Declaração para Amiga

Cerca de 1719 frases e pensamentos: Declaração para Amiga

“A Bíblia é na Mão do Cristão, Declaração de Guerra a Satanás, Na Mente do Cristão, Armadura contra Satanás, Nas Atitudes do Cristão, Vitória contra Satanás, e no Coração do Cristão, Veredito de Morte Para Satanás”.

Pr. Cpl. Moacir J Laurentino

DECLARAÇÃO DE MALES

Ilmo. Sr. Diretor do Imposto de Renda.

Antes de tudo devo declarar que já estou, parceladamente, à venda.
Não sou rico nem pobre, como o Brasil, que também precisa de boa parte do meu dinheirinho.
Pago imposto de renda na fonte e no pelourinho.
Marchei em colégio interno durante seis anos mas nunca cheguei ao fim de nada, a não ser dos meus enganos.
Fui caixeiro. Fui redator. Fui bibliotecário.
Fui roteirista e vilão de cinema. Fui pegador de operário.
Já estive, sem diagnóstico, bem doente.
Fui acabando confuso e autocomplacente.
Deixei o futebol por causa do joelho.
Viver foi virando dever e entrei aos poucos no vermelho.
No Rio, que eu amava, o saldo devedor já há algum tempo que supera o saldo do meu amor.
Não posso beber tanto quanto mereço, pela fadiga do fígado e a contusão do preço.
Sou órfão de mãe excelente.
Outras doces amigas morreram de repente.
Não sei cantar. Não sei dançar.
A morte há de me dar o que fazer até chegar.
Uma vez quis viver em Paris até o fim, mas não sei grego nem latim.
Acho que devia ter estudado anatomia patológica ou pelo menos anatomia filológica.
Escrevo aos trancos e sem querer e há contudo orgulhos humilhantes no meu ser.
Será do avesso dos meus traços que faço o meu retrato?
Sou um insensato a buscar o concreto no abstrato.
Minha cosmovisão é míope, baça, impura, mas nada odiei, a não ser a injustiça e a impostura.
Não bebi os vinhos crespos que desejara, não me deitei sobre os sossegos verdes que acalentara.
Sou um narciso malcontente da minha imagem e jamais deixei de saber que vou de torna-viagem.
Não acredito nos relógios... the pule cast of throught... sou o que não sou (all that I am I am not).
Podia ter sido talvez um bom corredor de distância: correr até morrer era a euforia da minha infância.
O medo do inferno torceu as raízes gregas do meu psiquismo e só vi que as mãos prolongam a cabeça quando me perdera no egotismo.
Não creio contudo em myself.
Nem creio mais que possa revelar-me em other self.
Não soube buscar (em que céu?) o peso leve dos anjos e da divina medida.
Sou o próprio síndico de minha massa falida.
Não amei com suficiência o espaço e a cor.
Comi muita terra antes de abrir-me à flor.
Gosto dos peixes da Noruega, do caviar russo, das uvas de outra terra; meus amores pela minha são legião, mas vivem em guerra.
Fatigante é o ofício para quem oscila entre ferir e remir.
A onça montou em mim sem dizer aonde queria ir.
A burocracia e o barulho do mercado me exasperam num instante.
Decerto sou crucificado por ter amado mal meu semelhante.
Algum deus em mim persiste
mas não soube decidir entre a lua que vemos e a lua que existe.
Lobisomem, sou arrogante às sextas-feiras, menos quando é lua cheia.
Persistirá talvez também, ao rumor da tormenta, algum canto da sereia.
Deixei de subir ao que me faz falta, mas não por virtude: meu ouvido é fino e dói à menor mudança de altitude.
Não sei muito dos modernos e tenho receios da caverna de Platão: vivo num mundo de mentiras captadas pela minha televisão.
Jamais compreendi os estatutos da mente.
O mundo não é divertido, afortunadamente.
E mesmo o desengano talvez seja um engano.
Paulo Mendes Campos, in O amor acaba

Paulo Mendes Campos

A palavra é declaração; o silêncio é confirmação;

A palavra é manifestação; o silêncio é revelação ;.

