Declaração para Namorado

Cerca de 964 frases e pensamentos: Declaração para Namorado

Sentimento de uma mulher apaixonada...

Cada dia que passa, parece que eu gosto mais de você,
Se é possível existir algo além do amor...
Cada momento com você é único, é como se o tempo parasse e eu só visse você em meu mundo!
Cada vez que te vejo - mesmo que seja de longe - eu sinto "aquilo" que eu sinti a primeira vez que te vi. Mãos suadas, coração palpitante, afônica, descontrolada, APAIXONADA.
Eu descobri o que é o amor quando seus lindos olhos se encontraram brilhando com os meus, e assim olhamos juntos para a mesma direção.
Eu descobri o que é o amor quando eu vi o que era capaz de fazer por você, pra ver você. Castigos, loucuras, riscos... tudo pelo amor, e por ele eu não me arrependo.
Aprendi que devo viver intensamente, cada dia como se fosse o único! Acreditar que as pessoas podem mudar, mas ra isso precisam de ajuda. Aproveitemos o dia de hoje, pois o amanhã não nos pertence.
Mas.. depois de tudo isso, você deve estar achando que te amar sempre foi perfeito. Não é bem assim. Quem ama chora, quem ama sofre. Nunca permita que alguém se apaixone por você se não queres ver uma lágrima rolar de seu rosto, mais cedo ou mais tarde, isso vai acontecer.
Mesmo perante as dificuldades da vida, não deixei de te amar!
O amor se submete a cada coisa! Os bons momentos são muito mais fortes que aquelas crises bobas de ciume, que na verdade não passa de um medo, medo de perder você!
Depois de abrir todo meu coração, e escrever o que eu realmente sinto por você, desejo que guarde só essas palavras: AMO VOCÊ! e se me amares um pouco do que te amo, será suficiente pra superar os obstaculos que a vida nos impõe. TE AMO!

Aline Foguel

Amar...
Quero fazer do dia de hoje o dia das minhas declarações de amor. Vou esquecer, definitivamente, todas as minhas dúvidas e todos os meus conflitos, para poder fazer de hoje o dia do amor. Quero olhar para quem amo e dizer com palavras, com os olhos e com o coração: "Eu te amo". Quero dizer isso a todos os que os que aprendi a amar. Sem distinção alguma de sexo, parentesco, amizade, coleguismo, vizinhança; enfim, sem nenhuma limitação ou condição; apenas com a sinceridade do meu sentimento. Quero dizer a todos eles: Eu te amo...

Desconhecido

TER OU NÃO TER NAMORADO

Quem não tem namorado é alguém que tirou férias não remuneradas de si mesmo.
Namorado é a mais difícil das conquistas.
Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia. Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão, é fácil.
Mas namorado, mesmo, é muito difícil. Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção não precisa ser parruda, decidida; ou bandoleira basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.
Quem não tem namorado é quem não tem amor é quem não sabe o gosto de namorar. Há quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento e dois amantes; mesmo assim pode não ter nenhum namorado.
Não tem namorado quem não sabe o gosto de chuva, cinema sessão das duas, medo do pai, sanduíche de padaria ou drible no trabalho.
Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa e quem ama sem alegria.
Não tem namorado quem faz pacto de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível de durar.
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas; de carinho escondido na hora em que passa o filme; de flor catada no muro e entregue de repente; de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar; de gargalhada quando fala junto ou descobre meia rasgada; de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado, de fazer cesta abraçado, fazer compra junto.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor.
Não tem namorado quem não redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beira - d'água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos; quem gosta sem curtir; quem curte sem aprofundar.
Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada, ou meio-dia do dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele.
Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz.
Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de grilos e medos, ponha a saia mais leve, aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim.
Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela. Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteria.
Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido. ENLOU-CRESÇA.

Artur da Távola

Beijo de namorado...

Já experimentei mil beijos
Beijos esperados por anos
Beijos inusitados
Beijos roubados
Beijo e beijos...
Beijo molhado, beijo apaixonado, beijo de esperança
beijo de insegurança
beijo de saudade
beijo de ansiedade
beijo de risada
beijo por beijo
Mais não tem beijo melhor do que do namorado...
O beijo que mistura tudo
Amor, raiva...
QUe as vezes rola do nada, as vezes é imaginado..
Beijo de namorado
O beijo que mistura tudo..
Que as vezes acontece pra acalmar, pra proteger
pra matar a vontade de ter...
Beijo de namorado como esquecer?

