De Sobrinho para Dindinha

Cerca de 57 frases e pensamentos: De Sobrinho para Dindinha

O dia de amanhã ninguém usou. Pode ser seu.

Pagano Sobrinho

Com muito carinho,
a tia gorda
surra o sobrinho

Eugénia Tabosa

Ninguém consegue ser subversivo após uma feijoada.

Barbosa Lima Sobrinho

Quando falo em felicidade
Não é casa, dinheiro, nem mobília.
Me refiro à minha família
Que a mim só dá tranqüilidade
Com isto me sinto à vontade
Em ver todos olhando para mim
É por isto que hoje digo assim:
Viver bem cheio de projetos
Meus filhos, meus genros e meus netos
São as flores que enfeitam o meu jardim.

Poeta José Dionísio Sobrinho

Nunca de seu direito, para não perder sua razão

Pedro Daniel Sobrinho

Não importa o que lhe digam: via de regra o SILÊNCIO não é a aceitação tácita de contra-argumentos, mas, sim, a renúncia imperfeita ao embate!

MOZART BOAVENTURA SOBRINHO

"Cada gota que caí é um
Momento que se foi
Assim é a cachoeira da vida
Um fonte inesgotável de lembranças
Uma enchente involuntária de saudade".

A. Marcos Sobrinho de Lima

Viver

Viver é ter coragem de sentir medo
Viver é um chorar sorrindo
Viver é um sonhar acordado
Viver é abraçar...

Viver é saber silenciar, aquietar o coração
Viver é falar sem precisar de palavras
Viver é caminhar de mãos dadas pela rua
Viver é perdoar...

Viver é fazer da ficção uma realidade
Viver é também dançar na chuva
Viver é ter saudades do que se foi
Viver é escrever...

Viver é marcar pegadas na história, nos corações
Viver é sorrir sem motivos
Viver é ter certeza das incertezas da vida
Viver é ter fé...

Viver é uma loucura, um devaneio
Viver é um pensar, um imaginar
Viver como diz o poeta é um contentamento descontente
Viver é escolher,
Viver é existir,
Viver é amar.

A. Marcos Sobrinho de Lima

Falta aos pais de qualquer época perceber que seus filhos não pertencem à sua época e que muitas das ferramentas que possuem já são inúteis ou obsoletas, ora por haverem novas ferramentas, ora por não mais haverem certos problemas. Aos filhos falta perceber que a maior parte das ferramentas de seus pais ainda são úteis.

Guilherme Sobrinho

Quando se aprende a sonhar, logo se aprende a usar a liberdade.

Guilherme Sobrinho

Há uma coisa somente que os pais devem aos filhos: que os ensinem a sonhar.

Guilherme Sobrinho

Aurora de um outono qualquer.

Esvazia-te de ti mesmo
Respira essa brisa que vem de novos tempos.
Deixa o pasado repousar leve, sem mágoa, no alto daquela última onda.
Vê! É grande esse teu coração!
Chega mais perto, olha-me nos olhos...
Quão amplo é o teu abraço!
Ama sem preconceitos
Ama este céu e este mar.
Ama tudo o que tens em teu cirro,
Ama também o que nunca caberá em teu sorriso...
Esvazia-te de ti mesmo, e sorve, sorve toda a doçura desse espaço...
Abre tua mente...
Liberta-te...
E vive!

Guilherme Sobrinho

Por trás de notas musicais envaidecidas, esconde-se o timbre inclassificável.

Gabriella Sobrinho

A chave da poesia, está na mão dos mistérios inclassificáveis.

Gabriella Sobrinho

Quero sentir a chuva molhar o meu rosto sem medo de me afogar,ah és tu amor que vens a me domar.

Gabriella Sobrinho

Sou filho da noite, afilhado da lua, sobrinho das estrelas e primo do sereno.

Pietro Twist

Memórias de minha Linda Mãe , padrasto, meus irmãos , Sobrinho e meu Pai!

Saudades de Minha Eterna Mãe Marlene Franciso Reges.
& Valdir.
Estes outros , são meus irmãos e parentes: Adailton Alves Moreira: Meu irmão mais velho. Moisés Ancelmo: Filho de minha irmã Márcia e Marcelino Alves Moreira : Meu irmão. Marcilene Alves Moreira: Minha irmã, Wênes Alves Moreira: Meu irmão, Marlone Alves Moreira: Meu irmão. Francisco Alves Moreira: Meu pai.
O ultimo aniversario da minha mãe Marlene Francisco Reges, foi no dia 17/de Dezembro de 2007, ela faleceu em 11julho de 2008, minha Eterna Mãe linda, amo a Senhora!

