DeclaraÇÃo para Namorada

Cerca de 1007 frases e pensamentos: DeclaraÇÃo para Namorada

Minha Eterna Namorada

Namorar é nunca cansar de dizer te amo
É ter que descobrir os gostos dela sem que ela os diga
É sentir aquele arrepio quando você sabe que ela esta por vim.

É sentir aquele cheirinho do perfume que ela sempre deixa
na camisa suada daquela noite de ontem
É dizer que o amor que sinto por ela é maior que qualquer coisa
que possa comparar.

É sentir o coração bater mais forte quando ela diz-te amo.
Namorar é aprender a dar valor as coisas boas que a vida te oferece
É o desejo incontrolável de tocar tua pele, beijar tua boca, de te encher
de carinhos e de te amar sem te enjoar.

É dar aquele abraço apertado quando sinto saudades
Por isso meu amor quero sempre te namorar, sempre te amar
Minha eterna namorada.

Marcio Rodrigo

Namorada, palavra honrada, que se tirar uma pequena e simples palavra chamada amor, sobra nada...

N-AMOR-ADA

jose antonio

Presente especial para namorada

Hoje é dia do teu aniversário.
E como eu queria te dar um presente especial, maravilhoso, único, que expressasse quanto tu és importante para mim.
Mas não sei o que dar! Flores?
Para vê-las mucharem diante de tua beleza?

Pedras preciosas?
Elas seriam totalmente ofuscadas pelo brilho claro do teu olhar e pela luz de teu sorriso.

Uma pérola?
A perfeição dela não se compara à maciez da pele de teu rosto.

Um carro importado?
Não precisamos disso para viajar enquanto sonhamos estarmos para sempre juntos.

Um pedaço do mar?
Nem a mais linda praia é mais linda do que uma lágrima de felicidade rolando por teu rosto.

Ah, meu amor, quão difícil é te dar um presente.

A culpa é só tua:
tua perfeição,
teu sorriso,
tuas mãos,
o amor que me tens,
tudo isso torna tão pequeno qualquer coisa que se possa comprar.

Mas como eu gostaria de poder dizer, de alguma forma, quanto te amo...

Marcio Chagas Santos

“Se um dia eu e minha namorada brigássemos e ela chorasse, eu ficaria quieto e a abraçaria.”

Harry Styles

Louis: Minha futura namorada tem q ser capaz de falar tanto quanto eu,o que é dificíl. Mas se ela administrar isso a gente continua

Louis Tomlinson (One Direction)

"Ta vendo aquela garota, a minha garota? Dançando e bebendo? Ela é minha namorada, quer dizer, ex namorada. Mas pra mim ela vai ser sempre minha, vai sempre ser minha namorada e vai estar sempre aqui dentro do meu coração. Ela não bebia e não dançava daquele jeito. Ela mudou, depois de tudo o que eu fiz com ela. A minha garota virou uma dessas meninas que só quer se divertir, com os amigos e outros caras, mas nada sério, nada de compromisso e muito menos de se apegar. Ela sempre me ligava de madrugada sabia? Mesmo que eu ficasse bravo com ela, ela ainda ligava. Eu a ignorava. Já não aguentava mais aquelas ligações fora de hora, sms as 4 da manhã, era grude demais pra mim, eu desligava o celular. Eu preferia ficar com os amigos do que ver um filme com ela, sabe aqueles filmes bem melosos? Então, era exatamente esse tipo de filme que eu odiava e que ela adorava. Eu a ignorava quando estava com meus amigos, mas eu não a entendia, ela fazia questão de me apresentar para todas as amigas dela, como seu eu fosse o bebê dela. Ela cuidava de mim e eu a ignorava como de costume. Ela dizia que me amava e que eu era o amor dela… E hoje sinto falta. Falta das ligações; Sinto falta dos filmes românticos e melosos, do abraço dela que era quentinho e aconchegante, de quando ela me apresentava pras amigas como se eu fosse o bebê dela, sinto falta de quando ela me cuidava e me chamava de amor. E eu juro que se eu pudesse voltar no tempo teria feito tudo diferente. Ela partiu. E agora eu me arrependo de tudo que eu fiz ela sentir, sei que ela não vai voltar, afinal eu a machuquei tanto. E agora ela não quer mais nada comigo, nem com outros caras, só quer saber de se amar mais, ser feliz e dançar […] Deu para ver nos olhos dela que ela está feliz sem mim e agora eu sei como ela se sentia. Olhei pra ela mais uma vez. Lembrei de tudo. Chorei. De saudade. Lembro que os olhos dela quando me viam brilhavam tanto. Mas eu ignorava novamente. As mãos dela eram tão macias e delicadas. Lembro que ela adorava pintar as unhas de preto. E eu idiota deixei a minha garota partir. Eu fui apenas um menino quando eu tinha a garota perfeita nas minhas mãos. Eu fui apenas um menino enquanto poderia ter sido um homem e ter cuidado dela. Não deveria ter deixado ela partir. Mas ela se foi e eu não fiz nada para impedir, apenas deixei ela ir. Olhei pra ela pela última vez naquela balada. Ela estava mais linda do que nunca. Sorri. Logo depois chorei. Mas sabe, vou deixa - la ser feliz e encontar alguém que cuide dela como ela merece. Alguém que não a faça ela sofrer como eu fiz. E eu? Bom… Eu ainda a amo."