Paula Câmara Ferreira

NÃO BASTA SER NAMORADO!!!

Era uma vez um homem que tinha uma floricultura, e alguém que viva por entre flores, só podia entender muito de amor.

Verdade, ele entendia!

Tinha histórias muito interessantes para contar.

Mas de todas as histórias que ele contava, tinha uma especial, que nós nunca nos esquecemos...

Vou contá-la para vocês exatamente como ele contava!

-“O amor não precisa ser dito, ele é sentido; e quando sentido, é possível vê-lo; ele toma formas reais, deixa de ser abstrato.”

Naquela ocasião, pouco podíamos entender tais palavras, mas mesmo assim, dava vontade de ver o amor com nossos próprios olhos... E uma curiosidade de saber se ele era perfeito, se era bonito, se irradiava luminosidade...

Bem... Mas vamos á história.

Era um dia dos namorados, quando um rapaz entrou correndo em sua loja e disse-lhe:

-Por favor, senhor, providencie-me um buquê de flores.

-E que tipo de flores você quer?

Qualquer tipo. Só quero que seja algo que faça vista; pode ser o mais caro que o senhor tiver aí.

-Está certo. Então tome o cartãozinho para você escrever.

-Não tem necessidade, é para minha namorada e como hoje é o dia dos namorados, ela saberá que é meu.

-Você que sabe, mas no seu lugar, eu escreveria.

-Não posso, estou com muita pressa!

-Vou levar meu caro para lavar.

Depois que o rapaz se foi, o senhor ficou ali a pensar como alguém poderia enviar flores sem as escolher, sem escrever um cartão com uma bonita dedicatória... Mas, enfim preparou um bonito buquê e mandou para o tal endereço pensando...

“Coitada dessa moça!”

Algumas horas depois, um outro rapaz entrou em sua loja.

-Senhor, por favor, eu quero mandar uma flor para alguém.

-Ela é muito especial, mas não tenho dinheiro suficiente para um buquê requintado; sendo assim, terá que ser somente uma rosa, mas faço questão que seja a mais linda que exista em sua floricultura.

-Pois bem, você quer escolhê-la ou prefere que eu escolha?

-Gostaria de escolher, mas aceito a sua sugestão, porque tenho certeza que o senhor entender bem disso.

-Será um prazer! É sua namorada, não?

-Não senhor... ainda não... mas isso não e importante; o importante é que eu a amo e acho que hoje é um bom dia para dizer isso a ela.

-Muito bem, concordo com você.

-Talvez eu devesse escolher um botão de rosa, não acha? Afinal, nosso amor ainda não floresceu.

-Muito bem pensado!

Naquele instante o senhor percebeu que o rapaz, assim como ele, entendia de amor e com certeza estava vivendo um doce amor...

-Por favor, faça o invólucro mais bonito que o senhor puder fazer enquanto eu escrevo o cartão:

-Meu amor, estou lhe mandando esse botão de rosa juntamente com meu carinho. A mim, não importa que você não me ame, porque apesar do meu amor ser solitário ele é verdadeiro e sendo verdadeiro, confio que um dia poderá viver acompanhado do seu.

Não tenho pressa, amor de verdade não tem pressa, amor de verdade não escraviza, nem exige, apenas se importa em doar. Um feliz dia dos namorados ao lado de quem você amar. Um beijo!

-Depois que escreveu o cartão, o rapaz entregou ao senhor e disse-lhe:

-Leia por favor e me dê a sua opinião.

-Perfeito, gostei muito; só faltou um pequeno detalhe, você esqueceu de assiná-lo.

-Não esqueci, não... È que não é importante, por enquanto, que ela saiba quem sou eu. Nesse momento eu só pretendo que ela sinta que eu existo.

O senhor sorriu e disse-lhe:

-Muito bem, meu filho, torço por você!