Adaildes Alves Moreira

A pedido de meu sobrinho de 19 anos e sua mae
Ahh... a midia televisiva, ou como poderíamos classifica-la. Sindrome do emburrecimento progressivo ou emputecimento progressivo. Sempre vem transvestidas com lindas mascaras e personas, muitas vezes dá a se entender que é neutra a nosso favor e está acima de tudo. Seu sons e imagens nos encanta, nos aterroriza e nos transporta para todos os lugares na maioria das vezes nos fazendo crer que ela é realmente necessária. Sutilmente chega até nós, suas programações embaladas em lindos pacotes audiovisuais em forma de jornal, novelas e programas medíocres como o Big Brother Brasil, a fofoca e o tráfego de influência agora presenteado por medalhas e diplomas que alguns recebem pela alcorra de grandes reporteres e reportagens, desde de quando precisamos ser mestres na arte da fofoca, desde quando precisamos ser bachareis para não ser ético, mentir, influenciar, omitir ou mesmo matar, isso ja é natural do ser humano não precisa de faculdade de jornalismo. Ahh... sim, é claro, tudo tem que estar embasado (”OAB”) se não, não há credibilidade, mas afinal para que dar tanta credibilidade a tanta fofoca, mentiras, tráfego de influência e disgraça alheia.
Pedro Bial, houve um tempo em que admirava seu trabalho, mas depois de tudo isso que vem se apresentando passei a duvidar e com a permanência caiste em discrédito total, havia um tempo num passado não muito distante que um homem era um homem pelo seu caráter e sua ética, não o vejo mais como foste outrora ou se um dia tenha sido assim mesmo, vejo-o como um tolo, não mais como um homem que fazia as fofocas medíocres sobre o cotididano alheio, vejo-o apenas como um ser que se submete por alguns trocados e pontos no ibope a apresentar algo que ultrapasse o que podemos chamar zona do ridiculo e da mediocridade que através de uma entre tantas emissoras de sinal e de imagem que tem a responsabilidade de formar opinião e trazer informação, nos submete ao que nossa descencia considera excremento audio visual, coisas que não servem para nenhum crescimento sobre o aspecto mental, emocional ou essencial. Não é mais um homem, é apenas pixels em minha tela de 42”, quando coloca suas marcas e suas personas e diz boa noite heróis. Alimentando assim ainda mais os pobres de espiritos com tanto excremento e futilidade, libertando ou gerando toda disfunção emocional ou de comportamento que corria o risco de ser eliminado nos paredões da vida, você poderia se colocar na frente de um espelho ou no paredão de sua conciência, provavelmente você ja sabe qual seria o resultado da votação é claro se que por ventura existe ou sobrou algo dentro de ti que possa leva-lo a uma alto analise e refletir sobre tudo isso, assim como diz o meu pai o que outrora nos fazia a boca e arregalar os olhos estarrecidos pela sua imoralidade ou falde de descência hoje não tem mais peso, o que não significa que não seja imoral ou indescente.
Então fica assim... parabéns pelo esforço e competência seu e de sua emissora em espalhar para todos os lares programas que nos fazem pessoas cheias.
De conteúdos vazios. Não sei se você crê que exista algo mais divino e poderoso que a globo com certeza Ele te deu a vida e acreditou que você teria um potencial para mudar o mundo e por isso te colocou nas mãos ferramentas tão poderosas.
Porém. Lembrou-me minha mãe, como diz a música filho, a nossa indignação não ultrapassa a jenela de nossas casas.
Desnecessário são tais palavras ou honrosas atitudes hoje em dia, visto que tudo o que é puro e verdadeiro é esmagado pelo poder de interesses próprios, e o compromisso com a verdade passou a ser um compromisso com as verdades daqueles que nos submentem a coisas pelo seu interesse próprio como o do Bial dando sua cara a tapa e nos fazendo emgolir toda essa coisa nojenta e mediocre que na maioria das vezes não reflete o que realmente sentimos e acreditamos. Bem filho mas se tanta gente liga para la assim como eles dizem estamos realmente perdidos.

Carlos Dibibianchi D'Tino Ana Dibibianchi D'Tino

O fantasma da nova geração, é filho do monstro norte americano.
Sobrinho dos grandes sistemas de radiofusão.
Primo dos sistemas religiosos.
Seu nome O Monstro SIST.
Com uma cadeia de ideias que conduzem a caminharmos com as massas!

Marcelo Leite

Faz hoje 9 anos que o meu sobrinho foi vitima dessa terrível doença " Leucemia". Hoje, celebramos com alegria por ele ter vencido. Foi uma batalha muito difícil, mas ele está vivo. A essa criança, hoje adolescente, aos pais, família e acima de tudo a todos os profissionais do serviço de pediatria, o meus parabéns pela dedicação e pela luta que travam todos os dias para salvar vidas. Eu sempre acreditei! com fé e confiança .
Fátima Cardoso

ONG ABRACC ASSOCIAÇÃO BRA. AJUDA À CRIANÇA COM CÂNCER