Nathália Lara

NAMORADA

Veju, sinhazinha, nu seu sorrisu iluminadu
Disputanu cum a lua u seu reinadu
Trazenu alegria a esse caipira apaxonadu
Quereno com voismicê
Só avivê momentus incantadus

Meu coração totarmenti di ocê ocurpado
Bati forti só im oiá u seu retratu
Quasi qui ixplodi sentinu longi u perfume da sinhá
Imagine como haveria di sê, cum ocê du meu ladu?

Tô por ocê doidamenti apaxonadu
Feliz e inté meio abobadu
Por ter incontradu ocê pelus caminhu
Agora num queru mais avivê sozinhu

Ocê, sinhá, virô meu mió mutivu
As mais linda das razão
Os únicu sentidus meu
Di vivê cum tantas emoção

Sinhazinha, abelinha linda
Qui tantu mi faiz filiz
Qui na sua vida eu seja bão
Comu aquele seu zangão

Queria di infeitá ocê di fulô
Transforma ocê nu meu jardim
Juntanu prefume i côr
Demonstranu u meu amô

Im tudu u que óio mi trais ocê
O sol, a lua inté as istrelas se transforma im poesia
Os passaru e seus cantu, se atransforma im aligria
O retratu da sinhá, si transforma im sodade
O amô, a paxão i us carinho, se transforma im verdade
O ar que iêu respiru, si transforma im vida

Intão num tenhu mais u qui pensá
Cum ocê, sinhá, queru mi casá
Juntá nossus coração pra modi vivê
Pertinhu di mim e iêu di ocê

Filiz dia dus namoradu!
Sinhazinha!

Seu Joca Caipirinha

Tânia Regina Voigt - Escritora e Poeta

A minha namorada é tão bonita, tem olhos como besourinhos do céu
Tem olhos como estrelinhas que estão sempre balbuciando aos passarinhos...
É tão bonita! tem um cabelo fino, um corpo de menino e um andar pequenino
E é a minha namorada... vai e vem como uma patativa, de repente morre de amor
Tem fala de S e dá a impressão que está entrando por uma nuvem adentro...
Meu Deus, eu queria brincar com ela, fazer comidinha, jogar nai-ou-nentes
Rir e num átimo dar um beijo nela e sair correndo
E ficar de longe espiando-lhe a zanga, meio vexado, meio sem saber o que faça...
A minha namorada é muito culta, sabe aritmética, geografia, história, contraponto
E se eu lhe perguntar qual a cor mais bonita ela não dirá que é a roxa porém brique.
Ela faz coleção de cactos, acorda cedo vai para o trabalho
E nunca se esquece que é a menininha do poeta.
Se eu lhe perguntar: Meu anjo, quer ir à Europa? ela diz: Quero se mamãe for!
Se eu lhe perguntar: Meu anjo, quer casar comigo? ela diz... – não, ela não acredita.
É doce! gosta muito de mim e sabe dizer sem lágrimas: Vou sentir tantas saudades quando você for...
É uma nossa senhorazinha, é uma cigana, é uma coisa
Que me faz chorar na rua, dançar no quarto, ter vontade de me matar e de ser presidente da república.
É boba, ela! tudo faz, tudo sabe, é linda, ó anjo de Domremy!
Dêem-lhe uma espada, constrói um reino; dêem-lhe uma agulha, faz um crochê
Dêem-lhe um teclado, faz uma aurora, dêem-lhe razão, faz uma briga...!
E do pobre ser que Deus lhe deu, eu, filho pródigo, poeta cheio de erros
Ela fez um eterno perdido...

