Depoimento de Despedida

Cerca de 566 depoimento de Despedida

Cicatriz



- Sabe que não dói mais como antes? – disse-me ela, fixando o olhar em um ponto oposto ao meu, na tentativa de não ter sua evasiva analisada por mim.
E continuou a se enganar.

Saiu com os amigos, dançou, pulou, sorriu, falou alto, exorcizou os demônios, se indispôs com alguns anjinhos, se sentiu livre, feliz... Feliz? Quase feliz!
O fato é que dali a alguns dias, o telefone começa a tocar.

Opa! Admirador na área! A vida seguia seu rumo. Afinal, essa é a ordem natural das coisas, não é mesmo? A palidez de seu olhar, entretanto, denunciava a ausência de emoção em sua voz, por mais que se esforçasse gentil.

Mais alguns dias, e um bouquet à porta.

- Puxa vida! Deve ter custado uma nota!

Ela não reparou na beleza das flores cuidadosamente escolhidas e arranjadas por debaixo de um belo cartão enviado. Rosas vermelhas! Mas rosas que não exalavam cheiro de amor, não lhe representavam nada, muito diferente daquele bouquet recebido meses atrás, no dia de seu aniversário. Mesmo assim, recebeu, agradeceu e sorriu, com direito a sufocar toda dor que sentia naquele momento.

Foi aí que a realidade lhe caiu à cabeça.

Na verdade, ainda doía. Na verdade, ainda não tinha passado. Na verdade, ainda estava em carne viva!

Então ela percebeu que ele tinha mesmo ficado, ficara em forma de ferida, que com o tempo se tornaria uma cicatriz. Mas, por enquanto, ainda estava visível E por isso, as pessoas se afastavam com medo de se machucarem também, e outras, queriam curá-la, algumas até mesmo escondendo a própria cicatriz, pequenina com o passar dos meses.
Ela sabia que um dia a sua cicatriz também se reduziria, seria levada para outra parte do corpo, talvez para um lugar que não mais lhe incomodasse ou pudesse ser vista à olho nu. Porém, ela continuaria ali, contornada pelas lembranças que se fixam à pele como se dela fosse parte. E ainda que outra pessoa a fizesse sorrir, vez ou outra, a cicatriz seria apontada, questionada, encontrada...

Mas ela sabia que ele também carregaria a mesma cicatriz. E mesmo que outra pessoa o fizesse sorrir, ela continuaria ali, marcada em seu corpo, tatuada à pele, fazendo parte dela. E se algum dia não fosse mais encontrada, ainda assim ela estaria ali, tatuada à alma, uma cicatriz na alma, completamente impassível e imune à qualquer tratamento de cura...

Li Azevedo

O indício da chegada hora e quão simples as vestes me cobrem...

Juliana Veroneze

E já que você foi embora, eu pensei sobre as coisas que deveríamos ter feito. Eu deveria ter te beijado lá, de surpresa. Eu deveria ter dito coisas que você queria ouvir olhando em meus olhos. Eu deveria ter aproveitado todas as segundas chances que tivemos. Eu deveria ter te feito ficar. Eu ainda deveria te ter aqui.

Dalila Maitê Rosa Sena

Nos despedimos com os olhos cheios d´água, mas com a alma limpa. Tão limpa quanto o céu de manhãs de outono, depois de chover a noite toda.

Josane Hodniki

Cada ser passa pela nossa vida para compartilhar, ensinar, direcionar. Há quem apenas passe sem poder permanecer, há quem venha para ficar, há até os que tentam mas não conseguem se aproximar... Ao Criador devemos agradecer e saber entender como, porque e por quanto tempo ELE nos permite encontros e despedidas... É preciso saber acolher quem chega e fica. É preciso saber libertar quem já não pode ficar... É preciso amar! Só amar... By Lou de Olivier 09/10/2013

Lou de Olivier

Aproxima-se o fim de mais um capítulo da sua história, e o que há para ser dito exatamente? Que valeu por tudo o que já se viveu e pelo que ainda se viverá. Sim, viverá, pois há páginas e mais páginas a serem escritas. Ora repletas de alegrias e dissabores, ora repletas de obstáculos intransponíveis ou não..
Mas é certo de que a vida, meu caro, é uma alegoria que depende mais de você do que das eventualidades da vida para ser legitimada.
Há uma vastidão por aí afora esperando por você, pela vida, por suas escolhas. Vida que é tão fugaz e que precisa ser vivida tão intensamente, quanto saboreada delicadamente.
Apresse-se! Vá para a vida! Vá com todo o seu coração. E até um dia, quem sabe.

Vanessa Miranda

a vida propos vestigios de lagrimas constantes/ de gestos humildes
de sonhos distantes
a vida propos o sorriso /diante a dor da despedida/diante de um adeus sem retorno/mas de saudades marcantes.

David Nascimento

Chegou sem avisar. Sem pedir licença adentrou minha rotina. Deixou está, fez café... segredou-me silêncio.
Agora, evadiu-se... levou consigo minhas confidencias e parte da alma minha.
Restaram saudades.
Lembranças ainda dormem sobre os travesseiros...