Passaram-se os dias, meses e um novo dia dos namorados chegou...

Por aquelas coincidências da vida, novamente o primeiro rapaz voltou a loja, e disse:

-Bom dia, senhor, lembra de mim?

-Lembro, sim, e então, como vai o namoro?

-Ih... o senhor nem imagina!

-Depois daquele dia dos namorados do ano passado, ela terminou comigo e eu nunca entendi a razão; agora já estou namorando outra.

-Mas ela não lhe deu nenhuma explicação?

-Ah! deu sim... uma explicação que não entendi. Ela me disse que eu a estava perdendo por causa de um botão de rosa. O senhor entende, não é?Bobagens de mulher.

Entendo sim... Quem não entendeu foi você!


MORAL DA HISTÓRIA

Não adianta um casal apenas sorrir juntos;

Eles precisam sorrir das mesmas coisas.

Não adianta apenas caminhar juntos;

Tem que ser na mesma direção.

Não adianta apenas mandar flores;

È crucial que elas cheguem ao seu destino com perfume.

Não adianta se fazer presente apenas de corpo;

É de suma importância que a alma e o coração estejam presentes também.



NÃO BASTA SER NAMORADO É PRECISO ESTAR ENAMORADO!!!

Desconhecido

O nosso amor é como o vento. Não posso vê-lo, mas posso senti-lo.

Landon Carter

Sentimento assim nunca vi,, nem senti!Outro dia percebi, ....a vida é simples e bela, mas só é perfeita se estou junto a ti. Você é minha vida, minha alegria, o ar que respiro, minha inspiração, omeu amor!

Mariani DÁscenção- minha neta -16 anos p seu namorado

Amor Epidérmico

Seus pais foram jantar fora e deixaram o apartamento só para você, seu namorado e a tevê a cabo. Que inconseqüentes! Em menos de um minuto vocês deixam a televisão falando sozinha e vão ensaiar umas cenas de amor no quartinho dos fundos. De repente, escutam o barulho da fechadura. Seu pai esqueceu o talão de cheques. Passos no corredor. Antes que você localize sua camiseta, sua mãe se materializa na porta. Parece que ela está brincando de estátua, mas não resta dúvida que entrou em estado de choque. Você diz o quê? Mãe, a carne é fraca.

A desculpa é esfarrapada mas é legítima. Nada é mais vulnerável que nosso desejo. Na luta entre o cérebro e a pele, nunca dá empate. A pele sempre ganha de W.O.

Você planeja terminar um relacionamento. Chegou à conclusão que não quer mais ter a seu lado uma pessoa distante, que não leva nada à sério, que vive contando piadinhas preconceituosas e que não parece estar muito apaixonado. Por que levar a história adiante? Melhor terminar tudo hoje mesmo. Marca um encontro. Ele chega no horário, você também. Começam a conversar. Você engata o assunto. Para sua surpresa, ele ficou triste. Não quer se separar de você. E para provar, segura seu rosto com as duas mãos e tasca-lhe um beijo. Danou-se.

Onde foram parar as teorias, os diálogos que você planejou, a decisão que parecia irrevogável? Tomaram Doril. Você agora está sob os efeitos do cheiro dele, está rendida ao gosto dele, está ligada a ele pela derme e epiderme. A gravação do seu celular informa: seus neurônios estão fora da área de cobertura ou desligados.

Isso nunca aconteceu com você? Reluto entre dar-lhe os parabéns ou os pêsames. Por um lado, é ótimo ter controle absoluto de todas as suas ações e reações, ter força suficiente para resistir ao próprio desejo. Por outro lado, como é bom dar folga ao nosso raciocínio e deixar-se seduzir, sem ficar calculando perdas e danos, apenas dando-se ao luxo de viver o seu dia de Pigmaleão.

A carne é fraca, mas você tem que ser forte, é o que recomendam todos. Tente, ao menos de vez em quando, ser sexualmente vegetariano e não ceder às tentações. Se conseguir, bravo: terá as rédeas de seu destino na mão. Mas se não der certo, console-se. Criaturas que derretem-se, entregam-se, consomem-se e não sabem negar-se costumam trazer um sorriso enigmático nos lábios. Alguma recompensa há de ter.