Vinicius de Moraes

Acho que nunca vou conseguir ser a namorada perfeita que te chama de "mô", que usa um cabelo certinho combinando com o vestido cor de rosa e com o laço na cabeça.
Sinto muito mas eu vou arrotar na sua frente e vou rir de voce se ficar com vergonha.
Nao rapaz,eu nao vou pedir pra voce me ligar antes de dormir so pra dizer: boa noite meu principe,sonha comigo ta? Te dolu muito!
Nao,eu sou assim.
Eu quero sim que a gente se fale por telefone mas sabe,eu quero rir com voce,rir de voce,rir de mim. Sem essa perfeiçao que no final acaba sendo imperfeita tambem.
Voce precisa saber que as vezes sou a pior pessoa,a pior companhia do mundo.
Antes deu eu te dizer "sim" eu tenho que te dizer que sou chata pra caramba e dificilmente vou dizer que te amo mas provavelmente vou te amar mais do que qualquer outro.
E por vezes eu vou ser indiferente o que nao quer dizer que nao te ame apenas nao sei demonstrar e talvez eu tenha que aprender com as meninas de vestido rosa. Talvez em algum momento eu vou ter que me abrir e te dizer coisas lindas.
Mas enquanto esse momento nao chega,por favor me entende e compartilha da minha loucura?
Se voce nao me curar,fica doente comigo? Fica louco comigo? Fica chato assim como eu.
Mas fica moço lindo,fica.

karinefagundes

Se é bonito, é burro. Se é inteligente, é feio. Se é bonito e inteligente, tem namorada. Se é bonito, inteligente, e não tem namorada... É gay.

Vanessa Pimentel

Há duas coisas que não tenho sorte, celular e namorada. Celular vive tendo defeito, namorada procurando defeito.

Daniel Seal

Sempre esperei um futuro onde teria uma linda namorada ,onde seria feliz,acho que veio melhor do que eu queria .
Sem sombra de duvida VC e a melhor coisa que me aconteceu.
Todas as tardes
Eram sempre as mesmas tardes
Mais próximas e tão distantes
Nem imaginávamos que Deus já tinha
tudo preparado antes

Cada encontro nosso aquele sentimento
de amizade Foi se transformando
Até que um dia eu percebi
Estava me apaixonando

Mas a tua insensatez me fez perceber
Que não era brincadeira
Era pra valer
Você é tão importante pra minha vida
E jamais será a mesmo
Se for pra eu viver
Sem você...
Te amo Muita Mais que vc possa imaginaa!!!
Minha BBzinha
Obs..Vai ter que me agüenta agora quem manda me iludir.

Marcus Salazar

Namorada pra mim tem que ser:

Companheira, chiclete, fiel, chata, implicante, boba, amorosa, meiga, sincera, gentil, brincalhona, engraçada, educada, alegre, verdadeira, honesta, esperta, ciumenta, tímida, otimista, carente, sentimental, carinhosa, confiável, espontânea, apaixonada, linda, gostosa, realista, ansiosa, organizada, compreensível, chocólatra, simpática, romântica, extrovertida, atrevida, misteriosa, generosa, otimista, persistente e amiga.

Acho que só.

Rafael Kyuban

Uma namorada ciumenta é uma namorada fiel. Se ela não fica com ciúmes quando alguém tem a sua atenção, é porque alguém tem a dela.