A palavra é expressão; o silêncio é interiorização;

A palavra é palco; o silêncio é bastidor da alma;

A palavra é ponte; o silêncio é porto seguro;

A palavra é projeção; o silêncio é realização;

A palavra é condenação; o silêncio é libertação;

A palavra é persuasiva; o silêncio é apaziguador;

A palavra é momentânea; o silêncio é duradoiro;

A palavra é desejo, turbilhão; o silêncio é amor, mansuetude sem palavras.

Aimara Maia Schindler

Declaração ao mundo



Brilha no Céu, as minhas palavras.
Reflete na Lua, o meu pensamento.
Envolve o Sol, a minha saudade.
Absorve a Terra, o meu encantamento.

Nasce, vive, se eterniza...
Meu amor, minha dor, meu lembrar...

Tudo neste mundo, vive comigo
o meu sofrer de amor,
por você não estar aqui,
por você não ter a mesma dor.

Tudo neste mundo, sente comigo
as saudades de uma vida,
as lembranças de um passado,
as lágrimas sofridas que caem...

Só você não vê,
mas o mundo sabe,
pois gritei a minha paixão,
declarei minha busca ao Universo,
escrevi nosso amor nas nuvens,
e murmurei baixinho,
seu nome para Deus,
pedindo que fosse até você
e contasse do meu grande amor...

Vilma Galvão

Declaração De Uma Paixão Distante

Não Sei Como Me Apaixonei Por Você E Muito Menos Porquê Nois Não Namoramos O Que Eu sei É Que Foi Um Romance Epico Você Não Assumio Que Me Amavas Mas Percebi Pela A Forma Que Você Converçavas Comigo Um Sorriso Timido E Lindo Acho Que Não Era Pra Agente Ficar Juntos Até Acho Justo Por Culpa Das Emoções Se Eu Amei Uma Garota Essa Sim Foi Você O Que Eu Quero Te Dizer E Que Não Consigo Entender O Porquê? E Prá Quê? A Distância Impedio Nosso Amor Acontecer.

Autor: Luciano D10

Luciano D10

Declaração De Uma Paixão Distante

Não sei como me apaixonei por você
E muito menos porque nois não namoramos
O que eu sei é que foi um romance épico
Você não assumio que me amavas
Mas percebi pela forma que você converçava comigo
Um sorriso tímido e lindo
Acho que não era pra agente ficar juntos
Até acho justo por culpa das nossas ambições
Se eu amei uma garota essa sim foi você
O que eu quero te dizer
E que não consigo entender
O porquê? E pra quê?
A distancia inpedio nosso amor acontecer

Autor: Luciano D10

Luciano D10

Declaração de amor.
Amor como o nosso não se ver em qualquer esquina
te encontrei, te olhei, te adimirei e pensei: Foi feita para mim!
Não mim importo com o que os outros vão dizer, o amor supera tudo.
Hoje meu amor eu resolvir mim declarar abrir o meu coração e te mostrar que o essencial é voce, esse sorriso, esse jeito delicado esse seu modelo exclusivo que mim conquistou, esses seus sonhos que se tornaram o meu.
Amor! eu te amo!

Nova Escritora

“Nunca ouvi coisa boa quando alguém foi sincero comigo. Nunca ouvi uma declaração de amor. Uma declaração de fé. Uma declaração de confiança.
Com a sinceridade, suportei despedidas, críticas e desaforos. Fui demitido, ou avisado do fim do namoro. Não fui promovido, abençoado. Não me ressuscitaram com a sinceridade.
Não recebi pedido de casamento. Não me salvaram com a sinceridade. Não me resgataram com a sinceridade. Não tiveram pena, compaixão, compreensão com a sinceridade.
Ser sincero é uma condição que traz unicamente cobrança, ajuste, saldo.”

"Aprendo a amar amando, para entender que a maior declaração ainda não é o "eu te amo". É quando alguém confessa: "Não consigo mais viver sem você." Mas isso não é amor, é coragem."

Fabrício Carpinejar

O seu estado é inconsequente com as minhas doces palavras de declaração...

Julio Aukay

Dyggo de Jesus
CRESCENTE ao alto
CHEIA de segredo, declaração
MINGUANTE levar trazer nosso recado.
NOVA brilha em nosso coração...

Rodriggo Souza

Declaração de amor só é bonita quando os olhos se fecham para deixar a voz do coração traduzir o sentimento.