Martha Medeiros

Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido. Enlou-cresça.

Carlos Drummond de Andrade

Strip-Tease

Chegou no apartamento dele por volta das seis da tarde e sentia um nervosismo fora do comum. Antes de entrar, pensou mais uma vez no que estava por fazer. Seria sua primeira vez. Já havia roído as unhas de ambas as mãos. Não podia mais voltar atrás. Tocou a campainha e ele, ansioso do outro lado da porta, não levou mais do que dois segundos para atender.

Ele perguntou se ela queria beber alguma coisa, ela não quis. Ele perguntou se ela queria sentar, ela recusou. Ele perguntou o que poderia fazer por ela. A resposta: sem preliminares. Quero que você me escute, simplesmente.

Então ela começou a se despir como nunca havia feito antes.

Primeiro tirou a máscara: "Eu tenho feito de conta que você não me interessa muito, mas não é verdade. Você é a pessoa mais especial que já conheci. Não por ser bonito ou por pensar como eu sobre tantas coisas, mas por algo maior e mais profundo do que aparência e afinidade. Ser correspondida é o que menos me importa no momento: preciso dizer o que sinto".

Então ela desfez-se da arrogância: "Nem sei com que pernas cheguei até sua casa, achei que não teria coragem. Mas agora que estou aqui, preciso que você saiba que cada música que toca é com você que ouço, cada palavra que leio é com você que reparto, cada deslumbramento que tenho é com você que sinto. Você está entranhado no que sou, virou parte da minha história."

Era o pudor sendo desabotoado: "Eu beijo espelhos, abraço almofadas, faço carinho em mim mesma tendo você no pensamento, e mesmo quando as coisas que faço são menos importantes, como ler uma revista ou lavar uma meia, é em sua companhia que estou".

Retirava o medo: "Eu não sou melhor ou pior do que ninguém, sou apenas alguém que está aprendendo a lidar com o amor, sinto que ele existe, sinto que é forte e sinto que é aquilo que todos procuram. Encontrei".

Por fim, a última peça caía, deixando-a nua: "Eu gostaria de viver com você, mas não foi por isso que vim. A intenção é unicamente deixá-lo saber que é amado e deixá-lo pensar a respeito, que amor não é coisa que se retribua de imediato, apenas para ser gentil. Se um dia eu for amada do mesmo modo por você, me avise que eu volto, e a gente recomeça de onde parou, paramos aqui".

E saiu do apartamento sentindo-se mais mulher do que nunca.

Martha Medeiros

Tem dias que qualquer sussurro é um grito. Já em outros dias qualquer gentileza é uma declaração de amor.

Jeozadaque Martins

Declaração De Uma Paixão Distante

Não sei como me apaixonei por você 
E muito menos porque nois não namoramos
O que eu sei é que foi um romance épico
Você não assumio que me amavas
Mas percebi pela forma que você converçava comigo
Um sorriso tímido e lindo
Acho que não era pra agente ficar juntos
Até acho justo por culpa das nossas ambições
Se eu amei uma garota essa sim foi você
O que eu quero te dizer 
E que não consigo entender
O porquê? E pra quê?
A distancia inpedio nosso amor acontecer

Autor: Luciano D10
Luciano D10

Luciano D10

" Esta é uma declaração de amor; amo a língua portuguesa. Ela não é fácil. Não é maleável. E, como não foi profundamente trabalhada pelo pensamento, a sua tendência é a de não ter sutileza e de reagir às vezes com um pontapé contra os que temerariamente ousam transformá-la numa linguagem de sentimento de alerteza. E de amor. A língua portuguesa é um verdadeiro desafio para quem escreve. Sobretudo para quem escreve tirando das coisas e das pessoas a primeira capa do superficialismo.
Às vezes assusta com o imprevisível de uma frase. Eu gosto de manejá-la – como gostava de estar montado num cavalo e guiá-lo pelas rédeas, às vezes lentamente, às vezes a galope.
Eu queria que a língua portuguesa chegasse ao máximo nas minhas mãos. E este desejo todos os que escrevem têm. Um Camões e outros iguais não bastaram para nos dar uma herança de língua já feita. Todos nós que escrevemos, estamos fazendo do túmulo do pensamento alguma coisa que lhe dê vida.
Essas dificuldades, nós as temos. Mas não falei do encantamento de lidar com uma língua que não foi aprofundada. O que recebi de herança não me chega.
Se eu fosse muda, e também não pudesse escrever, e me perguntassem a que língua eu queria pertencer, eu diria: inglês, que é preciso e belo. Mas como não nasci muda e pude escrever, tornou-se absolutamente claro para mim que eu queria mesmo era escrever em português. Eu até queria não ter aprendido outras línguas: só para que a minha abordagem do português fosse virgem e límpida."