Desconhecido

Homem que chega falando mal da namorada
ou tem muita raiva dela no mínimo
é porque ainda sente alguma coisa.Ninguém
odeia tanto alguém assim por nada.
O ódio nada mais é do que o amor ferido.

Nathallye Costa

Uma declaração filosófica de amor

Uma declaração filosófica de amor? Poderia ser, por exemplo, a seguinte:

Há o amor segundo Platão: 'Eu te amo, tu me fazes fal­ta, eu te quero.'

Há o amor segundo Aristóteles ou Spinoza: 'Eu te amo: és a causa da minha alegria, e isso me regozija.'

Há o amor segundo Simone Weil ou Jankélévitch: 'Eu te amo como a mim mesmo, que não sou nada, ou quase nada, eu te amo como Deus nos ama, se é que ele existe, eu te amo como qualquer um: ponho minha força a serviço da tua fra­queza, minha pouca força a serviço da tua imensa fraqueza...'

Eros, philia, agapé: o amor que toma, que só sabe gozar ou sofrer, possuir ou perder; o amor que se regozija e com­partilha, que quer bem a quem nos faz bem; enfim, o amor que aceita e protege, que dá e se entrega, que nem precisa mais ser amado...

Eu te amo de todas essas maneiras: eu te tomo avida­mente, eu compartilho alegremente tua vida, tua cama, teu amor, eu me dou e me abandono suavemente... Obrigado por ser o que és, obrigado por existir e por me ajudar a existir!"

André Comte-Sponville

Declaração em mineirês.... excrusivo!
....só pro mió amigo q tem!

Ce e o colírio do meu ôiu!
e o chicréte garrado na minha carça dins!
e o a maionese do meu pão!
e o cisco no meu ôiu (o ôtro oiu - porque eu tenho dois uai!).
O limão da minha caipirinha!
O rechei do meu biscoito!
A masstumate do meu macarrão!
A pincumel da minha cachaça!
A bosta de vaca garrada na minha butina!

Nossinhora!
Gosto dimais da conta docê, uai!

Ce é tamém:
O videperfume da minha pintiadêra!
O Sol que alumêia o meu miaral!
A agua que corre no corgo no fundo de casa!
O dentifriço da minha iscovdidente!
As mariçoca que num dá sussegueu!
As fror do meu pé de quiabo!

Óiproceisvê,
quem tem amigo assim, é tem um tisôru!

Eu guárdesse tisouro, com todo carinho ,
Do Lado Esquerdupeito!
é dentro do Meu Coração!!!
aôôô trem danado de bão sô!!!

Desconhecido

Declaração da Independência dos Estados Unidos da América

Quando, no curso dos acontecimentos humanos, se torna necessário a um povo dissolver os laços políticos que o ligavam a outro, e assumir, entre os poderes da Terra, posição igual e separada, a que lhe dão direito as leis da natureza e as do Deus da natureza, o respeito digno para com as opiniões dos homens exige que se declarem as causas que os levam a essa separação.

Consideramos estas verdades como evidentes por si mesmas, que todos os homens são criados iguais, dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, que entre estes estão a vida, a liberdade e a procura da felicidade. Que a fim de assegurar esses direitos, governos são instituídos entre os homens, derivando seus justos poderes do consentimento dos governados; que, sempre que qualquer forma de governo se torne destrutiva de tais fins, cabe ao povo o direito de alterá-la ou aboli-la e instituir novo governo, baseando-o em tais princípios e organizando-lhe os poderes pela forma que lhe pareça mais conveniente para realizar-lhe a segurança e a felicidade. Na realidade, a prudência recomenda que não se mudem os governos instituídos há muito tempo por motivos leves e passageiros; e, assim sendo, toda experiência tem mostrado que os homens estão mais dispostos a sofrer, enquanto os males são suportáveis, do que a se desagravar, abolindo as formas a que se acostumaram. Mas quando uma longa série de abusos e usurpações, perseguindo invariavelmente o mesmo objecto, indica o desígnio de reduzi-los ao despotismo absoluto, assistem-lhes o direito, bem como o dever, de abolir tais governos e instituir novos Guardiães para sua futura segurança. Tal tem sido o sofrimento paciente destas colónias e tal agora a necessidade que as força a alterar os sistemas anteriores de governo. A história do actual Rei da Grã-Bretanha compõe-se de repetidas injúrias e usurpações, tendo todos por objectivo directo o estabelecimento da tirania absoluta sobre estes Estados. Para prová-lo, permitam-nos submeter os factos a um mundo cândido.