Marcello Silva

Manquer

Anoiteceu.
E outra vez essa insônia
que consome, corrói, dilacera,
toma-me em angústias.
Tuas promessas foram em vão.
Tu deixaste que os espaços entre nós
fossem aumentando a cada ausência tua.
Não pertenço mais aos teus voluptuosos
e intempestivos rompantes de saudades.
Quero apenas os meus versos de volta, e nada mais.
Ficas com a minha paz.
Sem ti, eu não a quero.
Invadiste meu corpo
com teus olhos verdes embriagados
de silêncio, de sons.
Tua música embalou minhas noites solitárias...
Tua voz adentrou nas madrugadas
e fez meu mundo girar.
Eu aceitei dançar contigo
um último acorde,
para poder fazer de ti
a poesia mais linda
que alguém já escreveu.
Tuas falas repetidas,
teu egoísmo cego,
tua liberdade mundana e mentida
são os teus obscuros inatingíveis.
Eu sei que não saberei fingir sozinha
que meus beijos não mais serão teus,
não mais me derramarei em prosas
para descrever-te uma vez mais
Deleitando-se assim incólume
sobre a minha alma
aquele tempo em que meus olhos
teimavam em ser somente teus.

Bianca Dalla Chiesa

Nessa estrada versátil da vida diante de momentos solenes, pessoas entram e saem de nossas vidas, algumas ainda ficam por longos tempos e outras para sempre. Pessoas novas chegam e esse ciclo continua, mas para todas estas pessoas, o importante foi tê-las em nossos caminhos, marcando nossas vidas de uma maneira que nos deixam saudades, um aprendizado, uma lembrança, uma dica, um ensinamento, uma experiência.
O mais precioso presente é o damos uns aos outros: a amizade.

Samanta Bernardi

Tarde quente. Angústia no ar...
A janela aberta é um atrativo para se jogar.
Deitada na cama pensando na vida...
Lembrando e se depravando com o passado não vivido.
Desnorteio-me com o tempo atual.
Fecho os olhos. Tento dormir mais um pouco.
Dessa vez não quero acordar.
Meu sono é turbulento...
Mesmo assim, a realidade enquanto acordada é mais perniciosa.

Samanta Bernardi

O começo é o final de uma história.
No fim de um fato começa uma trajetória.
Como posso encetar? O que posso narrar?
Sentada de baixo de uma árvore pensando em alguém para me inspirar.
Aquela vontade de estar perto de quem está longe.
Ah!!! Isso é sempre, isso é constante...
Esse sentimento é uma iluminação.
Ao chegar em casa torna-se expiração.
A noite já faz presente.
A noite um compromisso.
A vontade é de não presenciar. Só que lastimavelmente não posso prevaricar.

Samanta Bernardi

Mesmo que ainda haja amor

É EVIDENTE QUE TODO RELACIONAMENTO É MARCADO DE BONS E MAUS MOMENTOS. É MADURO SABER QUE QUANDO OS MAUS MOMENTOS TOMAM MAIS TEMPO QUE OS BONS MOMENTOS, É PORQUE CHEGOU A HORA DE CADA UM SEGUIR SEU PRÓPRIO CAMINHO. MESMO QUE AINDA HAJA AMOR.

Borgys

Ah que dor pungente
Que afeta toda gente.
Que afeta minha alma.
Que tira minha calma.
Ah que nó na garganta...
A vontade de chorar é tanta.
A indisposição faz adentrar.
E nada, nada pode me animar.

Samanta Bernardi

No mundo há coisas boas e ruins
que passam por nossas vidas,
mas não tem nada mais triste..
que a dor da despedida..

Acleciano alves

Talvez eu deva ficar aqui
Isolada, trancada, amuada.

Talvez eu deva ser assim:
Ser o que eu nunca fui em mim.

Ou talvez eu deva fazer isto:
No meu viver dar um sumiço.

Samanta Bernardi

Ah... Por que essa carência?
Por que o tédio?
E a ausência?

Por que a melancolia?
Em mim, cai uma lágrima triste.
Logo penso que a felicidade não existe.

Ó que sufoco...
Que ausência de tranquilidade...
Esses sentimentos sempre levam a minha enfermidade.

Samanta Bernardi

Esperança de reencontro

Você saiu sem se despedir
Fechou a porta sem permitir
Que eu te desse o beijo de toda manhã.
Foi tão rápido,
Foi tão prático,
Quando eu me dei conta estava sem ti
A minha alma querendo partir
E um vazio devastando meu coração
Parei pra pensar,
Pensar em você
Mas pensar o quê?
Se decidisse partir e me deixar
Deixar a sonhar com o dia da sua volta
Com o abrir daquela mesma porta
Que você saiu sem se quer me olhar
Hoje sigo sem “eira nem beira”
E o que me sustenta é a única certeza
De que um dia você voltará
De braços abertos querendo ficar
Porque um outro alguém não soube te amar
Espero esse dia com ansiedade
Pois sinto por ti uma grande saudade
E amor como o meu não vai encontrar.

Arally Pontes

Sinto que tudo isso é só o início de um novo ciclo. No momento minha mente está vaga, sinto algo que não sei explicar, não é tristeza, não é expectativa, e eu não estou tendo controle sobre isso. Me despedi de você, mas ainda sinto que vou te encontrar por aí qualquer dia desses, sinto que precisa ser assim, que vai ser assim... Se só os tolos se apaixonam, então eu sou a pessoa mais tola que conheço no momento!

DeCarneiro