Clarice Lispector

Declaração..

Eu procurei por você noites e noites sem fim.
E quando te encontrei meu coração mostrou um
Outro lado, um novo sentindo para sentir a vida.
A partir do momento em que eu te vi percebi que
Minha vida antes sem você estava incompleta, nada fazia sentido.
Você me ensinou o sabor e o valor do amor verdadeiro.
Eu vivi com você o mais lindo e divino, um amor mágico puro.
Depois de você entendi e compreendi que não haverá outra mulher para habitar meu coração, ocupar o espaço que antes era vazio e sem luz.
Contigo ao meu lado tudo que eu havia sonhado antes se transformou e realidade e fortificou meu ser.
Comecei a ver o mundo com mais clareza, mais brilho e seu sorriso iluminava todo
o caminho que eu percorria,tudo que eu fazia era em prol a você e era lindo pois
meus feitos e conquista só ser tornaram grande e produtivos contigo ao meu lado.
Enfim minha vida começou a fazer sentido porque você foi todo o sentido que descobri
nesta inebriante e maravilhosa vida que teve inicio assim que você entrou para ocupa o espaço que havia em meu coração.
Agradeço-te por você a mais perfeita e bela mulher que eu encontrei..

Denis

Quando eu te olhar assim,
Pode esperar de mim
A declaração de amor mais linda
Que você já pôde ouvir
Quando eu disser: “Te amo”
Creia que eu não te engano
E ainda é pouco pra expressar
O amor que eu vou levar em mim
Por toda a vida
Que maior prova de amor eu posso te dar?
Pelo nosso amor eu vou orar
Prometo edificar o nosso lar,
Enquanto eu respirar
Por toda a vida,
Sabedoria, eu vou pedir a Deus
E esse amor que você vê nos olhos meus é teu,
Nunca vai acabar,
Vamos fazer durar por toda a vida...

Eyshila

Declaração

Coração;

Estou me deixando levar, entregando-me a uma emoção, um sentimento novo, uma coisa que achei que não existisse mais.
Estou me entregando, me abrindo, me deixando levar...
Tenho medo mas não quero parar, essa sensação está me fazendo muito bem.
Apesar das noites mal dormidas, o cansaço para esses momentos desaparece. São momentos intensos, são momentos de ternura, são momentos de encantamento...
Falar sobre essa nova antiga maneira de amar é difícil, difícil expressar em palavras o que o sentimento quer dizer.
A ansiedade em demonstrar tamanho carinho e emoção aumenta a cada dia, a cada hora, a cada minuto, a cada instante...
A tensão e o receio da não reciprocidade assola todos esses momentos mas a compensação da possível correspondência é tão maior que faz tudo valer a pena, todos os riscos...
Não quero nunca pressionar um coração como o meu foi pressionado, quero libertar-me e libertá-lo. Não quero um amor egoísta, quero ser feliz e quero que seja feliz também...
Mesmo que a minha felicidade se resuma em vê-lo em paz e tranquilidade, com alguém que mereça seu amor e o ame tão intensamente quanto eu, aqui do outro lado do Atlântico.

Jussara Alves

Agora uma declaração de amor
Eu nunca pensei que fosse me apaixonar tanto por vc futebol

Laís F. Carvalhal

Declaração é aquilo que acontece quando você tem uma vodka e um celular na mão.

Vanessa Pimentel

O que dá testemunho do nosso amor não é a declaração que a linguagem das palavras nos permitem, mas a linguagem dos gestos que compartilhamos diariamente.

Padre Fábio de Melo