Recusou assentimento a leis das mais salutares e necessárias ao bem público.
Proibiu aos governadores a promulgação de leis de importância imediata e urgente, a menos que a aplicação fosse suspensa até que se obtivesse o seu assentimento, e , uma vez suspensas, deixou inteiramente de dispensar-lhes atenção.

Recusou promulgar outras leis para o bem-estar de grandes distritos de povo, a menos que abandonassem o direito de representação no legislativo, direito inestimável para eles e temível apenas para os tiranos.

Convocou os corpos legislativos a lugares não usuais, sem conforto e distantes dos locais em que se encontram os arquivos públicos, com o único fito de arrancar-lhes, pela fadiga, o assentimento às medidas que lhe conviessem.

Dissolveu Câmaras de Representantes repetidamente porque se opunham com máscula firmeza às invasões dos direitos do povo.

Recusou por muito tempo, depois de tais dissoluções, fazer com que outros fossem eleitos; em virtude do que os poderes legislativos incapazes de aniquilação voltaram ao povo em geral para que os exercesse; ficando durante esse tempo o Estado exposto a todos os perigos de invasão externa ou convulsão interna.

Procurou impedir o povoamento destes estados, obstruindo para esse fim as leis de naturalização de estrangeiros, recusando promulgar outras que animassem as migrações para cá e complicando as condições para novas apropriações de terras.

Dificultou a administração da justiça pela recusa de assentimento a leis que estabeleciam poderes judiciários.

Tornou os juízes dependentes apenas da vontade dele para gozo do cargo e valor e pagamento dos respectivos salários.

Criou uma multidão de novos cargos e para eles enviou enxames de funcionários para perseguir o povo e devorar-nos a substância.

Manteve entre nós, em tempo de paz, exércitos permanentes sem o consentimento dos nossos corpos legislativos.

Tentou tornar o militar independente do poder civil e a ele superior.

Combinou com outros sujeitar-nos a uma jurisdição estranha à nossa Constituição e não reconhecida pelas nossas leis, dando assentimento aos seus actos de pretensa legislação:

- para aquartelar grandes corpos de tropas entre nós;
- para protegê-las por meio de julgamentos simulados, de punição por assassinatos que viessem a cometer contra os habitantes destes estados;
- para fazer cessar o nosso comércio com todas as partes do mundo;
- por lançar impostos sem nosso consentimento;
- por privar-nos, em muitos casos, dos benefícios do julgamento pelo júri;
- por transportar-nos por mar para julgamento por pretensas ofensas;
- por abolir o sistema livre de leis inglesas em província vizinha, aí estabelecendo governo arbitrário e ampliando-lhe os limites, de sorte a torná-lo, de imediato, exemplo e instrumento apropriado para a introdução do mesmo domínio absoluto nestas colónias;
- por tirar-nos nossas cartas, abolindo as nossas leis mais valiosas e alterando fundamentalmente a forma do nosso governo;
- por suspender os nossos corpos legislativos, declarando-se investido do poder de legislar para nós em todos e quaisquer casos.

Abdicou do governo aqui por declarar-nos fora de sua protecção e fazendo-nos guerra. Saqueou os nossos mares, devastou as nossas costas, incendiou as nossas cidades e destruiu a vida do nosso povo.

Está, agora mesmo, a transportar grandes exércitos de mercenários estrangeiros para completar a obra de morte, desolação e tirania, já iniciada em circunstâncias de crueldade e perfídia raramente igualadas nas idades mais bárbaras e totalmente indignas do chefe de uma nação civilizada.

