deus por meio dela.
Se ela está no céu, então alguém, além de Deus, de Jesus e dos santos, se importa conosco.
Definitivamente, não estamos sozinhos, por mais que doa a solidão de havê-la perdido.
Mas é apenas por pouco tempo. Quem amou aqui, sem dúvida, se reencontra no infinito..." (Pe. Zezinho)

Pe. Zezinho

Procurei na minha alma uma palavra que à descreva

Que ilumine sua ternura, que defina sua beleza

Mas não encontrei respostas e o silêncio me fez ver

A alegria em seus lábios que só enxergo em você




Os dias não são os mesmos, depois que te conheci

Sei que a vida tem mais cor, sei que tudo me faz sorrir

É um gostar diferente que não sei quantificar

Cresce livre e sem medida, a cada noite de luar




Se liberto meus pensamentos, eles vão ao teu encontro

Talvez seja muito cedo pra dizer que é paixão

Mas é tarde pra impedir o que sente o coração

diego augusto

Descreva de mim como quiser e receba de mim o que merecer...

Suellén Terto