Johnny Kwergiu

DECLARAÇÃO DE AMOR .( Um poema para descontrair! )
ACORDO E TE DEIXO NA CAMA, LEVANTO E VOU FAZER CAFÉ,
MAS DURANTE O DIA, FICO PENSANDO EM VOCÊ ,
ME FAZENDO CAFUNÉ !
PASSO O DIA INTEIRO ESPERANDO A NOITE CHEGAR, SÓ PARA DEITAR O TEU LADO,
E MINHA CABEÇA EM VOCÊ ENCOSTAR.
,
QUE AMOR É ESSE , QUE ME FAZ SEMPRE DORMIR ABRAÇADO
ENROSCADO EM VOCÊ,
TÃO MACIO É O SEU CORPO,
QUE ME FAZ ADORMECER !
O SONO VEM LENTAMENTE,
E TE ABRÇO BEM FORTE E TE BEIJ,
TE COLOQUE ENTRE OS MEUS JOELHOS ,
E TE APERTO SEM MACHUCAR.
ESSA É A HISTÓRIA DE AMOR E SONHOS ,
ENTRE EU E O MEU TRAVESSEIRO ..
kkkkkkk !
TE PEGUEI !
AUTOR: GILBERTO BRAGA,CELEBRANTE DE CASAMENTOS E DE VEZ EM QUANDO, FAZENDO PIADA!

Gilberto Braga, cerimonialista, celebrante de casamentos,locutor..

Declaração de amor

Seus olhos brilham
Seu sorriso me atrai
Seus olhos são verdes
perfeitamente naturais

Seu olhar é profundo
Seu sorriso conquista o mundo
Seus olhos inspiram-me
Seu sorriso anima-me

Seus olhos são bonitos
Seu sorriso amigo
Seus olhos me enxergam
Seu sorriso alegra-me

Seu olhar move os meus olhos
Seu sorriso transforma-me
Seus olhos são da cor da natureza
Seu sorriso enfeita-te

Já falei muito sobre
os teus olhos e teu sorriso
Com eles fiz uma bela poesia
Como tu és encantadora e fascinante
És parte da minha vida
Simplesmente te amo.

Sidney Alves das Virgens

O que eu vejo é muita declaração em rede social, pra pouca demonstração de afeto na vida real. É fácil botar um te amo no facebook, é fácil digitar um texto de 15 linhas e postar, cheio de amor, pra sempre, e te amo. Difícil mesmo é traduzir isso tudo em atitude. Pessoas que contam e sai dizendo a cada mês que passa com o namorado (a), e vivem diariamente se enchendo de expectativas, sendo que não existe metade "real" do "sentimento" virtual exposto. Engolem expectativas ilusórias, e quando as expectativas não são compatíveis com o que foi falo, ou imaginado, reclamam e nomeiam-o de "decepção". As pessoas "pecam" nesse sentido, vivem se iludindo com pequenas situações, e ainda mais PALAVRAS. Transformam um relacionamento em um campo de expectativas, de desejos, e de parceiros criados como se tivessem um molde, eu quero que ele (a) seja assim, quando na verdade deveriam deixar as coisas acontecer naturalmente, sem cobranças, e sem modelos de pessoas perfeitas.

Jarbas Santos

Não sei mais se vale apena considerar um "eu te amo" como uma declaração de amor, hoje em dia mais parece declaração de falsidade.

Samuel Duarte

Eis então a declaração que tanto pronuncia aos sentimentos que habita em meu coração;
A distância nada se faz para o meu coração que tanto te deseja nesse mar de prazeres;
Vinde às planícies ou às montanhas na qual você possa ouviste eu gritar o seu nome poeticamente;

Julio Aukay

Tem olhar que diz muito mais que muita declaração de amor. Por isso sou dos olhares. Causam interrogação.

Karla Fabricya

há essa musica esclareci muito... que linda declaração né?! November Rain
Guns N' Roses

Carlos Davi

(...)

A rotina que mata o amor é a rotina do que não se faz. Da declaração de amor que deixa de ser feita, do elogio economizado à roupa simples do dia a dia, do sorriso sonegado ao acordar, da palavra de carinho roubada à despedida, da comemoração não feita em qualquer conquista, do boa noite seco, sem um beijo, antes de dormir.

O amor não se sustenta sem a intenção de amar e sem a ação pequena, mas constante, de alegrar o outro com sua presença. (...)"

Eugenio Mussak