Obrigou os nossos concidadãos aprisionados no mar alto a tomarem armas contra a própria pátria, para que se tornassem algozes dos amigos e irmãos ou para que caíssem em suas mãos.

Provocou insurreições internas entre nós e procurou trazer contra os habitantes das fronteiras os índios selvagens e impiedosos, cuja regra sabida de guerra é a destruição sem distinção de idade, sexo e condições.

Em cada fase dessas opressões solicitamos reparação nos termos mais humildes; responderam a nossas petições apenas com repetido agravo. Um príncipe cujo carácter se assinala deste modo por todos os actos capazes de definir um tirano não está em condições de governar um povo livre.

Tão-pouco deixamos de chamar a atenção de nossos irmãos britânicos. De tempos em tempos, os advertimos sobre as tentativas do Legislativo deles de estender sobre nós uma jurisdição insustentável. Lembramos-lhes das circunstâncias de nossa migração e estabelecimento aqui. Apelamos para a justiça natural e para a magnanimidade, e conjuramo-los, pelos laços de nosso parentesco comum, a repudiarem essas usurpações que interromperiam, inevitavelmente, nossas ligações e a nossa correspondência. Permaneceram também surdos à voz da justiça e da consanguinidade. Temos, portanto de aceitar a necessidade de denunciar nossa separação e considerá-los, como consideramos o restante dos homens, inimigos na guerra e amigos na paz.

Nós, por conseguinte, representantes dos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, reunidos em CONGRESSO GERAL, apelando para o Juiz Supremo do mundo pela rectidão das nossas intenções, em nome e por autoridade do bom povo destas colónias, publicamos e declaramos solenemente: que estas colónias unidas são e de direito têm de ser ESTADOS LIVRES E INDEPENDENTES; que estão desobrigados de qualquer vassalagem para com a Coroa Britânica, e que todo vínculo político entre elas e a Grã-Bretanha está e deve ficar totalmente dissolvido; e que, como ESTADOS LIVRES E INDEPENDENTES, têm inteiro poder para declarar a guerra, concluir a paz, contrair alianças, estabelecer comércio e praticar todos os actos e acções a que têm direito os estados independentes. E em apoio desta declaração, plenos de firme confiança na protecção da Divina Providência, empenhamos mutuamente nossas vidas, nossas fortunas e nossa sagrada honra.

Thomas Jefferson

Declaração dos Direitos da Criança e do Adolescente

1. Todas as crianças são iguais e têm os mesmo direitos, não importa sua cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade.

2. Todas as crianças deve ser protegida pela família, pela sociedade e pelo Estado, para que possa se desenvolver física e intelectualmente.

3. Todas as crianças têm direito a um nome e a uma nacionalidade.

4. Todas as crianças têm direito a alimentação e ao atendimento médico, antes e depois do seu nascimento. Esse direito também se aplica à sua mãe.

5. As crianças portadoras de dificuldades especiais, físicas ou mentais, têm o direito a educação e cuidados especiais.

6. Todas as crianças têm direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.

7. Todas as crianças têm direito à educação gratuita e ao lazer.

8. Todas as crianças têm direito de ser socorrida em primeiro lugar em caso de acidentes ou catástrofes.

9. Todas as crianças devem ser protegidas contra o abandono e a exploração no trabalho.

10. Todas as crianças têm o direito de crescer em ambiente de solidariedade, compreensão, amizade e justiça entre os povos.

UNICEF

*Os pássaros


Hoje, logo bem cedo acordei ouvindo os pássaros há cantar. Eles cantavam por liberdade, demonstrando sentir saudade, daquele verde que viviam , da natureza que exploram e do espaço que voavam. E a mim o que restava, era solta-los. Mas eu nem poderia, eles não me pertenciam. Fiquei ali ouvindo o canto, e sem poder ajudar me veio a dor e o pranto. Me retirei, mas não me contentei. Porque naquele momento os justos estavam presos e os injustos ilesos. Isso não ficará assim, porque dentro de mim existe bondade, e se todos fossem assim, seriamos mais feliz e os pássaros cantariam alegremente, sem ferida celebrando a liberdade e a vida

Maressa Campos ( Namorada)